TV Manchete Belo Horizonte

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
TV Manchete Belo Horizonte
TV Manchete Ltda.
Belo Horizonte, Minas Gerais
Brasil
Tipo Comercial
Canais 4 VHF analógico
Sede Bandeira de Belo Horizonte.svg Belo Horizonte, MG
Slogan Você em primeiro lugar
Rede Rede Manchete
Fundador(es) Adolpho Bloch
Pertence a Grupo Bloch
Proprietário(s) Adolpho Bloch (1983-1995)
Pedro Jack Kapeller (1995-1999)
Presidente Adolpho Bloch (1983-1995)
Pedro Jack Kapeller (1995-1999)
Fundação 5 de junho de 1983
Extinção 10 de maio de 1999
Sucessora RedeTV! Belo Horizonte
Prefixo ZYA 721
Cobertura Cerca de 200 municípios de Minas Gerais
Coord. do transmissor 19° 58' 15.6" S 43° 55' 48.3" O

TV Manchete Belo Horizonte (também conhecida como TV Manchete Minas) foi uma emissora de televisão brasileira sediada em Belo Horizonte, capital do estado de Minas Gerais. Operava no canal 4 VHF e era uma emissora própria da Rede Manchete. Entrou no ar em 1983, e foi extinta devido a falência da rede, vendida para a TeleTV em 1999. Seu canal hoje é ocupado pela RedeTV! Belo Horizonte, emissora própria da RedeTV!.

História[editar | editar código-fonte]

Ver artigos principais: TV Itacolomi e Rede Tupi

Em 18 de Julho de 1980, o Governo Federal cassou as concessões de TV da Rede Tupi. Com isso, a então TV Itacolomi é extinta. No mesmo ano, Adolfo Bloch e Silvio Santos recebem num leilão do governo as concessões da Rede Tupi e da TV Excelsior de São Paulo. Bloch recebe as concessões da Tupi de Recife, Fortaleza, Rio de Janeiro e Belo Horizonte, além da concessão da TV Excelsior de São Paulo. Em 5 de Junho de 1983, é inaugurada a Rede Manchete.

A TV Manchete Belo Horizonte entra no ar junto com a Rede Manchete em 1983, transmitindo ao vivo a festa de inauguração da rede no Rio de Janeiro. No mesmo dia, a emissora também exibe o Mundo Mágico e o filme Contatos Imediatos de Terceiro Grau. Durante toda a sua existência, a emissora só exibiu dois programas de produção própria, o telejornal Minas em Manchete e o programa de entrevistas Gente de Opinião. O resto era feito pela rede no Rio de Janeiro. Durante toda a sua existência, a emissora cobriu cerca de 200 Municípios de Minas Gerais.

Em 1998, a Rede Manchete inicia uma crise que culminaria na sua falência em 10 de Maio de 1999. Naquele dia, a emissora de Belo Horizonte exibia pela última vez a famosa vinheta da Manchete: "Rede Manchete, Você em primeiro lugar", e logo depois, estava extinta a Rede Manchete e as suas emissoras próprias.

A Rede Manchete foi vendida para Amilcare Dallevo e Marcelo de Carvalho, donos do Grupo TeleTV. Eles fundaram a RedeTV! em 15 de Novembro de 1999 e suas emissoras próprias passaram a ter o mesmo nome da RedeTV!. A emissora de Belo Horizonte hoje é a RedeTV! Belo Horizonte.

Programas[editar | editar código-fonte]

Durante sua existência, a emissora produziu os seguintes programas:

  • Minas em Manchete
  • Gente de Opinião
  • Câmera Manchete Minas
  • Manchete Esportiva Minas

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Precedido por
TV Itacolomi
Canal 4 VHF de Belo Horizonte
19831999
Sucedido por
RedeTV! Belo Horizonte
Ícone de esboço Este artigo sobre Televisão no Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.