TV O Povo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, comprometendo a sua verificabilidade(desde fevereiro de 2016). Por favor, adicione mais referências inserindo-as no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
TV O Povo
Fundação Demócrito Rocha
Fortaleza, Ceará
Brasil
Tipo Educativa
Canais Digital: 47 UHF
Virtual: 48 PSIP
Outros canais 23 (Multiplay)
24 (NET)
Analógico:
48 UHF (2007-2017)
Sede Fortaleza, CE
Avenida Aguanambi, 282 - José Bonifácio
Slogan Tem que ver
Rede Canal Futura
Rede(s) anterior(es) TV Cultura (2007-2017)
Pertence a Fundação Demócrito Rocha (Grupo de Comunicação O Povo)
Administração Marcos Tardin
Presidente João Dummar Neto
Fundação 9 de julho de 2007 (10 anos)
Prefixo ZYA 438
Emissoras irmãs
Cobertura Grande Fortaleza e áreas próximas
Página oficial fdr.org.br/tvopovo

TV O Povo é uma emissora de televisão brasileira sediada em Fortaleza, na capital do estado do Ceará. Opera no canal 48 (47 UHF digital) e é afiliada ao Canal Futura. Foi inaugurada em 9 de julho de 2007, e pertence a Fundação Demócrito Rocha, que por sua vez é mantida pelo Grupo de Comunicação O Povo. Seu nome e sua programação são baseados no jornal homônimo.

História[editar | editar código-fonte]

Após o fim da parceria da TV Ceará com a TV Cultura, a programação do canal educativo paulista voltou ao ar em Fortaleza em julho de 2007, com transmissão experimental e expectativa para a estreia da TV O Povo. O canal estreou oficialmente em 9 de julho de 2007.[1] Suas instalações iniciais estavam localizadas na Praia de Iracema, onde também concentravam-se as emissoras do Sistema O Povo de Rádio.[2] O projeto para lançar a TV O Povo já vinha sido planejado por Demócrito Rocha Dummar há duas décadas, mas que não foi lançado pela demora em conseguir uma concessão.[2] O primeiro programa projetado para o canal foi o telejornal Grande Jornal. Após sua estreia, foram colocados ao ar outros nove programas e planejava outros 2 para o ano seguinte.[2]

Posteriormente, o canal passou a investir em conteúdo educativo, realizando parcerias com o Sebrae e a Secretaria de Cultura do Estado do Ceará para a produção de teleaulas.[2] Também fez investimentos em documentários sobre a história do Ceará. Em outubro de 2013, os estúdios e o escritório da emissora, que funcionavam na Praia de Iracema, foram transferidos para a sede do Grupo de Comunicação O Povo na Avenida Aguanambi.[3] Em março de 2015, a TV O Povo fecha parceria com o Esporte Interativo para exibir seus programas esportivos no Esporte Interativo Nordeste, ocorrendo em 23 de março, com a estreia do Futebol do Povo.[4] O programa é encerrado em 11 de dezembro de 2016.[5]

Alegando corte de gastos, a TV O Povo cancela sua programação local em 30 de janeiro de 2017. A partir desse dia, somente as reprises de programas gravados continuam sendo exibidos, enquanto que os programas ao vivo e boletins jornalísticos deixam de ser exibidos, sem previsão de retorno. Alguns horários foram substituídos pela exibição dos programas de rede da TV Cultura.[6] Através da ombudsman, a assessoria de imprensa do Grupo de Comunicação O Povo divulgou que o canal passa por reestruturação "por conta da necessidade de se adequar à nova realidade econômica". O diretor-adjunto da redação da TV, Erick Guimarães, esclareceu que o canal "está passando por uma revisão de toda a sua grade de programação local" e afirmou que Trem Bala e Vertical S/A estavam suspensos e que os demais programas estavam sendo reavaliados, podendo haver novas mudanças.[7]

Em 26 de setembro de 2017, véspera do desligamento da TV analógica na região metropolitana de Fortaleza, foi anunciado que a TV O Povo passaria a ser transmitida somente pela TV por assinatura a partir do desligamento até a ativação de seus transmissores digitais.[8] Os testes da transmissão digital foram iniciados em 8 de outubro.

