Julieta de Godoy Ladeira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Julieta de Godoy Ladeira
Nascimento 1927
São Paulo, Brasil
Morte 1997 (70 anos)
São Paulo, Brasil
Nacionalidade Brasil Brasileira
Cônjuge Osman Lins
Ocupação Escritora
Prémios Prémio Jabuti 1963
Magnum opus Passe as férias em Nassau

Julieta de Godoy Ladeira (São Paulo, 1927 — São Paulo, 1997) foi uma escritora brasileira.[1]

Era viúva do escritor Osman Lins.[2]

Estreou-se na literatura, em 1962, com um livro de contos que recebeu o prémio Jabuti e publicou também romances, ensaios, antologias.

Algumas obras[3][editar | editar código-fonte]

  • Passe as férias em Nassau (1967)
  • Entre Lobo e Cão (1971)
  • Viva a República
  • Índio Vivo
  • Era uma vez Tiradentes
  • No tempo da Abolição
  • Antes que a Terra Fuja
  • Um Natal Bem Diferente
  • Memórias de Hollywood ISBN 8521304633
  • Antologia de Contos: Contos Brasileiros Contemporâneos
  • Aventuras e Perigos de um Copo D´água
  • Jacaré Não Manda Carta
  • Desafio de Criar: a Palavra como Ação e Renovação
  • As Mil e uma Noites ISBN 8526247360
  • As Latinhas Também Amam
  • Antologia de Contos Brasileiros Contemporâneos ISBN 8516039846
  • Era sempre Feriado Nacional
  • Antes que a Terra Fuja: uma História pela Limpeza do Meio Ambiente ISBN 851603075X
  • Até mais Verde: Fábula do Fim do Mundo e do Começo ISBN 8535702733

Prêmio[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Editora Moderna. «Série Lendo & Relendo». Consultado em 16 de setembro de 2008 
  2. Quebra-cabeça literário: o trabalho de recomposição de uma narrativa de vida presente no Arquivo Osman Lins. 15 de maio de 2013.
  3. Planeta News. «Livros de Julieta de Godoy Ladeira». Consultado em 16 de setembro de 2008 
  4. Novidades da Livraria. «"Dia de Matar o Patrão" - Julieta de Godoy Ladeira». Consultado em 16 de setembro de 2008 



Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) escritor(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.