Professor Pardal

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Professor Pardal
Personagem fictícia de Tio Patinhas
Profpardal1.jpg
Nome original (em inglês) Gyro Gearloose
Origem Patópolis, Calisota, EUA
Sexo Masculino
Características Supergênio, maior inventor do mundo
Ocupação Inventor
Amigo(s) Tio Patinhas
Lampadinha
Pato Donald
Huguinho, Zezinho e Luisinho
Inimigo(s) Professor Gavião
Criado por Carl Barks
Série(s) Tio Patinhas
Primeira aparição "Gladstone's Terrible Secret" (1952)

Professor Pardal ("Gyro Gearloose" em inglês) é um personagem de ficção, um garnizé antropomorfo criado em 1952 por Carl Barks para a Walt Disney Company que surgiu originalmente nos quadrinhos Disney como um amigo de Pato Donald, Tio Patinhas, Escoteiros-Mirins e todos que se associam a eles.[1]

O Professor Pardal é o inventor mais famoso de Patópolis, é um amigo das pessoas e tem bons sentimentos com todo mundo embora ocasionalmente provoque reações irritadas devido a alguns desastres provocados pelos seus inventos. Mesmo que suas invenções não funcionem sempre da maneira que se espera, suas intenções são sempre boas. Pardal é ajudado frequentemente por Lampadinha (criado por Barks em 1953), um pequeno andróide com uma lâmpada no lugar da cabeça, que é considerado sua maior invenção (ao lado do "chapéu pensador", um dispositivo em forma de telhado com chaminé habitado por corvos, que o ajuda a ter ideias). Outro assistente frequente é seu sobrinho Pascoal, um menino-prodígio que encontra soluções criativas em todas as situações (a lanterna que projeta escuridão e o distorcedor de furacões são alguns exemplos).

Na escola italiana de quadrinhos Disney, Pardal criou todo o equipamento do Superpato. No Brasil, ele criou os apetrechos do atrapalhado Morcego Vermelho.[1]

Em algumas histórias, o maior rival do Professor Pardal é o Professor Gavião, mas os Irmãos Metralha e Maga Patalójika também se destacam como seus antagonistas.

No seriado de animação DuckTales, uma de suas invenções dignas de nota foi o traje de Gizmo Pato (Robopato, na 2ª temporada de Ducktales), destinado a ser vestido por um agente de segurança da Caixa-Forte de Patinhas.

Primeira aparição[editar | editar código-fonte]

Sua primeira história foi "Gladstone's Terrible Secret", publicada em maio de 1952,[1] nos Estados Unidos. Esta história foi publicada no Brasil em 1956, na revista "Mickey" 51, com o título "A Sorte Do Gastão".[2] A primeira história produzida no Brasil foi "O Rei Do Ié-Ié-Ié", publicada na revista "Zé Carioca" 869, de 1968[1] com roteiro e desenhos de Waldyr Igayara de Souza.[3]

Referências