Arena Condá

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Arena Condá
Arena conda2.jpg
Arena Condá na inauguração
Nomes
Nome Arena Condá
Antigos nomes Estadio Índio Condá
Características
Local Centro,BRA Chapecó COA.svgChapecó,Santa CatarinaSC
Gramado Grama Bermuda (105 x 68 m)
Capacidade 22.600 pessoas
Construção
Data 2008
Custo Aproximadamente 25 milhões.
Inauguração
Data 1 de Fevereiro de 2009 (primeira etapa de construção do estádio)
Partida inaugural Chapecoense 4 x 1 Brusque pelo Campeonato Catarinense de 2009
Primeiro gol Nenem (Chapecoense)
Recordes
Público recorde 22.600
Data recorde 11 de Maio de 2014
Partida com mais público Chapecoense 1x2 Grêmio Campeonato Brasileiro de Futebol de 2014
Outras informações
Remodelado 2008
Expandido 2008
Proprietário Prefeitura de Chapecó
Administrador Associação Chapecoense de Futebol
Mandante Associação Chapecoense de Futebol

A Arena Condá é um estádio que pertencente ao município de Chapecó, em Santa Catarina, no Brasil. Em 2008, o Estádio Regional Índio Condá foi remodelado, com a demolição de suas alas e a construção de novas alas. Esse processo se deu por etapas. A última etapa foi finalizada em 2014. A princípio não será mexido na ala oeste (cadeiras), ficando inalterada em relação ao estado anterior do inicio da reforma. A capacidade anterior do estádio era de cerca de 12.500 pessoas. Com atual reforma a capacidade passo para 22.600 torcedores.

O estádio é utilizado pela Associação Chapecoense de Futebol, e tem uma grande fama por suas caracteristicas acusticas tornando-se um verdadeiro caldeirão.

O time catarinense é muito forte em seus domínios, principalmente por conta de sua fanática torcida.

No jogo válido pelo campeonato brasileiro de 2014, Chapecoense x Grêmio, o estádio teve sua capacidade máxima preenchidas por torcedores.

Atualmente, o Estádio recebe grandes públicos e estimasse ser uma das melhores médias de público do Campeonato Brasileiro de 2014 (media feita por proporção para esse campeonato).

Topônimo[editar | editar código-fonte]

O nome do estádio homenageia um importante líder caingangue[1] .

Projeto da Arena Condá[editar | editar código-fonte]

O projeto da Arena Condá foi lançado no dia 9 de outubro de 2007.

A empresa Prosul foi a responsável pela elaboração do projeto que levou noventa dias para ficar pronto. Segundo o vice-presidente da empresa, Rodrigo de Carvalho Brillinger, "nenhum estádio será mais belo que o da Chapecoense no extremo sul do país". A Arena Condá será uma solução moderna baseada em conceitos europeus, atendendo a cem por cento das exigências da Federação Internacional de Futebol, credenciando Chapecó para competições de grande porte como Campeonato Catarinense, Campeonato brasileiro, etc. O novo estádio de futebol estava previsto com quatro pavimentos compostos de salas comerciais, estacionamento e arquibancadas.

Entretanto, como as obras foram feitas em etapas, alguns itens do projeto inicial não foram contempladas no momento da construção, além das alas construídas não serem uniformizadas. Exemplos disso é que o projeto inicial contemplava cobertura duas áreas do estádio (tem somente nas cadeiras), ser todo fechado (ficará com aberturas em duas laterais), além de problemas na execução da obra na ala sul, o que dificulta a visão das traves daquele local do gramado. Também, não comportará salas comerciais e estacionamento. As salas são ocupadas por setores da prefeitura municipal, como Procon, secretaria de habitação, entre outras.

Dessa forma, a obra foi efetivamente construída com mudanças em relação ao projeto inicial.

Como surgiu Arena Condá[editar | editar código-fonte]

Estava se planejando construir um novo estádio fora da cidade. Havia um shopping center interessado em comprar o Estádio Regional Índio Condá para, em seu local, construir um shopping. Houve proposta até mesmo de o shopping construir, em troca, outro estádio fora da cidade, mas a ideia não vingou.

Construção[editar | editar código-fonte]

A primeira parte da construção da Arena Condá iniciou em abril de 2008, quando a ala sul foi entregue em 2009 e a norte foi inaugurada em 2011. Em 2014 foi construída a ala leste e entregue em 4 de maio de 2014, no jogo contra o Corinthians, válido pela série A do campeonato brasileiro de 2014.

Inauguração[editar | editar código-fonte]

Torcida da Chapecoense no Catarinense de 2009.

Foi inaugurada a primeira etapa da Arena Condá no setor sul, a nova geral foi no dia 1 de fevereiro de 2009. A inauguração ficou marcada com um jogo de Chapecoense 4 X 1 Brusque, o primeiro gol foi de Nenem aos dez minutos do primeiro tempo. Aos 31, Rafael Bittencout empatou, aos quarenta, Badé fez de cabeça 2x1; aos 44, Beá fez 3x1; aos trinta minutos do segundo tempo, Morisco fechou o placar em 4x1.

  • Inauguração: 1 de fevereiro de 2009
  • Capacidade atual: hoje a capacidade de público da Arena Condá é 19.325 pessoas sentadas [2]
  • Endereço: Rua Clevelândia, Centro, Chapecó, Santa Catarina, Brasil

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre estádios de futebol do Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.