Política da Gâmbia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Gâmbia
Coat of arms of The Gambia.svg

Este artigo é parte da série:
Política e governo da
Gâmbia



 · Atlas

A vigente Constituição de Gâmbia foi aprovada, depois de um referendum, em 16 de janeiro de 1997, após um golpe de estado em 1994 que dissolveu o Parlamento e derrogou a Constituição de 1970.

Gambia é uma República presidencialista não democrática. O Presidente da República é eleito por sufrágio universal para um período de cinco anos. O poder legislativo reside na Assembléia Nacional composta por quarenta e oito membros, dos que 43 são eleitos por sufrágio universal, e cinco os elege o Presidente da República.

O poder executivo está dividido entre o Chefe do Estado e o Presidente do Governo, nomeado pela Assembléia entre uma trinca eleita pelo Presidente da República.

O poder judiciário se articula em torno do Tribunal Supremo que se organiza administrativamente segundo o modelo francês.

Ícone de esboço Este artigo sobre a Gâmbia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


Flag-map of The Gambia.svg Gâmbia
História • Política • Subdivisões • Geografia • Economia • Demografia • Cultura • Turismo • Portal • Imagens