Televisão no Ceará

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Este artigo ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde novembro de 2011). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Este artigo contém fatos notórios que foram registrados na indústria televisiva do estado do Ceará, que se iniciou em 1960 com a inauguração da TV Ceará.

Década de 1960[editar | editar código-fonte]

  • Em 26 de novembro de 1960, os Diários Associados, na época comandado por Assis Chateaubriand, inauguram a TV Ceará pelo canal 2 VHF de Fortaleza, retransmitindo a programação da TV Tupi. Com isso, é lançada a produção televisiva no estado.
  • Em 23 de maio de 1969, o empresário Edson Queiroz assina o contrato de concessão do canal 10 VHF, no qual seria transmitida, futuramente, a TV Verdes Mares.
  • Em 23 de outubro de 1969, entra no ar, em caráter experimental, o canal 10 VHF de Fortaleza.

Década de 1970[editar | editar código-fonte]

  • Em 31 de janeiro de 1970, entra no ar, oficialmente, às 19h30, o sinal da TV Verdes Mares pelo canal 10 VHF de Fortaleza.
  • Em 31 de março de 1972, a TV Ceará passa a transmitir seu sinal a cores, fazendo um "pool" com outras emissoras da Rede Tupi.
  • Em 7 de setembro de 1972, a TV Verdes Mares passa a transmitir seu sinal a cores.
  • Em 18 de fevereiro de 1974, entra no ar, em caráter experimental, o canal 5 VHF de Fortaleza, que transmitiria a futura TV Educativa do Ceará, de propriedade do Governo do Estado do Ceará.
  • Em 7 de março de 1974, entra no ar, oficialmente, a TV Educativa do Ceará,
  • Neste ano, a TV Verdes Mares passa a ser afiliada da Rede Globo, expandindo seu sinal para o interior do estado, e para algumas cidades de estados vizinhos.
  • Em 1975, a TVE Ceará passa a retransmitir a programação da recém-inaugurada TVE Brasil.
  • Em 30 de agosto de 1978, entra no ar a TV Uirapuru, de propriedade do empresário José Pessoa de Araújo e do comerciante Patriolino Ribeiro, pelo canal 8 VHF de Fortaleza. A emissora era afiliada à Rede Bandeirantes.
  • Em dezembro de 1978, o empresário Miguel Dias de Souza oficializava a aquisição de 50% das ações da TV Uirapuru.
  • Em março de 1979, o restante do patrimônio da TV Uirapuru foi adquirido por Miguel Dias de Souza em sua totalidade, representando o nascimento do Grupo Cidade de Comunicação.

Década de 1980[editar | editar código-fonte]

Década de 1990[editar | editar código-fonte]

Década de 2000[editar | editar código-fonte]

Década de 2010[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «TV Verdes Mares na era digital». Diário do Nordeste. Diário do Nordeste. 11 de maio de 2009. Consultado em 22 de fevereiro de 2017 
  2. «Nova emissora TV Verdes Mares Cariri, Ceará». comercial.redeglobo.com.br. Consultado em 22 de fevereiro de 2017 
  3. «Ao Vivo». TV Diário. Consultado em 19 de outubro de 2016 
  4. «Rede União». www.redeuniao.com.br. Consultado em 22 de fevereiro de 2017 
  5. «Sinal analógico de Fortaleza e outras 14 cidades do Ceará é desligado». G1 Ceará. 28 de setembro de 2017. Consultado em 10 de novembro de 2018 
  6. «Sinal digital da TV Senado chega ao Cariri, região sul do Ceará». Senado Notícias. 20 de fevereiro de 2018. Consultado em 10 de novembro de 2018 
  7. «Juazeiro do Norte terá primeira emissora da TV Senado do interior do Brasil, em 6 meses». Prefeitura Municipal de Juazeiro do Norte. Imprensa. 21 de agosto de 2018. Consultado em 10 de novembro de 2018 
  8. «NordesTV encerra atividades em Fortaleza». CNews. Entretenimento. 8 de outubro de 2018. Consultado em 10 de novembro de 2018 

Ver também[editar | editar código-fonte]