Campeonato Catarinense de Futebol de 2014 - Série B

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Campeonato Catarinense de 2014
Série B - Segunda Divisão
Logotipo oficial.
Dados
Participantes 10
Organização FCF
Anfitrião  Santa Catarina
Período 16 de julho – 23 de novembro
Gol(o)s 257
Jogos 103
Média 2,5 gol(o)s por partida
Campeão Bandeira lages.svg Inter de Lages (3º título)
Vice-campeão Bandeira Palhoça.png Guarani de Palhoça
Promovido(s) Bandeira lages.svg Inter de Lages
Bandeira Palhoça.png Guarani de Palhoça
Rebaixado(s) Bandeira Cacador.svg Caçador
Melhor marcador Brasil Tauã (Guarani de Palhoça) – 11 gols
Melhor ataque (fase inicial) Concórdia – 34 gols
Melhor defesa (fase inicial) Inter de Lages – 12 gols
Maior goleada
(diferença)
Concórdia 7 – 1 Porto-SC
Estádio Domingos Machado de LimaConcórdia
26 de julho
Público 37 850
Média 504,7 pessoas por partida
Série C Bandeira seara pequena.jpg Juventus de Seara
Premiações
Melhor treinador
(FCF)
Leandro Niehues (Inter de Lages)
Melhor árbitro
(FCF)
Leandro Messina Perrone
◄◄ Santa Catarina D. Especial 2013 Soccerball.svg Série B 2015 Santa Catarina ►►

A Série B do Campeonato Catarinense de Futebol de 2014 foi a 28ª edição da Segundona do Catarinense, e conta com a participação de 10 equipes neste ano,[1] sendo realizada entre os dias 16 de julho e 16 de novembro.[2] [3] [4] Este é o primeiro ano que a competição passou a ser chamada de Série B, que antes era conhecida como Divisão Especial.[5] [6]

O Inter de Lages e o Guarani de Palhoça fizeram a final da competição. Após dois jogos e dois resultados iguais, 1 a 0 para o Inter em Palhoça e 1 a 0 para o Guarani em Lages, o Leão da Serra se sagrou o campeão da Série B de 2014, por ter tido melhor campanha que o adversário durante a competição.[7] [8]

Regulamento[editar | editar código-fonte]

O campeonato é dividido em quatro fases distintas:

  • Turno: As 10 equipes jogam entre si todas contra todas apenas em partidas de ida. O clube que apresentar a maior pontuação ao final de 9 rodadas é declarado Campeão do Turno e se classificará ao Quadrangular somando 1 ponto extra para esta fase.
  • Returno: Idêntico ao Turno, mas com os jogos de volta. Caso o campeão do Turno seja o mesmo do Returno, essa equipe será bonificada com 2 pontos extras no quadrangular.[9]
Campeonato Catarinense de Futebol de 2014 - Série B (Santa Catarina)
Localização dos times no estado.
  • Quadrangular: Juntam-se aos campeões dos dois turnos iniciais, as duas equipes com as maiores pontuações na soma das duas fases anteriores. Se o campeão do Turno for o mesmo do Returno, o clube com a terceira maior pontuação se classificará. Nessa fase os quatro classificados jogam todos contra todos, no sistema de pontos corridos. As duas equipes que mais pontuarem nessa fase, serão classificadas para a Final do Campeonato. Os campeões do Turno e Returno iniciam esta fase com 1 ponto de bonificação.
  • Final: Nesta fase os dois clubes jogam em partidas de ida e volta e aquele que apresentar mais pontos na fase final, levando-se em consideração o saldo de gols, será declarado Campeão Catarinense da Série B de 2014, se houver empate de pontos e gols, o segundo jogo terá uma prorrogação de 30 minutos com o placar zerado e se esta não resolver, o mandante do segundo jogo (aquele que apresentou maior pontuação nas 3 fases anteriores) será considerado vencedor.[3] [4] [9]

Observação: Ao início de cada fase, a pontuação de todas as equipes é zerada, a exceção se dá no Quadrangular, visto que os vencedores de cada turno iniciam esse período com um ponto (se o campeão do turno foi o mesmo do returno, este inicia com 2 pontos).

Classificação Final

A Classificação é definida conforme as fases. O Campeão será o vencedor da Final e o Vice-Campeão o perdedor da mesma. O terceiro e o quarto colocado serão, respectivamente, o terceiro e o quarto colocado do Quadrangular. As colocações seguintes serão definidas de acordo com a pontuação nas duas fases iniciais.

