God of War

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura pelo jogo de 2005, veja God of War. Se procura pelo jogo de 2018 para PlayStation 4, veja God of War.
God of War
God of War - Logo.png

God of War 2018 logo.png
Topo: O logotipo original de inspiração grega (2005-2015). Títulos e mídias subsequentes na primeira era da franquia usaram um logotipo similar.
Abaixo: O logotipo para a segunda era inspirado na mitologia nórdica (2016-presente).
Gênero(s) Ação-aventura
Hack and slash
Desenvolvedora(s) PrimariaPortes
Distribuidora(s)
Criador(es) David Jaffe
Plataforma de origem PlayStation 2
Plataformas PlayStation 2
Java ME
PlayStation Portable
PlayStation 3
PlayStation Vita
PlayStation 4
Primeiro título God of War
  • AN 22 de março de 2005
Último título God of War
  • WW 20 de abril de 2018
Portal Portal de jogos eletrônicos

God of War é uma série de jogos eletrônicos de ação-aventura vagamente baseado nas mitologias grega e nórdica sendo criado originalmente por David Jaffe da Santa Monica Studio. Iniciada em 2005, a série tornou-se carro-chefe para a marca PlayStation, que consiste em oito jogos em várias plataformas. A história centra-se em torno de seu personagem, Kratos, um guerreiro espartano enganado para matar sua esposa e filha por seu antigo mestre, o deus da guerra Ares. Kratos mata Ares a mando da deusa Atena e toma seu lugar como o novo deus da guerra, mas ainda é assombrado por pesadelos de seu passado. Posteriormente é revelado ser um semideus e filho de Zeus, o rei dos deuses do Olimpo, que trai Kratos. O espartano em seguida busca vingança contra os deuses para suas maquinações. O que se segue na primeira era da série é uma tentativa de libertar-se da influência dos deuses, bem como dos titãs, e da vingança exata. Muitos anos depois de se vingar dos deuses gregos, Kratos acaba no mundo dos deuses nórdicos com um filho chamado Atreus e dá uma volta pelo bem.

A Santa Monica Studio desenvolveu todos os títulos principais, enquanto a Ready at Dawn e a Javaground/Sony Online Entertainment-Los Angeles (SOE-LA) desenvolveram os três jogos paralelos. A Sony Interactive Entertainment (SIE; anteriormente: Sony Computer Entertainment) publicou todos os jogos, exceto o título de telefone celular, que foi publicado pela Sony Pictures Digital. Existem duas eras na série God of War. A primeira era são os primeiros sete jogos, baseados na mitologia grega, com a vingança sendo o motivo central. God of War (2005), God of War II (2007) e God of War III (2010) compõem a sua principal trilogia; os dois primeiros foram lançados no PlayStation 2 e o terceiro no PlayStation 3. O quarto título principal, Ascension (2013), é uma prequela para toda a série, também foi lançado para o PlayStation 3 e possui modo multijogador. Os três jogos secundários incluem Chains of Olympus (2008) e Ghost of Sparta (2010) para o PlayStation Portable (PSP) e Betrayal (2007) para telefones celulares que suportam a plataforma Java, Micro Edition (Java ME). O quinto título principal, também intitulado God of War (2018), foi lançado para o PlayStation 4. É o começo da segunda era, que leva a franquia ao mundo da mitologia nórdica. Para acompanhar o novo título, a Sony lançou uma curta história de prequela, A Call from the Wilds (2018), como um jogo baseado em texto através do Facebook Messenger.

Além dos jogos individuais, foram lançados duas coleções com versões de ambos os títulos de PlayStation 2 remasterizados, God of War Collection (2009), e ambos os jogos de PlayStation Portable, Origins Collection (2011), foram relançados para o PlayStation 3 pela Bluepoint Games e Ready at Dawn, respectivamente. Outra coleção, intitulado God of War Saga (2012), foi lançado para o PlayStation 3 e dispõe de God of War Collection, Origins Collection e God of War III. A Sanzaru Games portou God of War Collection para o PlayStation Vita em 2014. Em comemoração ao décimo aniversário da franquia, God of War III Remastered foi lançado no PlayStation 4 em 2015 e foi portado pela Wholesale Algorithms.

