História de Comores

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

A História de Comores é um estudo social sobre a história das ilhas Comores, localizadas na extremidade norte do canal de Moçambique, parte do Oceano Indico, ao largo da costa oriental do continente africano.

Segundo o mito, as ilhas Comores foram primeiramente visitadas por marinheiros fenícios. Os primeiros habitantes das ilhas foram, provavelmente, árabes e africanos.[1][2]

Conhecidas desde o século IX pelos árabes e persas, as ilhas Comores eram um entreposto comercial fundamental para o fluxo de minérios do Zimbábue para os portos de Áden e Dar es Salaam.

Foram colônia islâmica entre os séculos IX e XIX, inicialmente sob controle Abássida e posteriormente, Otomano. A partir do século XIX, com a desintegração dos impérios islâmicos, as ilhas foram anexadas pela França, juntamente com Mayotte e Reunião.

Em 1975, tornaram-se independentes e passaram a formar a República Federal Islâmica das Comores, com três das quatro ilhas originais do antiga colônia, passando a integrar a Organização das Nações Unidas, a União Africana, a Liga Árabe e a Organização da Conferência Islâmica.

Referências

  1. "Comoros History", Encyclopedia of the Nations" (em inglês) Página visitada em 25 de julho de 2012.
  2. Zanzinet Forum Arquivado em 4 de março de 2016, no Wayback Machine. (em inglês) Página visitada em 25 de julho de 2012.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Portal
A Wikipédia tem o
Portal das Comores


Mercator Africa 037.jpg Este artigo sobre História da África é um esboço relacionado ao Projeto África. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Bandeira de Comores Comores
Brasão • Economia • Geografia • História • Portal • Política • Subdivisões • Imagens