Rodrigo de Azambuja Vilanova

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Rodrigo de Azambuja Vilanova
Dados pessoais
Nascimento 1844
Taquari
Morte 24 de outubro de 1898 (54 anos)
Porto Alegre
Primeira-dama Maria Altina Centeno de Azambuja
Partido Partido Conservador
Profissão Médico

Rodrigo de Azambuja Vilanova (Taquari, 1844Porto Alegre, 24 de outubro de 1898) foi um médico e um político brasileiro.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Foi casado com sua prima Maria Altina Centeno de Azambuja, filha de Primórdio Centeno de Azambuja.

Teve sua educação inicial numa escola pública de sua terra natal, depois mudou-se para Porto Alegre, continuando seus estudos no Colégio Gomes, como interno. Depois seguiu para o Rio de Janeiro, onde ingressou na Faculdade de Medicina.

Formado, voltou a Taquari, onde abriu uma clínica. Filiado ao partido Conservador, logo assumiu uma posição de liderança. Por diversas legislaturas, foi eleito deputado à Assembleia Provincial, nas legislaturas de 1871-1872, 1883-1885, 1886, 1887-1888.

Indicado pelo Conselheiro Gaspar Silveira Martins, foi nomeado presidente da província do Rio Grande do Sul, presidindo a província interinamente por duas vezes, de 25 de abril a 26 de outubro de 1887 e de 27 de janeiro a 7 de agosto de 1888.

Pelo Ato nº 578, de 2 de dezembro de 1890, foi nomeado Capitão-Cirurgião da Guarda Nacional de Taquari, substituindo Dr. Aurélio Benigno de Castilho.

Após a Proclamação da República foi nomeado presidente do Banco Emissor do Sul, de Porto Alegre. Foi também um dos fundadores e o primeiro presidente da Sociedade de Medicina de Porto Alegre, instalada em 14 de setembro de 1892, numa das salas da Santa Casa de Misericórdia.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Bento Luís de Oliveira Lisboa
Presidente da província do Rio Grande do Sul
1887
Sucedido por
Joaquim Jacinto de Mendonça
Precedido por
Joaquim Jacinto de Mendonça
Presidente da província do Rio Grande do Sul
1888
Sucedido por
Joaquim da Silva Tavares


Ícone de esboço Este artigo sobre um político brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.