Os jogos da série foram elogiados por serem os melhores jogos de ação para a marca PlayStation, e alguns dos melhores jogos de ação de todos os tempos. Em junho de 2012, a Sony informou que a série tinha vendido mais de 21 milhões de cópias em todo o mundo. As fortes vendas e suporte da série levou a expansão da franquia em outros meios, tais como uma série em quadrinhos — God of War, dois romances — God of War (2010) e God of War II (2013) — e um romance gráficoRise of the Warrior (2012–13). A adaptação para o cinema do primeiro jogo tem estado em desenvolvimento desde 2005. Várias mercadorias para promover a série também foram produzidas, incluindo obras de arte, roupas, brinquedos e réplicas.

Jogos[editar | editar código-fonte]

Linha do tempo de anos de lançamento
2005God of War
2006
2007God of War II
God of War: Betrayal
2008God of War: Chains of Olympus
2009God of War Collection (PS3)
2010God of War III
God of War: Ghost of Sparta
2011God of War: Origins Collection
2012God of War Saga
2013God of War: Ascension
2014God of War Collection (Vita)
2015God of War III Remastered
2016
2017
2018God of War

Primeira era (mitologia grega)[editar | editar código-fonte]

God of War foi lançado pela primeira vez na América do Norte em 22 de março de 2005, para o PlayStation 2. Após dez anos a serviço dos deuses do Olimpo, o espartano Kratos é encarregado por Atena de encontrar a Caixa de Pandora; a chave para derrotar Ares, o deus da guerra, que está destruindo a cidade de Atenas. Uma série de flashbacks revelam que Kratos já foi o servo de Ares, que salvou o espartano e seu exército da aniquilação em uma batalha, mas o enganou para matar sua família, o que forçou sua metamorfose de "Fantasma de Esparta". Kratos eventualmente encontra a Caixa de Pandora, e depois de finalmente matar Ares, ele ascende ao Monte Olimpo para se tornar o novo deus da guerra.[1]

God of War II foi lançado pela primeira vez na América do Norte em 13 de março de 2007, para o PlayStation 2. Irritado com seus companheiros deuses, Kratos foi até a cidade de Rhodes. Zeus intervém e trai Kratos, que é salvo pela Titã Gaia. Ela diz que ele deve agora encontrar as Irmãs do Destino, que podem mudar seu destino e evitar sua morte nas mãos de Zeus. Kratos é finalmente bem sucedido e quando ele está prestes a matar Zeus, Atena se sacrifica para salvá-lo para preservar a vida do Olimpo, e diz a Kratos que ele é o filho de Zeus. Kratos então une forças com Gaia e os Titãs para atacar o Olimpo.[2]

God of War: Betrayal foi lançado em 20 de junho de 2007 para celulares que suportam o Java ME. É o único jogo da série a ser lançado como um side-scroller bidimensional (2D) e lançado em uma plataforma que não é o PlayStation. A narrativa do jogo ocorre entre os eventos de Ghost of Sparta e God of War II. Kratos é enquadrado por assassinato e ataques em toda a Grécia em busca do verdadeiro assassino. Kratos sucumbe à sede de sangue e mata Cérix, o filho do deus Hermes — um ato que o afasta de seus companheiros deuses.[3][4]

God of War: Chains of Olympus foi lançado pela primeira vez na América do Norte em 4 de março de 2008, para o PlayStation Portable. Sua narrativa ocorre durante algum momento entre os dez anos de serviço de Kratos aos deuses do Olimpo. Kratos interrompe uma invasão persa da cidade grega de Ática, e descobre que o mundo foi mergulhado na escuridão pelo deus Morfeu. Kratos investiga o sequestro do deus do sol Hélio e impede que o plano maquiavélico da deusa Perséfone e do Titã Atlas para destruir o mundo.[5]