Em 7 de dezembro de 2017, durante a realização do Prêmio Delmiro Gouveia, é anunciada a afiliação da TV O Povo com o Canal Futura. O anúncio foi feito por Luciana Dummar e o contrato de afiliação foi assinado em Fortaleza, com a presença de dois gestores do Futura.[9] A troca de afiliação ocorreu às 0h (horário local) de 13 de dezembro de 2017, e contou com um vídeo de recepção da rede.

Programas[editar | editar código-fonte]

O primeiro programa a estrear na emissora foi o telejornal Grande Jornal[1][2], que foi exibido de 9 de julho de 2007 até meados de 2009, quando foi substituído pelo esportivo Grande Jornal de Esportes. Era apresentado, em seu início, por Nilton Jr. Em 2008, o programa passou a ser apresentado também por Alexandra Sousa. Os demais programas da emissora são:

  • Ceará à Mesa (independente)
  • Imóveis & Cia
  • Judiciário em Evidência (independente)
  • O Povo Economia
  • Vertical S/A
  • Vida & Saúde
Programas antigos[10]
  • Arquitetura e Arte (independente)
  • Closet
  • Coletiva
  • Economia e Finanças
  • É Gol!
  • Faixa Conexão e Faixa Executiva
  • Futebol do Povo[1]
  • Grande Jornal e relacionados:
    • Grande Debate do Povo
    • Grande Jornal de Esportes
  • Jogo Político
  • Jornal do Povo
  • O Povo Notícias
  • O Povo Quer Saber
  • OAB na TV (independente)
  • Trem Bala (com a TV Ceará)[11]
  • Porque Hoje é Sábado
  • Porto Mucuripe
  • Studio News
  • Viva
  • Viva Fortaleza

Referências

  1. a b c Letícia Lopes (9 de julho de 2015). «Oito anos de informação». O Povo. Consultado em 5 de fevereiro de 2016 
  2. a b c d e BRUNO, Dílson Alexandre Mendonça.; KNEIPP, Valquíria Aparecida Passos.; OLIVEIRA JÚNIOR, Nilton Antônio de. (2008). «O Povo - A reflexão e a cultura para o telespectador cearense» (PDF). Porto Alegre. 6º Encontro Nacional de História da Mídia (em português brasileiro): 1-12. Consultado em 5 de fevereiro de 2017 
  3. «TV O POVO muda para a sede da Aguanambi». O Povo. 1 de julho de 2014. Consultado em 18 de dezembro de 2016 
  4. «Futebol do POVO estreia hoje na TV O POVO e Esporte Interativo». O Povo. 23 de março de 2015. Consultado em 5 de fevereiro de 2017 
  5. «Esporte Interativo deixa de retransmitir programa 'Futebol do Povo'». Esporteemidia.com. 10 de dezembro de 2016. Consultado em 5 de fevereiro de 2017 
  6. «Programação TV O POVO». O Povo. 6 de fevereiro de 2017. Consultado em 5 de fevereiro de 2017 
  7. Tânia Alves (4 de fevereiro de 2017). «Cadê o Trem Bala?». O Povo. Consultado em 5 de fevereiro de 2017 
  8. «Capital e outros municípios terão sinal analógico desligado; confira as vantagens da TV Digital». O Povo. 28 de setembro de 2017. Consultado em 28 de setembro de 2017 
  9. Renato Abê (8 de dezembro de 2017). «TV O POVO passa a transmitir o Canal Futura». O Povo. Consultado em 8 de janeiro de 2017 
  10. «TV O POVO comemora seis anos». O Povo. 1 de agosto de 2013. Consultado em 5 de fevereiro de 2017 
  11. «Trem Bala comemora cinco anos na TV O POVO». O Povo. 14 de março de 2013. Consultado em 5 de fevereiro de 2017 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Televisão no Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.