Justos entre as nações

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

A expressão Justos entre as Nações (em hebraico: חסידי אומות העולם, Chassidey Umot HaOlam), que também pode se referir à casa de Noé, é um termo utilizado no judaísmo para se referir a gentios (não-judeus) fiéis às sete leis de Noé e que, por esse motivo, mereceriam o paraíso. Atualmente, o Estado de Israel a usa para descrever gentios que arriscaram suas vidas durante o Holocausto para salvar vidas de judeus do extermínio pelo nazismo.

Prêmio "Justos entre as nações"[editar | editar código-fonte]

É um prêmio instituído pelo Memorial do Holocausto como reconhecimento a todos os não Judeus que durante a II Guerra Mundial salvaram vidas de Judeus perseguidos pelo regime nazista.

Para além de dois cidadãos brasileiros (Aracy de Carvalho Guimarães Rosa e Luiz Martins de Souza Dantas) e três portugueses (Aristides de Sousa Mendes, Carlos Sampaio Garrido e o padre Joaquim Carreira), muitos outros são os famosos agraciados com este prêmio, como por exemplo o industrial Oskar Schindler, as princesas Alice e Helena da Grécia, o padre Alfred Delp, o diplomata Raoul Wallenberg, o monsenhor Giuseppe Placido Nicolini, o núncio Angelo Rotta, os cardeais Vincenzo Fagiolo, o pastor adventista Lázló Michnay[1] e Pietro Palazzini, entre muitos outros.

Número de justos entre as nações por país[editar | editar código-fonte]

Contagem de Justos entre as Nações por país
País de origem Número de Justos
entre as Nações
Notas
 Polónia 7.177 Na Polónia ocupada, todas as famílias que escondessem judeus nas suas casas eram executadas, no que era a punição mais severa entre todos os países ocupados. Esta lista inclui Irena Sendler.
 Países Baixos 5.910 A história de Corrie ten Boom e sua família, que foi presa por esconder judeus, tornou-se conhecida com o livro O Refúgio secreto.
 França 4.150
 Ucrânia 2.673
 Bélgica 1.774
 Lituânia 918
 Hungria 876
 Itália 744
 Bielorrússia 676
 Alemanha 641 Um deles foi Oskar Schindler.
 Eslováquia 621
 Grécia 362
 Rússia 215
 Sérvia 139
 Letônia 138
 Croácia 122
 Chéquia 119
 Áustria 113
 Moldávia 79
 Albânia 75
Roménia 69
 Noruega 67
 Bósnia e Herzegovina 49
Suíça 49
 Armênia 24
 Dinamarca 22
 Reino Unido 22 A lista exclui Nicholas Winton por este possuir ascendência judaica.[2]
 Bulgária 20
 Eslovênia 15
Macedónia do Norte Macedônia do Norte 10
 Suécia 10 Raoul Wallenberg
Flag of Spain.svg Espanha 9 Ángel Sanz Briz
 Estados Unidos 5
 Estónia 3
Indonésia 3
Portugal Portugal 3 Aristides de Sousa Mendes, Carlos Sampaio Garrido e Joaquim Carreira.
 Brasil 2 Luiz Martins de Souza Dantas e Aracy de Carvalho Guimarães Rosa.
 Chile 2
 China 2
 Peru 2
 Cuba 1
 Egito 1
El Salvador 1
Equador 1
 Geórgia 1
 Irlanda 1
 Japão 1 Chiune Sugihara
 Luxemburgo 1
 Montenegro 1
 Turquia 1
 Vietnã 1
Total 27.921 1 de janeiro de 2021[3]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Bowden, Tracy (10 de agosto de 2017). «Quest to have grandmother honoured for rescuing Jewish people during Holocaust». ABC News (em inglês). Consultado em 17 de janeiro de 2020 
  2. «Nicholas Winton». www.jewishvirtuallibrary.org. Consultado em 17 de dezembro de 2021 
  3. «Names of Righteous by Country». www.yadvashem.org (em inglês). Consultado em 17 de dezembro de 2021 

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Righteous Gentiles of the Holocaust: Genocide and Moral Obligation, David Gushee, ISBN 1-55778-821-9, Paragon House Publishers
  • The Heart Has Reasons: Holocaust Rescuers and Their Stories of Courage,Klempner, Mark, ISBN 0-8298-1699-2, The Pilgrim Press
  • To Save a Life: Stories of Holocaust Rescue, Land-Weber, Ellen, ISBN 0-252-02515-6, University of Illinois Press
  • The Seven Laws of Noah, Lichtenstein, Aaron, New York: The Rabbi Jacob Joseph School Press, 1981.
  • The Image of the Non-Jew in Judaism, Novak, David, ISBN 0-88946-975-X, New York and Toronto: The Edwin Mellen Press, 1983.
  • The Path of the Righteous: Gentile Rescuers of Jews During the Holocaust, Paldiel, Mordecai, ISBN 0-88125-376-6, KTAV Publishing House, Inc.
  • Among the Righteous: Lost Stories from the Holocaust's Long Reach into Arab Lands, Robert Satloff, Washington Institute for Near East Policy, (PublicAffairs, 2006) ISBN 1586483994
  • When Light Pierced the Darkness: Christian Rescue of Jews in Nazi-Occupied Poland, Tec, Nechama, ISBN 0-19-505194-7, Oxford University Press
  • Zegota: The Council to Aid Jews in Occupied Poland 1942-1945, Tomaszewski, Irene & Werblowski, Tecia, ISBN 1-896881-15-7, Price-Patterson
  • Tolerance in Judaism: The Medieval and Modern Sources, Zuesse, Evan M., In: The Encyclopaedia of Judaism, edited by J. Neusner, A. Avery-Peck, and W.S. Green, Second Edition, ISBN 90-04-14787-X, Leiden: Brill, 2005, Vol. IV: 2688-2713
  • When Courage Was Stronger Than Fear: Remarkable Stories of Christians Who Saved Jews from the Holocaust by Peter Hellman. 2nd edition, ISBN 1-56924-663-7, Marlowe & Companym, 1999

Ligações externas[editar | editar código-fonte]