Jardim Europa (bairro de São Paulo)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Jardim Europa
Vista aérea do Jardim Europa.
Bairro de São Paulo Bandeira da cidade de São Paulo.svg
Fundação: 1922
Distrito: Pinheiros
Subprefeitura: Pinheiros
Região Administrativa: Oeste

O Jardim Europa é um bairro nobre da zona oeste da cidade de São Paulo, Brasil. Forma parte da região da cidade conhecida como Jardins, de predomínio da classe-alta. O bairro faz parte do distrito do Pinheiros.

É delimitado pela Avenida Brigadeiro Faria Lima, Alameda Gabriel Monteiro da Silva, Rua Groenlândia e Avenida Nove de Julho. A área ao sul do Esporte Clube Pinheiros, entre Avenida Brigadeiro Faria Lima, Avenida Cidade Jardim, Marginal Pinheiros e a Rua Tucumã compõe a parte vertical do Jardim Europa, com predomínio de edifícios altos e de luxo. Limita-se com os bairros: Jardim América, Jardim Paulistano e Itaim Bibi.

História[editar | editar código-fonte]

Propaganda veiculada no jornal O Estado de S. Paulo em 11 de novembro de 1928:
"Além de fazer um passeio agradável pelo bosque, terá um ensejo de apreciar o grande desenvolvimento deste belíssimo e saudável bairro.
A iluminação pública está sendo ampliada e brevemente será feita a inauguração.
PALACETES E LOTES DE TERRENO
a prestações suaves e pequenas entradas."

A região onde se encontra o bairro era, originalmente, uma várzea do rio Pinheiros. A retificação deste rio e a reversão de suas águas para alimentar a Usina Hidrelétrica Henry Borden, na década de 1920, fez cessarem os alagamentos na região.

Graças ao sucesso de vendas do bairro vizinho Jardim América, o engenheiro-arquiteto carioca Hipólito Gustavo Pujol Jr. desenvolveu, em 1922, um projeto para a área que seguia as mesmas diretrizes de cidade-jardim: ruas curvilíneas com intensa arborização e integradas a praças e a jardins internos.

O projeto inicial cobria uma área de 900 mil metros quadrados, dividida em 49 quadras.[1] Suas praças conservam, ainda hoje, diversas espécies arbóreas, como ipês, sibipirunas, flamboyants, jacarandás e palmeiras. Suas ruas foram batizadas com os nomes e países e cidades do continente europeu.[2] Anteriormente esses terrenos pertenciam a Manoel Garcia da Silva.

Em 1987, foi transferido para o bairro o Monumento aos Heróis da Travessia do Atlântico, escultura patrocinada pela Sociedade Dante Alighieri que homenageou os aviadores italianos Francesco De Pinedo e Carlo Del Prete, mas foi retida e movida para o distrito do Socorro, Zona Sul, em 2010.

Atualidade[editar | editar código-fonte]

Vista do Esporte Clube Pinheiros e dos edifícios de luxo na área sul ao clube.
Escultura de Domenico Calabrone em uma das praças do bairro.

O bairro é um dos mais valorizados da cidade, seu metro quadrado vale cerca de R$ 14.000.[3] Nas ruas Tucumã, Professor Artur Ramos , Fréderic Chopin, Seridó e Franz Schubert; o metro quadrado chega a valer R$ 28.000. Alguns edifícios destas vias são voltados para o Esporte Clube Pinheiros.[4] É classificado pelo CRECI como "Zona de Valor A", mesmo grau de: Moema, Vila Nova Conceição e Higienópolis.[5]

Bairro-jardim formado majoritariamente por grandes residências de alto padrão, abriga diversos estabelecimentos culturais em suas principais avenidas. Na Avenida Faria Lima, conhecida por seus numerosos edifícios financeiros, encontra-se o Museu da Casa Brasileira, que expõe exemplares do mobiliário dos séculos XVII ao XXI, e promove exposições, palestras e cursos. Na mesma via situam-se o edifício Dacon e o Esporte Clube Pinheiros, o maior clube poliesportivo do Hemisfério Sul.[6]

A Avenida Europa possui três importantes museus de arte, como: a Fundação Cultural Ema Gordon Klabin, instituição que conserva e divulga o acervo artístico, histórico e científico de Ema Gordon Klabin; o Museu da Imagem e do Som de São Paulo, que porta um acervo de mais de 200 mil itens entre fotografias, filmes, vídeos, cartazes, discos de vinil e registros sonoros. Seus destaques são os depoimentos de Tarsila do Amaral, Tom Jobim, registros em áudio sobre a Companhia Cinematográfica Vera Cruz, Memória do Rádio e Memória Paulo Emílio Salles Gomes. E o Museu Brasileiro da Escultura, que desenvolve extensa e diversificada programação cultural, com exposições, cursos, seminários e palestras, recitais de piano. Além de instituições de cultura a via também é conhecida pelo comércio de carros esportivos de luxo.[7]

Em seu território encontra-se o Consulado do México.[8][9]

A Paróquia São José do Jardim Europa fica na Rua Dinamarca (esquina com Rua Áustria).[10]

Moradores e ex-moradores[editar | editar código-fonte]

Referências

Jardins

Cerqueira César (parcialmente)Jardim AméricaJardim EuropaJardim PaulistaJardim Paulistano