Patacôncio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
J.D. Patacôncio
Personagem fictícia de Quadrinhos Disney
Pataconcio.jpg
Nome original John D. Rockerduck
Sexo masculino
Espécie pato
Família Howard Patacôncio (pai)

Mãe não nomeada

Inimigo(s) Tio Patinhas
Criado por Carl Barks
Voz Estados Unidos John Hodgeman (Reboot de Ducktales)
Brasil Júlio Chaves (Reboot de Ducktales)
Primeira aparição Walt Disney's Comics and Stories #255 Boat Buster, 1961

Patacôncio (John D. Rockerduck, no original em inglês) é um rival do Tio Patinhas nos quadrinhos Disney.

Ele não é tão conhecido nos Estados Unidos, onde é freqüentemente confundido com Mac Mônei. Mas nos quadrinhos brasileiros e italianos é o maior adversário de Patinhas. Possui um secretário chamado Roque, que freqüentemente o ajuda em seus planos diabólicos contra Patinhas. Na série animada, DuckTales de 1987, apenas Mac Mônei aparece, porém, Patacôncio aparece na série de quadrinhos baseada no desenho e publicada em 2011 pela editora americana Boom[1], ambos os vilões já se encontraram em capas brasileiras e histórias italianas[2]

Don Rosa criou a origem da antipatia de Patacôncio por Patinhas. O pai dele, Howard Patacôncio, trabalhara com Patinhas minerando ouro, em 1885, mas o pequeno Patacôncio (então com 7 anos de idade) já achava que Patinhas era um "pobre imbecil" e que o seu pai não deveria se misturar com ele. Patinhas, originário da Escócia, tinha um sotaque característico e hábitos muito diferentes dos americanos, o que fez com que o garoto Patacôncio passasse, desde cedo, a vê-lo com maus olhos.

Ele herdaria a fortuna do pai e se tornaria o segundo pato mais rico de Patópolis, atrás apenas do próprio Patinhas. (Mac Mônei não é considerado o segundo pato mais rico de Patópolis por não viver na cidade... E sim no interior da África do Sul)

Como Patinhas e Mac Mônei, Patacôncio é extremamente competitivo. Ele rivaliza com eles no departamento de riqueza e ocasionalmente reivindica os títulos de "O Pato Mais Rico do Mundo" e "O Segundo Pato Mais Rico do Mundo". Uma vez que esses títulos pertencem a Patinhas e Mac Mônei, respectivamente, pode-se inferir que ele possui o título de "O Terceiro Pato Mais Rico do Mundo", mas isso não foi explicitamente declarado em nenhuma história importante. Ele é um influente membro do Clube de Bilionários de Patópolis, do qual Patinhas e Mac Mônei também são membros.

Patacôncio é dono do jornal A Patranha, concorrente de A Patada, cujo dono é o Patinhas.

Segundo Don Rosa, Patacôncio morreu em 1980, aos 102 anos.

Ao contrário do avarento Patinhas, Patacôncio é "mão aberta" e freqüentemente quer mostrar sua fortuna, com muito luxo.

Outras mídias[editar | editar código-fonte]

Patacônico, com voz de John Hodgman, fez sua primeira aparição em animação em 2019, no reboot de DuckTales. Antes de sua aparição, Patacônico foi descrito por Francisco Angones (um dos criadores da série) como um barão ladrão e bilionário concorrente de Patinhas MacPato durante a década de 1930. Patacônico foi apresentado no episódio da 2 ª temporada "The Outlaw Scrooge McDuck!", Onde ele é retratado como um homem de negócios rico e corrupto no Velho Oeste, na época em que Patinhas ainda era um jovem garimpeiro que ainda não tinha feito sua fortuna. Patacônico compra cidades inteiras com a promessa de melhorá-las, apenas para obter seus recursos e deixá-los para trás como cidades fantasmas. Patacônico tenta reivindicar uma gigantesca pepita de ouro encontrada em uma cidade comprada por ele, apesar do fato de que a pepita foi encontrada por Patinhas e Dora Cintilante.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]