TV Manchete Fortaleza

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde janeiro de 2018). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
TV Manchete Fortaleza
Rádio e Televisão Manchete Ltda.
Fortaleza, Ceará
Brasil
Tipo Comercial
Canais 02 VHF analógico
Sede Fortaleza, CE
Slogan Você em primeiro lugar
Rede Rede Manchete
Fundador Adolpho Bloch
Pertence a Grupo Bloch
Proprietário Pedro Jack Kapeller
Antigo proprietário Adolpho Bloch (1983-1995)
Fundação 12 de fevereiro de 1984
Extinção 10 de maio de 1999
Sucessora RedeTV! Fortaleza
Prefixo ZYA 429
Nome(s) anteriore(s) TV Ceará
Cobertura Grande Fortaleza e áreas próximas
Potência 5 kW

TV Manchete Fortaleza (ou TV Manchete Ceará) foi uma emissora de televisão brasileira sediada em Fortaleza, capital do estado do Ceará. Operou no canal 2 VHF e era uma emissora própria da Rede Manchete. A concessão da emissora era, antes, da TV Ceará, e foi leiloada a Adolpho Bloch. Entrou no ar oficialmente no dia 12 de fevereiro de 1983, e foi extinta devido a falência da Rede Manchete, que foi vendida aos empresários Amilcare Dallevo e Marcelo de Carvalho, que fundaram a RedeTV!. Atualmente a emissora se chama RedeTV! Fortaleza.

História[editar | editar código-fonte]

Ver artigos principais: TV Ceará e Rede Tupi

Em 17 de julho de 1980, foi publicado no Diário Oficial da União um ato presidencial, que considerava as concessões de sete emissoras próprias da Rede Tupi, inclusive a da TV Ceará, como inapropriadas para operação, sendo cassadas pelas delegacias regionais do DENTEL na manhã do dia seguinte, 18 de julho. No mesmo ano, Adolfo Bloch e Silvio Santos participam de um leilão do governo, onde ambos recebem as concessões que eram tanto da Rede Tupi quanto da TV Excelsior. Bloch recebe as concessões de Recife, Fortaleza, Rio de Janeiro e Belo Horizonte da Tupi, e da concessão de São Paulo da Excelsior.[1]

A futura filial cearense da Manchete ganha um prédio construído na Avenida Antônio Sales, e projetado por Oscar Niemeyer, que também projetou o prédio da matriz do Rio de Janeiro.[2][1] Em função dos atrasos nos preparativos, a emissora foi inaugurada apenas em 12 de fevereiro de 1984, sete meses depois da inauguração oficial da rede, transmitindo a mesma programação inaugural exibida pela matriz, intitulada O Mundo Mágico, com a exibição do filme Contatos Imediatos de Terceiro Grau em seguida. No dia seguinte, a programação foi levada ao ar normalmente.

A grade da TV Manchete Fortaleza era composta pela retransmissão da programação gerada a partir do Rio de Janeiro, além de contar com uma equipe de jornalismo comandada por Ruy Lima, que produzia matérias para os telejornais da rede. Seu primeiro telejornal local foi o Ceará em Manchete. A partir de 1985, a emissora expandiu seu sinal para o interior através das retransmissoras da Empresa Cearense de Telecomunicações (ECETEL, atual FUNTELC, empresa pertencente ao Governo do Estado do Ceará), dividindo o sinal com a TV Educativa do Ceará.

Com a crise administrativa e financeira da Rede Manchete, suas cinco filiais, inclusive a de Fortaleza, encerram suas transmissões em 10 de maio de 1999, sendo vendidas aos empresários Amilcare Dallevo e Marcelo de Carvalho, assumindo, temporariamente, a marca TV!, utilizada até 15 de novembro, quando a RedeTV! é oficialmente inaugurada. Consequentemente, a filial de Fortaleza também é vendida, e passa a operar como RedeTV! Fortaleza.

Programas[editar | editar código-fonte]

Durante sua existência, a TV Manchete Fortaleza produziu os seguintes programas

  • Ceará em Manchete
  • Encontro Marcado com Egídio Serpa
  • Manchete Esportiva Local
  • Tarde Jovem com Ênio Carlos
  • Teveneno
  • Show da Manchete
  • Rossicléia, Vai!
  • Matutaia
  • Em Cena
  • Programa Paulo Oliveira

Referências

  1. a b CUNHA, Rodrigo do Espírito Santo da (2009). «Anotações sobre a história da televisão no Ceará (décadas de 1970 e 1980)» (pdf). Fortaleza (em português brasileiro): 1-14. Consultado em 20 de março de 2016 
  2. Eduardo Buchholz (5 de dezembro de 2012). «Niemeyer foi responsável pelo projeto de dois prédios em Fortaleza». Diário do Nordeste. Consultado em 6 de janeiro de 2018