TV Manchete Belo Horizonte

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde janeiro de 2012). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
TV Manchete Belo Horizonte
Rede Manchete
Rádio e Televisão Manchete Ltda.

 Brasil
Tipo Empresa Privada
Cidade de concessão Bandeira de Belo Horizonte (Minas Gerais).svg Belo Horizonte, MG
Canais
04 VHF analógico
Slogan Rede Manchete, Você em primeiro lugar
Rede Rede Manchete
Rede(s) anterior(es) Rede Tupi
Fundador Adolpho Bloch
Pertence a Grupo Bloch
Proprietário Adolpho Bloch (1983-1995)
Pedro Jack Kapeller (1995-1999)
Presidente Adolpho Bloch (1983-1995)
Pedro Jack Kapeller (1995-1999)
Fundação 5 de junho de 1983 (34 anos)
Extinção 10 de maio de 1999 (18 anos)
Sucessora RedeTV! Belo Horizonte
Prefixo ZYA 721
Nome(s) anteriore(s) TV Itacolomi
Cobertura Grande Belo Horizonte e cerca de 200 Municípios

TV Manchete Belo Horizonte (conhecida também como Manchete Minas ou TV Manchete Minas) foi uma emissora de televisão brasileira que existiu na cidade de Belo Horizonte, capital do estado de Minas Gerais. Operava no canal 4 VHF e era emissora própria da Rede Manchete. A emissora era oriunda da antiga concessão da TV Itacolomi, que foi leiloada a Adolpho Bloch (assim como as emissoras de Recife, Fortaleza, Rio de Janeiro e a concessão da TV Excelsior em São Paulo). Entrou no ar em 1983, e foi extinta devido a falência da Rede Manchete, que foi vendida para Amilcare Dallevo que fundou a RedeTV!. Hoje a emissora se chama RedeTV! Belo Horizonte.

História[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: TV Itacolomi e Rede Tupi

Em 18 de Julho de 1980, o Governo Federal cassou as concessões de TV da Rede Tupi. Com isso, a então TV Itacolomi é extinta. No mesmo ano, Adolfo Bloch e Silvio Santos recebem num leilão do governo as concessões da Rede Tupi e da TV Excelsior de São Paulo. Bloch recebe as concessões da Tupi de Recife, Fortaleza, Rio de Janeiro e Belo Horizonte, além da concessão da TV Excelsior de São Paulo. Em 5 de Junho de 1983, é inaugurada a Rede Manchete.

A TV Manchete Belo Horizonte entra no ar junto com a Rede Manchete em 1983, transmitindo ao vivo a festa de inauguração da rede no Rio de Janeiro. No mesmo dia, a emissora também exibe o Mundo Mágico e o filme Contatos Imediatos de Terceiro Grau. Durante toda a sua existência, a emissora só exibiu dois programas de produção própria, o telejornal Minas em Manchete e o programa de entrevistas Gente de Opinião. O resto era feito pela rede no Rio de Janeiro. Durante toda a sua existência, a emissora cobriu cerca de 200 Municípios de Minas Gerais.

Em 1998, a Rede Manchete inicia uma crise que culminaria na sua falência em 10 de Maio de 1999. Naquele dia, a emissora de Belo Horizonte exibia pela última vez a famosa vinheta da Manchete: "Rede Manchete, Você em primeiro lugar", e logo depois, estava extinta a Rede Manchete e as suas emissoras próprias.

A Rede Manchete foi vendida para Amilcare Dallevo e Marcelo de Carvalho, donos do Grupo TeleTV. Eles fundaram a RedeTV! em 15 de Novembro de 1999 e suas emissoras próprias passaram a ter o mesmo nome da RedeTV!. A emissora de Belo Horizonte hoje é a RedeTV! Belo Horizonte.

Programas Produzidos[editar | editar código-fonte]

Além de retransmitir a programação da Rede Manchete, a emissora exibiu os seguintes programas:

  • Minas em Manchete: Telejornal Local
  • Gente de Opinião: Programa de Entrevistas
  • Câmera Manchete Minas: Flashes de Notícias

Ver também[editar | editar código-fonte]

Precedido por
TV Itacolomi
Canal 04 VHF de Belo Horizonte
1983 - 1999
Sucedido por
RedeTV! Belo Horizonte