O campeão estará classificado para a Série A de 2015. O último colocado será rebaixado para a Série C de 2015 (equivalente a terceira divisão de Santa Catarina).[3] [4] [9]

Critérios de desempate

Caso haja empate de pontos entre dois clubes, os critérios de desempates serão aplicados na seguinte ordem:

  1. Número de vitórias;
  2. Saldo de gols;
  3. Gols marcados;
  4. Confronto direto;
  5. Número de cartoes vermelhos;
  6. Número de cartoes amarelos;
  7. Sorteio.

Taça[editar | editar código-fonte]

O Campeão da Série B do Campeonato Catarinense de Futebol de 2014 recebeu a Taça Fernando Deichmann Pereira, homenagem póstuma da Diretoria da Federação Catarinense de Futebol ao ex-membro do Conselho Fiscal da Entidade, falecido em 21 de outubro de 2014.[10] [11]

Equipes Participantes[editar | editar código-fonte]

Equipe Município Em 2013 Estádio Capacidade Títulos
Atlético Tubarão Bandeira.tubarão.jpg Tubarão Domingos Silveira Gonzales 3.500 2007
Blumenau Blumenau bandeira.jpg Blumenau 2º (Divisão de Acesso)1 Monumental do Sesi 5.000 1987
Caçador Bandeira Cacador.svg Caçador Carlos Alberto da Costa Neves 6.500 ---
Camboriú Bandeira Camboriu SantaCatarina Brasil.svg Camboriú 10º (Divisão Principal) Robertão 3.000 2011
Canoinhas Bandeira canoinhas.jpg Canoinhas Estádio Ditão 5.000 ---
Concórdia Bandeira Concordia SantaCatarina Brasil.jpg Concórdia Domingos Machado de Lima 6.000 2010
Guarani Bandeira Palhoça.png Palhoça 9º (Divisão Principal) Renato Silveira 3.000 2003 e 2012
Hercílio Luz Bandeira.tubarão.jpg Tubarão Aníbal Costa 13.000 ---
Inter de Lages Bandeira lages.svg Lages 1º (Divisão de Acesso) Vidal Ramos Júnior 7.650 1996 e 2000
Porto BandeiraPortoUnião.jpg Porto União Municipal Antiocho Pereira 4.087 ---

Primeira fase[editar | editar código-fonte]

Turno[editar | editar código-fonte]

Pos Equipes Pts J V E D GP GC SG AP
1 Inter de Lages 20 9 6 2 1 14 3 +11 74,1%
2 Guarani de Palhoça 19 9 6 1 2 16 7 +9 70,4%
3 Concórdia 19 9 5 4 0 16 4 +12 70,4%
4 Atlético Tubarão 12 9 3 3 3 10 9 +1 44,4%
5 Blumenau 12 9 2 6 1 8 7 +1 44,4%
6 Camboriú 11 9 3 2 4 13 15 -2 40,7%
7 Porto-SC 8 9 2 2 5 10 23 -15 29,6%
8 Canoinhas 8 9 1 5 3 8 13 -5 29,6%
9 Hercílio Luz 7 9 1 4 4 6 11 -5 25,9%
10 Caçador 3 9 0 3 6 4 13 -9 11,1%
Campeão do Turno.

Returno[editar | editar código-fonte]

Pos Equipes Pts J V E D GP GC SG AP
1 Camboriú 23 9 7 2 0 18 5 +13 85,2%
2 Inter de Lages 19 9 6 1 2 19 9 +10 70,4%
3 Atlético Tubarão 16 9 5 1 3 10 9 +1 59,3%
4 Guarani de Palhoça 14 9 4 2 3 16 10 +6 51,8%
5 Concórdia 14 9 4 2 3 18 13 +5 51,8%
6 Blumenau 10 9 3 1 5 9 15 -6 37,0%
7 Caçador 9 9 2 3 4 9 10 -1 33,3%
8 Hercílio Luz 9 9 2 3 4 12 15 -3 33,3%
9 Porto-SC 7 9 2 1 6 6 23 -17 25,9%
10 Canoinhas 5 9 1 2 6 5 13 -8 18,5%
Campeão do Returno.

Confrontos[editar | editar código-fonte]

Para ler a tabela, a linha horizontal representa os jogos da equipe como mandante. A coluna vertical indica os jogos da equipe como visitante.

Jogos do Turno estão em vermelho e os jogos do Returno estão em azul.