God of War III foi lançado pela primeira vez na América do Norte em 16 de março de 2010, para o PlayStation 3. Reignificando a Titanomaquia, Kratos é logo abandonado pelos Titãs, que estavam usando-o apenas para exigir sua própria vingança. Ajudado pelo espírito de Atena, que foi elevada a um novo nível de entendimento, ela o instrui a procurar a Chama do Olimpo para derrotar Zeus. Kratos envolve os deuses e os Titãs em uma série épica de batalhas através do submundo e do Olimpo e descobre que a Caixa de Pandora está dentro da Chama. Ele descobre que a própria Pandora é a chave para pacificar a Chama e permitir que ele abra a Caixa. Depois de finalmente matar Zeus, ele se recusa a ajudar Atena a assumir o papel de novo patrono da humanidade e desaparece.[6]

God of War: Ghost of Sparta foi lançado pela primeira vez na América do Norte em 2 de novembro de 2010, para o PlayStation Portable. Situado entre os eventos de God of War (2005) e Betrayal, Kratos, o deus da guerra, ainda é assombrado por pesadelos de seu passado mortal e embarca em uma missão para descobrir suas origens, encontrando sua mãe, Callisto. Ele descobre que seu irmão Deimos foi levado pelos deuses e aprisionado pelo deus da morte, Tânato, e decide encontrar e salvar seu irmão. Apesar de bem sucedido, Tânato envolve os irmãos em combate e mata Deimos. Kratos, em seguida, mata Tânato e retorna ao Olimpo, ainda mais enfurecido com os deuses.[7]

God of War: Ascension[8] foi lançado pela primeira vez na América do Norte em 12 de março de 2013, para o PlayStation 3.[9] É o único jogo da série que possui modo de multijogador para partidas competitivas e cooperativas.[10][11] Seis meses depois que Kratos matou sua esposa e filho, ele foi preso pelas três Fúrias por quebrar seu juramento de sangue a Ares. Com a ajuda do guardião do juramento Orkos, Kratos descobre que Ares e as Fúrias planejam derrubar o Monte Olimpo. O espartano escapa de seu aprisionamento, matando ainda mais as Fúrias e Orkos, que implora pela libertação. Embora livre do vínculo de Ares, Kratos começa a sofrer os pesadelos que o atormentam há anos.[12]

Segunda era (mitologia nórdica)[editar | editar código-fonte]

God of War foi lançado mundialmente em 20 de abril de 2018, para o PlayStation 4. Muitos anos após os eventos de God of War III, Kratos acabou no mundo da mitologia nórdica e agora tem um filho chamado Atreus. Ele deve lutar para sobreviver e ensinar seu filho a fazer o mesmo. Um mentor e protetor para ele, que busca o respeito de seu pai, Kratos deve dominar a raiva que o impulsionou por muitos anos. O jogo é uma nova direção para a série, não apenas por seu novo cenário mitológico, mas também por sua jogabilidade. Como Kratos perdeu suas infames lâminas duplas no final de God of War III, ele agora usa um machado de guerra mágico como arma principal, chamado Machado Leviatã.[13] Para acompanhar o jogo, a Sony fez uma parceria com o Facebook para desenvolver um jogo baseado em texto intitulado God of War: A Call from the Wilds através do Facebook Messenger. Lançado em 1 de fevereiro de 2018, o conto segue Atreus em sua primeira aventura nas selvas nórdicas.[14] Embora outros jogos não tenham sido oficialmente anunciados, Cory Barlog confirmou que esse título não será o último jogo do Kratos.[15] Também foi revelado que jogos posteriores também seriam ambientados no ambiente nórdico, e incluirão Atreus.[16]

Coleções e remasterizações[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: God of War (coleções de jogos)

