João Silvério Trevisan

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
João Silvério Trevisan
Trevisan, outubro de 2008
Nascimento
Ribeirão Bonito,  Brasil
Prémios Prémio Jabuti (1993)

Prémio da Associação Paulista dos Críticos de Arte (1994, 2009)

Género literário Romance, teatro, cinema
Movimento literário Pós-modernismo
Magnum opus Ana em Veneza

João Silvério Trevisan (Ribeirão Bonito, 23 de junho de 1944) é um escritor, jornalista, dramaturgo, tradutor, cineasta e ativista LGBT brasileiro.

Ex-seminarista, assumiu sua homossexualidade à época da vigência do Ato Institucional nº 5, o que lhe fez mudar-se para a Califórnia, onde acabou se assumindo politicamente.[1] Voltando ao Brasil, foi um dos fundadores do grupo Somos na defesa dos direitos dos homossexuais e sua descriminalização na década de 1970. Até setembro de 2005 atuava como diretor da oficina literária do SESC. Assina uma coluna mensal na revista G Magazine.

É irmão do contador Antoninho Trevisan, fundador da BDO Trevisan e presidente da Academia Brasileira de Ciências Contábeis, ABCC

Obras[editar | editar código-fonte]

Cinema, como autor
Cinema, participação técnica
Jornalismo
Literatura
Roteiro (adaptação)
Teatro


Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Lavigne, Nathalia (8 de março de 2009). «O herdeiro de harvey milk». Revista da Folha. São Paulo 


Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) escritor(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.