  ATT BLU CAÇ CAM CAN CON GUA HER INT POR
Atlético Tubarão 2–0 1–0 0–1 1–0 1–2 1–0 0–0 1–0 4–0
Blumenau 1–1 2–0 1–1 0–0 2–2 0–1 2–0 1–3 2–1
Caçador 0–1 0–1 0–3 2–2 0–1 0–0 0–0 1–1 4–0
Camboriú 2–0 2–0 2–0 1–1 3–1 1–1 3–2 4–3 4–5
Canoinhas 1–1 1–1 1–2 0–1 0–0 0–3 1–2 0–1 0–1
Concórdia 3–0 3–1 1–1 2–0 3–1 0–0 2–0 0–0 7–1
Guarani de Palhoça 3–0 2–0 2–0 2–1 6–2 1–3 2–4 0–2 4–0
Hercílio Luz 1–1 0–0 2–1 0–2 1–1 2–2 1–3 0–1 1–1
Inter de Lages 4–1 1–1 1–0 2–0 0–1 1–0 2–1 2–0 6–1
Porto 0–4 0–1 2–2 0–0 0–1 3–2 0–1 1–0 0–3

Classificação geral[editar | editar código-fonte]

Pos Equipes Pts J V E D GP GC SG AP
1 Inter de Lages 39 18 12 3 3 33 12 +21 72,2%
2 Camboriú 34 18 10 4 4 31 20 +11 63,0%
3 Guarani de Palhoça 33 18 10 3 5 32 17 +15 61,1%
4 Concórdia 33 18 9 6 3 34 17 +17 61,1%
5 Atlético Tubarão 28 18 7 4 6 20 18 +2 51,8%
6 Blumenau 22 18 5 7 6 17 22 -5 40,7%
7 Hercílio Luz 16 18 3 7 8 18 26 -8 29,6%
8 Porto-SC 15 18 4 3 11 16 46 -30 27,8%
9 Canoinhas 13 18 2 7 9 13 26 -13 24,1%
10 Caçador 12 18 2 6 10 13 23 -10 22,2%
Classificado ao Quadrangular (campeão do Turno ou Returno).
Classificado ao Quadrangular por índice técnico.
Rebaixado à Série C de 2015.

Desempenho por Rodada[editar | editar código-fonte]

Clubes que lideraram a classificação geral (fase inicial) ao final de cada rodada:

Rodadas
Turno Returno
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18
INT CON INT CON INT

Clubes que ficaram na última posição da classificação geral (fase inicial) ao final de cada rodada:

Rodadas
Turno Returno
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18
POR CAÇ CAN CAÇ

Quadrangular[editar | editar código-fonte]

Confrontos[editar | editar código-fonte]

Para ler a tabela, a linha horizontal representa os jogos da equipe como mandante. A coluna vertical indica os jogos da equipe como visitante.

Jogos de Ida estão em vermelho e os jogos de Volta estão em azul.

  CAM CON GUA INT
Camboriú 1–2 5–1 0–1
Concórdia 1–1 1–2 0–2
Guarani de Palhoça 1–0 2–0 2–0
Inter de Lages 2–0 3–2 1–0

Classificação[editar | editar código-fonte]

O campeão do Turno e do Returno iniciam esta fase com um ponto de bonificação cada.

Pos Equipes Pts J V E D GP GC SG AP
1 Inter de Lages 16 6 5 0 1 9 4 +5 83,3%
2 Guarani de Palhoça 12 6 4 0 2 8 7 +1 66,7%
3 Camboriú 5 6 1 1 4 7 8 -1 22,2%
4 Concórdia 4 6 1 1 4 6 11 -5 22,2%
Classificados à Final e à Série A de 2015.

Desempenho por Rodada[editar | editar código-fonte]

Clubes que estiveram se classificando às finais ao final de cada rodada.

Clubes que lideraram o Quadrangular ao final de cada rodada:

Rodadas
Ida Volta
1 2 3 4 5 6
INT

Clubes que ficaram na segunda posição do Quadrangular ao final de cada rodada:

Rodadas
Ida Volta
1 2 3 4 5 6
GUA

Final[editar | editar código-fonte]

O time de melhor campanha na classificação geral tem o direito do mando de campo na segunda partida da final, além da vantagem do resultado de empate ao final dos critérios de desempate.

