Acetato

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Química A Wikipédia possui o:
Portal de Química

Acetato /ˈæsɪtt/ ou etanoato é um íon negativo, ou anion, tipicamente encontrado em solução aquosa. Muitas vezes, é escrito com a fórmula química C2H3O2. As moléculas neutras formadas pela combinação do íon de etilo e um íon positivo (ou catiónico) são também vulgarmente chamados "acetatos". A mais simples destas é o acetato de hidrogênio, ou ácido acético, com os correspondentes sais, ésteres, e o anião poliatômica CH3CO2, or CH3COO.

A maioria das aproximadamente 5 bilhões quilogramas de ácido acético produzido anualmente na indústria são utilizados na produção de acetatos, que normalmente têm a forma de polímeros. Na natureza, o acetato é o bloco de construção mais comum para a biossíntese. Por exemplo, os ácidos gordos são produzidas ligando os dois átomos de carbono a partir de acetato de um ácido gordo em crescimento.1

Nomenclatura[editar | editar código-fonte]

Na nomenclatura dos sais orgânicos utiliza-se o termo acetato ou etanoato e o nome do metal ligado a ele. Exemplo:

[CH3COO]- [Na] +
Acetato de sódio ou etanoato de sódio

Na nomenclatura dos ésteres utiliza-se o termo acetato ou etanoato e o nome do radical ligado a ele. Exemplo:

CH3COO - CH3
Acetato de metila ou etanoato de metila

O nome sistemático de acetato é etanoato, mas o nome preferido da IUPAC continua a ser o nome comum, de acetato.2

Derivações[editar | editar código-fonte]

O termo acetato também se refere ao disco de acetato usado para a produção de registros de áudio como também ao acetato de celulose, uma fibra especial e seus derivados do qual é feito as chapas de raio x.

Os acetatos podem ser encontrados em muitos produtos.

Historicamente, antes da descoberta do actínio, a abreviatura do íon acetato era "Ac". Por exemplo, a fórmula do acetado de sódio era formulado como "NaAc". Para evitar esta confusão prefere-se formular o acetato de sódio como "CH3COONa" ou "NaC2H3O2".

Compostos de acetato[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. March, J. “Advanced Organic Chemistry” 4ª Ed. J. Wiley and Sons, 1992: Nova Iorque. ISBN 0-471-60180-2.
  2. R-9.1 Trivial and semisystematic names retained for naming organic compounds, A Guide to IUPAC Nomenclature of Organic Compounds, IUPAC Commission on Nomenclature of Organic Chemistry
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Acetato