God of War Collection foi lançado pela primeira vez na América do Norte em 17 de novembro de 2009, para o PlayStation 3 — a primeira aparição da franquia nessa plataforma. É um porte remasterizado de God of War (2005) e God of War II.[17] Os jogos foram portados pela Bluepoint Games e apresentam gráficos em 720p de alta definição a 60 quadros por segundo e troféus recompensáveis.[18] A Sanzaru Games posteriormente transferiu a coleção para o PlayStation Vita e foi lançado em maio de 2014 — a única aparição da franquia nessa plataforma.[19]

God of War: Origins Collection foi lançado pela primeira vez na América do Norte em 13 de setembro de 2011, para o PlayStation 3. É um porte remasterizado dos dois títulos da série do PlayStation Portable — Chains of Olympus e Ghost of Sparta. God of War Origins foi portado pela Ready at Dawn e possui vídeo de alta definição em 1080p a 60 quadros por segundo, recursos de trepidação do DualShock 3, troféus,[20] e também é a única versão de God of War que apresenta 3D estereoscópico.[21]

God of War Saga foi lançado na América do Norte em 28 de agosto de 2012. É uma coleção de cinco dos jogos da franquia God of War para o PlayStation 3, lançados como parte da linha "PlayStation Collections" da Sony. A coleção inclui God of War (2005), God of War II, God of War III, Chains of Olympus e Ghost of Sparta. Possui dois discos Blu-rayGod of War I e II no primeiro e o III no segundo — e um comprovante para download de Chains of Olympus e Ghost of Sparta. Os jogos mantêm os mesmos recursos dos primeiros lançamentos do PS3.[22][23]

God of War III Remastered foi lançado pela primeira vez na América do Norte em 14 de julho de 2015, para o PlayStation 4 — a primeira aparição da franquia na plataforma. É uma versão remasterizada de God of War III, e possui suporte total ao 1080p a 60 quadros por segundo e um modo de foto. O anúncio e o lançamento do jogo foram em comemoração ao décimo aniversário da franquia.[24] Foi portado pela Wholesale Algorithms.[25]