Partida de ida[editar | editar código-fonte]

15 de novembro Guarani de Palhoça 0 – 1 Inter de Lages Estádio Renato Silveira, Palhoça
17:00
Súmula Gol marcado aos 4 minutos de jogo 4' Xipote Público: 433
Árbitro: Santa CatarinaSC Célio Amorim

Partida de volta[editar | editar código-fonte]

23 de novembro Inter de Lages 0 – 1 Guarani de Palhoça Estádio Vidal Ramos Júnior, Lages
17:00
Súmula Gol marcado aos 58 minutos de jogo 58' Tauã Público: 4 229
Árbitro: Santa CatarinaSC Leandro Messina Perrone

Premiações[editar | editar código-fonte]

Campeonato Catarinense de Futebol de 2014 - Série B
Bandeira lages.svg
Inter de Lages
Campeão
(3º título)

Individuais[editar | editar código-fonte]

Artilheiro: Vice-artilheiro: Terceiro artilheiro:
Brasil Tauã (Guarani de Palhoça) Brasil Alê Menezes (Inter de Lages) Brasil Cadu (Camboriú)
Goleiro menos vazado: Segundo goleiro menos vazado: Terceiro goleiro menos vazado:
Brasil Pablo (Inter de Lages) Brasil Rodrigo Rocha (Guarani de Palhoça) Brasil Eduardo (Concórdia)
Brasil Simão (Atlético Tubarão)
Melhor árbitro: Melhor assistente: Melhor assistente:
Leandro Messina Perrone Eli Alves Diego Leonel Félix

Seleção do campeonato[editar | editar código-fonte]

A escolha da seleção do campeonato e dos destaques da arbitragem foram eleitas com base na avaliação dos jogos do Quadrangular e das finais.[12] [13]

Goleiros Defensores Meio campo Atacantes

Brasil Pablo (Inter de Lages)

Brasil Thoni (Inter de Lages)

Brasil Vitor Hugo (Inter de Lages)

Brasil Plínio (Inter de Lages)

Brasil Kapa (Guarani de Palhoça)

Brasil Michel (Guarani de Palhoça)

Brasil Emerson Dantas (Inter de Lages)

Brasil Athos (Inter de Lages)

Brasil Hégon (Guarani de Palhoça)

Brasil Alê Menezes (Inter de Lages)

Brasil Tauã (Guarani de Palhoça)

Principais artilheiros[editar | editar código-fonte]

Gols Jogador Clube
11 Brasil Tauã Guarani de Palhoça
10 Brasil Alê Menezes Inter de Lages
9 Brasil Cadu Camboriú
8 Brasil Michel Concórdia
6 Brasil Dudu Porto-SC
Brasil Giba Porto-SC
Brasil Michel Guarani de Palhoça
Brasil Thiago Camboriú
5 Brasil Diogo Dolem Guarani de Palhoça
Brasil Marcelo Quilder Inter de Lages
Brasil Tiago Pereira Concórdia
4 Brasil André Avelino Hercílio Luz
Brasil Brasão Inter de Lages
Brasil Edu Salles Concórdia
Brasil Matheus Guerreiro Camboriú
Brasil Max Camboriú
Brasil Rafael Santos Blumenau
Brasil Serginho Catarinense Camboriú

Goleiros menos vazados[editar | editar código-fonte]

# Média Goleiro Time JO GS
0,7083 Brasil Pablo Inter de Lages 24 17
0,7222 Brasil Rodrigo Rocha Guarani de Palhoça 18 13
0,8571 Brasil Eduardo Concórdia 14 12
Brasil Simão Atlético Tubarão
1,0000 Brasil Luiz Fernando Camboriú 6 6
1,0000 Brasil Danrley Camboriú 1 1
Brasil Enderson Blumenau
Brasil Renan Inter de Lages
1,1764 Brasil Paulo Sérgio Camboriú 17 20
10º 1,2353 Brasil Mauricio Blumenau 17 21
JO - número de jogos; GS - gols sofridos

Maiores públicos[editar | editar código-fonte]

Esses são os cinco maiores públicos do Campeonato:

Público[PP] Mandante Placar Visitante Estádio Data Rodada
1 4 229 Inter de Lages 0 – 1 Guarani de Palhoça Vidal Ramos Júnior 23 de novembro 2ª (Final)
2 3 128 Inter de Lages 2 – 0 Camboriú Vidal Ramos Júnior 1 de novembro 4ª (Quadrangular)
3 2 555 Inter de Lages 1 – 0 Caçador Vidal Ramos Júnior 3 de setembro 9ª (Turno)
4 2 439 Inter de Lages 1 – 0 Guarani de Palhoça Vidal Ramos Júnior 25 de outubro 2ª (Quadrangular)
5 2 258 Inter de Lages 2 – 0 Camboriú Vidal Ramos Júnior 10 de agosto 5ª (Turno)
  • PP. ^ Considera-se apenas o público pagante

Trívias[editar | editar código-fonte]

