Rubens Teixeira Scavone

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Rubens Teixeira Scavone
Nascimento 8 de julho de 1925
Itatiba, Brasil
Morte 17 de agosto de 2007 (82 anos)
São Paulo, Brasil
Nacionalidade Brasil Brasileiro
Ocupação Escritor
Prémios Prémio Jabuti 1973

Rubens Teixeira Scavone (Itatiba, 8 de julho de 1925São Paulo, 17 de agosto de 2007) foi um escritor brasileiro, vencedor do Prêmio Jabuti, em 1973, na categoria romance.

Nascido em Itatiba, aos três anos foi para São Paulo. Quando cursava o Ginásio Ipiranga, no bairro de Vila Mariana, começou a se interessar por ficção científica, através dos livros de Júlio Verne. Terminado o que hoje seria o segundo grau, ingressou na Faculdade de Direito do Largo São Francisco. Durante esse período, publicou artigos em jornais do interior e no extinto Correio Paulistano, onde escreveu sobre literatura norte-americana. Ao lado da carreira jurídica passou a compor novelas, romances e contos (não só de ficção científica) que tiveram boa aceitação. Foi membro e presidente da Academia Paulista de Letras. Escreveu também sob o anagrama de "Senbur T. Enovacs", embora restringindo-se apenas ao seu primeiro romance, O Homem que Viu o Disco-Voador (1958).[1] Foi, de 1973 a 1977, vice-diretor da Faculdade de Direito de São Bernardo do Campo.

Sua mãe, Maria de Lourdes Teixeira (1907-1989), foi membro da Academia Paulista de Letras, assim como seu padrasto, José Geraldo Vieira (1897-1977).

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Luis Martins
Prêmio Jabuti - Romance
1973
Sucedido por
Lygia Fagundes Telles


Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) escritor(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.