Notas

Referências

  1. «God of War – PlayStation 2». IGN. Ziff Davis Media. Consultado em 5 de julho de 2012.. Cópia arquivada em 19 de maio de 2012 
  2. «God of War II – PlayStation 2». IGN. Ziff Davis Media. Consultado em 5 de julho de 2012.. Cópia arquivada em 1 de julho de 2013 
  3. «God of War: Betrayal – Wireless». IGN. Ziff Davis Media. Consultado em 5 de julho de 2012.. Cópia arquivada em 18 de abril de 2016 
  4. Buchanan, Levi (27 de junho de 2007). «God of War: Betrayal Review». IGN. Ziff Davis Media. Consultado em 28 de julho de 2012.. Arquivado do original em 20 de novembro de 2012 
  5. «God of War: Chains of Olympus – PlayStation Portable». IGN. Ziff Davis Media. Consultado em 5 de julho de 2012.. Cópia arquivada em 28 de março de 2015 
  6. «God of War III – PlayStation 3». IGN. Ziff Davis Media. Consultado em 5 de julho de 2012.. Cópia arquivada em 15 de maio de 2012 
  7. «God of War: Ghost of Sparta – PlayStation Portable». IGN. Ziff Davis Media. Consultado em 5 de julho de 2012.. Cópia arquivada em 17 de maio de 2012 
  8. «God of War: Ascension – PlayStation 3». IGN. Ziff Davis Media. Consultado em 5 de julho de 2012.. Cópia arquivada em 11 de maio de 2012 
  9. Pappy, Todd (19 de abril de 2012). «God of War: Ascension is Coming to PS3». PlayStation.Blog. Sony Computer Entertainment America. Consultado em 19 de abril de 2012.. Arquivado do original em 28 de novembro de 2012 
  10. Matos, Xav de (30 de abril de 2012). «God of War: Ascension takes godslaying online with multiplayer focus». Joystiq. AOL. Consultado em 1 de maio de 2012.. Arquivado do original em 28 de novembro de 2012 
  11. Papy, Todd (4 de junho de 2012). «E3 2012: God of War: Ascension Unleashes on PS3 Next March». PlayStation.Blog. Sony Computer Entertainment America. Consultado em 12 de março de 2013.. Arquivado do original em 5 de dezembro de 2012 
  12. Gaskill, Jake (31 de agosto de 2012). «God of War: Ascension Enemies Revealed; Meet the Furies». G4tv.com. G4 Media. Consultado em 1 de setembro de 2012.. Arquivado do original em 28 de novembro de 2012 
  13. Juba, Joe (23 de janeiro de 2018). «God Of War Releases On April 20». Game Informer. GameStop. Consultado em 23 de janeiro de 2018. 
  14. Gilyadov, Alex (1 de fevereiro de 2018). «God of War Facebook Text Adventure Explores Atreus' Past». IGN. Ziff Davis. Consultado em 11 de fevereiro de 2018. 
  15. Paget, Mat (21 de junho de 2016). «God of War PS4 Doesn't Include Multiplayer, Won't Be Kratos's Last Game». GameSpot. CBS Interactive. Consultado em 21 de junho de 2016. 
  16. Stead, Chris (8 de agosto de 2018). «Sony confirms God of War 5 will also be set in Norse mythology». Finder. Consultado em 9 de abril de 2018. 
  17. Sliwinski, Alexander (28 de junho de 2010). «'Classics HD' line for PS3 in Europe, starting with Sly Collection and God of War». Joystiq. AOL. Consultado em 5 de julho de 2011.. Arquivado do original em 28 de novembro de 2012 
  18. Caiazzo, Anthony (27 de outubro de 2009). «God of War Collection Ships November 17th, Plan Your Trophy Hunt Now!». PlayStation.Blog. Sony Computer Entertainment America. Consultado em 3 de novembro de 2009.. Cópia arquivada em 28 de novembro de 2012 
  19. Barlog, Cory (10 de fevereiro de 2014). «God of War Collection Coming to PS Vita May 6th». PlayStation.Blog. Sony Computer Entertainment America. Consultado em 11 de fevereiro de 2014.. Arquivado do original em 18 de abril de 2016 
  20. Josh (13 de setembro de 2011). «God of War: Origins Collection Trophies Guide (PS3)». Video Games Blogger. Consultado em 2 de maio de 2012.. Arquivado do original em 28 de novembro de 2012 
  21. Turndorf, Marc (7 de junho de 2011). «God of War: Origins Collection Coming in 3D, Watch the Trailer». PlayStation.Blog. Sony Computer Entertainment America. Consultado em 9 de junho de 2011.. Arquivado do original em 20 de novembro de 2012 
  22. Cardona, Christian (6 de agosto de 2012). «Never Stop Playing With PlayStation Collections». PlayStation.Blog. Sony Computer Entertainment America. Consultado em 6 de agosto de 2012.. Arquivado do original em 20 de novembro de 2012 
  23. Cardona, Cristian (28 de agosto de 2012). «PlayStation Collections Available at Retail Today: God of War, inFAMOUS, Ratchet & Clank». PlayStation.Blog. Sony Computer Entertainment America. Consultado em 29 de agosto de 2012.. Arquivado do original em 13 de dezembro de 2012 
  24. Barlog, Cory (20 de março de 2015). «God of War III Remastered Coming to PS4 on July 14th». PlayStation.Blog. Sony Computer Entertainment America. Consultado em 20 de março de 2015.. Cópia arquivada em 20 de março de 2015 
  25. Velasquez, Bruno (14 de julho de 2015). «God of War III Remastered Out Today on PS4». PlayStation.Blog. Sony Computer Entertainment America. Consultado em 15 de julho de 2015.. Cópia arquivada em 18 de abril de 2016 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]