  • No dia 2 de maio, representantes dos dez clubes participantes da Série B de 2014 se uniram para discutir ações de marketing para a captação de patrocinadores e recursos financeiros.[14]
  • As duas primeiras rodadas do campeonato tiveram uma marca negativa. Todos os times participantes da competição foram proibidos de vender ingressos dos seus jogos como mandantes, pois os dez clubes não enviaram os laudos técnicos de segurança dos seus estádios. Devido a isso, alguns jogos da primeira e segunda fase foram disputados com portões fechados,[17] [18] exceto o Hercílio Luz e o Inter de Lages que conseguiram uma liminar e tiveram a liberação judicial para receber seus torcedores.[19] [20]
  • Já na primeira rodada do returno do quadrangular, o Inter de Lages garantiu a vaga às finais da competição e, consequentemente, a vaga à Série A de 2015 do Campeonato Catarinense.[21] Já o Guarani de Palhoça garantiu sua classificação na rodada seguinte.[22]

Referências

  1. FCF convoca Conselho Técnico do Catarinense Série B 2014 Futebol SC (5 de dezembro de 2013). Visitado em 5 de dezembro de 2013.
  2. Calendário de Competições 2014 Federação Catarinense de Futebol. Visitado em 19 de fevereiro de 2014.
  3. a b c Série B do Catarinense só depois da Copa do Mundo Futebol SC (10 de dezembro de 2013). Visitado em 11 de dezembro de 2013.
  4. a b c Competição será após a Copa do Mundo FIFA FCF (9 de dezembro de 2013). Visitado em 12 de dezembro de 2013.
  5. Federação Catarinense de Futebol divulga tabela do Estadual 2014 com mudanças na fórmula De Olho Na Ilha (26 de novembro de 2013). Visitado em 11 de dezembro de 2013.
  6. Série B do Catarinense começa depois da Copa RBV Rádios (11 de dezembro de 2013). Visitado em 11 de dezembro de 2013.
  7. Schmitt, Louise (23 de novembro de 2014). Guarani vence, mas Inter de Lages é campeão da segundona catarinense Redação em Campo. Visitado em 24 de novembro de 2014.
  8. Inter é tricampeão do Catarinense Série B! FCF (23 de novembro de 2014). Visitado em 25 de novembro de 2014.
  9. a b c Campeonato Catarinense de Futebol Profissional da Série “B” de 2014 - Regulamento Específico (PDF) FCF (9 de dezembro de 2013). Visitado em 21 de maio de 2014.
  10. Nota de Pesar – Sr. Fernando Deichmann Pereira FCF (22 de outubro de 2014). Visitado em 24 de novembro de 2014.
  11. Inter e Guarani disputam a Taça Fernando Pereira FCF (22 de novembro de 2014). Visitado em 24 de novembro de 2014.
  12. Premiação Craque Série B 2014 será nesta 2ª feira (24) em Balneário Camboriú FCF (21 de novembro de 2014). Visitado em 25 de novembro de 2014.
  13. Prêmio Craque da Série B escolhe os melhores do Campeonato Catarinense 2014 FCF (24 de novembro de 2014). Visitado em 25 de novembro de 2014.
  14. SC Clubes promove reunião com participantes da Série B Futebol SC (2 de maio de 2014). Visitado em 7 de maio de 2014.
  15. É oficial! BEC jogará a Série B do Catarinense 2014 Blumenau EC (24 de junho de 2014). Visitado em 24 de junho de 2014.
  16. Oficial: Imbituba anuncia abandono e Blumenau entra na Série B Futebol SC (24 de junho de 2014). Visitado em 24 de junho de 2014.
  17. de Lazzari, Pietro (16 de julho de 2014). Duas primeiras rodadas da Série B do Catarinense serão com portões fechados Redação em Campo. Visitado em 17 de julho de 2014.
  18. Resolução de Diretoria Nº 32/2014 (PDF) Federação Catarinense de Futebol (16 de julho de 2014). Visitado em 17 de julho de 2014.
  19. Hercílio Luz consegue liminar e partida no Aníbal Costa aconteceu com portões abertos Futebol SC (18 de julho de 2014). Visitado em 26 de julho de 2014.
  20. Torcedores do Inter de Lages têm acesso liberado no Estádio Vidal Ramos Júnior neste domingo Correio Lageano (26 de julho de 2014). Visitado em 26 de julho de 2014.
  21. Inter de Lages vence o Camboriú e garante acesso; Guarani está próximo GloboEsporte.com (2 de novembro de 2014). Visitado em 3 de novembro de 2014.
  22. Emoção, festa e reconhecimento no acesso do Guarani de Palhoça à Série A do Estadual Diário Catarinense (6 de novembro de 2014). Visitado em 6 de novembro de 2014.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Divisão Especial de 2013
Segundo escalão do futebol catarinense
2014
Sucedido por
Série B de 2015