Centro de Educação a Distância do Estado do Rio de Janeiro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Cederj)
Ir para: navegação, pesquisa
CECIERJ
Centro de Educação a Distância
do Estado do Rio de Janeiro
Cecierj.jpg
Fundação Janeiro de 2000
Tipo de instituição Pública
Graduação 26.000
Diretor(a) Carlos Eduardo Bielschowsky
Sede Brasão da cidade do Rio de Janeiro.svg Rio de Janeiro
Campi Angra dos Reis, Barra do Piraí, Belford Roxo, Bom Jesus do Itabapoana, Campo Grande, Cantagalo, Duque de Caxias, Itaguaí, Itaocara, Itaperuna, Macaé, Magé, Maracanã, Miguel Pereira, Natividade, Niterói, Nova Friburgo, Nova Iguaçu, Paracambi, Petrópolis, Piraí, Resende, Rio Bonito, Rio das Flores, Santa Maria Madalena, São Fidélis, São Francisco de Itabapoana, São Gonçalo, São Pedro da Aldeia, Saquarema, Três Rios e Volta Redonda.
Estado Brasão RJ BR.png Rio de Janeiro
Página oficial cederj.edu.br
Instituições de ensino superior do Brasil Brasil

A Fundação Centro de Educação a Distância do Estado do Rio de Janeiro (CEDERJ) desenvolve projetos nas áreas de educação superior a distância e divulgação científica, atingindo diretamente mais de 60 mil pessoas/ano residentes nos 92 municípios do Estado do Rio de Janeiro, com a oferta de:

1. Cursos de graduação a distância por intermédio do Consórcio CEDERJ, parceria formada entre o Governo do Estado do Rio de Janeiro e as seguintes instituições de ensino: Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca (CEFET-RJ); Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ); Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ); Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (UENF); Universidade Federal Fluminense (UFF); Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO); e Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ);

2. Pré-Vestibular Social (PVS), projeto dirigido àqueles que já concluíram ou que frequentam o último ano do Ensino Médio e desejam realizar as provas para ingresso nas universidades, mas não têm condições de arcar com os custos dos cursos preparatórios particulares;

3. Formação continuada de professores da educação básica, com a oferta de cursos modulares em diversas áreas: Antropologia, Arte e Comunicação, Biologia, Educação em Ciências, Educação Especial e Inclusiva, Física, Informática Educativa, Geociências, Governança: Gestão, Auditoria e TI, Letras, Matemática e Química, sob responsabilidade da Diretoria de Extensão; e

4. Projetos de Divulgação Científica, como Praça da Ciência Itinerante, Jovens Talentos para Ciência, Lona da Ciência, Feira de Ciência, Tecnologia e Inovação (FECTI), entre outros, que visam popularizar o conhecimento científico no Estado do Rio de Janeiro.


História[editar | editar código-fonte]

O CEDERJ é um consórcio formado por seis universidades públicas do Estado do Rio de Janeiro (UERJ; UENF; UNIRIO; UFRJ; UFF; UFRRJ) e um centro universitário (CEFET-RJ) em parceria com a Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia do Estado do Rio de Janeiro, por intermédio da Fundação CECIERJ, com o objetivo de oferecer cursos de graduação a distância, na modalidade semipresencial para todo o Estado.

Esse consórcio foi elaborado em 1999, por meio de documento gerado por uma comissão formada por dois membros de cada universidade juntamente com a Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia (SECT). Esse documento foi assinado pelo governador do Rio de Janeiro (Anthony Garotinho) e pelos reitores das universidades consorciadas no dia 26 de janeiro de 2000.

Dentre os princípios básicos do Consórcio CEDERJ está a manutenção da qualidade de seus cursos, que apresentam o mesmo rigor acadêmico daqueles oferecidos de forma presencial nos campi das universidades consorciadas, inclusive no que diz respeito ao processo de avaliação de aprendizagem. Os cursos têm como princípios básicos a formação de indivíduos competentes e autônomos, atuantes segundo princípios éticos, construtores de uma sociedade democrática e solidária.

O CEDERJ tem como objetivo principal contribuir para a interiorização do ensino superior público, gratuito e de qualidade no Estado do Rio de Janeiro, por isso, a competência acadêmica dos cursos está a cargo dos docentes das universidades consorciadas. São eles que preparam o projeto político e pedagógico dos cursos, o conteúdo do material didático, cuidam da tutoria e da avaliação, cabendo à Fundação CECIERJ a responsabilidade pela produção do material didático, pela gestão operacional da metodologia de EAD e pela montagem e operacionalização dos polos regionais. Às prefeituras municipais, sede destes polos, cabem a adaptação física do espaço destinado ao polo, o suprimento de material de consumo, bem como o pagamento de pessoal administrativo.

Consórcio CEDERJ[editar | editar código-fonte]

O CEDERJ tem como objetivo principal contribuir para a interiorização do ensino superior público, gratuito e de qualidade no Estado do Rio de Janeiro, por isso, a competência acadêmica dos cursos está a caoferecidos cursos de Administração (com diplomação da UFRRJ), Administração Pública (com diplomação da UFF), Tecnologia em Sistemas de computação (UFF), Pedagogia para séries iniciais (UERJ e UNIRIO), Licenciatura em Física (UFRJ), Licenciatura em Matemática (UFF e UNIRIO), Licenciatura em Biologia (UENF, UFRJ e UERJ), Licenciatura em Geografia (UERJ), Licenciatura em Química (UENF), Licenciatura em História (UNIRIO), e Licenciatura em Turismo (UFRRJ). O aluno formado em cursos operacionalizados pelo CEDERJ recebe o diploma da respectiva Universidade conveniada e de valor totalmente igual a quem se formou nos cursos presenciais. rgo dos docentes das universidades consorciadas. São eles que preparam o projeto político e pedagógico dos cursos, o conteúdo do material didático, cuidam da tutoria e da avaliação, cabendo à Fundação Cecierj a responsabilidade pela produção do material didático, pela gestão operacional da metodologia de EaD (Eduacação a Distância) e pela montagem e operacionalização dos polos regionais. Às prefeituras municipais, sede destes polos, cabem a adaptação física do espaço destinado ao polo, o suprimento de material de consumo, bem como o pagamento de pessoal administrativo.

Apesar de todas as dificuldades enfrentadas na implementação de uma ação inovadora no setor público, a união de diferentes segmentos (Governo do Estado, universidades públicas estaduais e federais e prefeituras municipais) vem permitindo vencer, paulatinamente, os desafios apresentados e como resultado, o Consórcio CECIERJ vem servindo de modelo em todo o Brasil, inclusive inspirando ações do MEC no fomento ao ensino superior a distância brasileiro.

A Fundação CEDERJ possui várias modalidades de ensino, mas o consórcio é restrito aos cursos de graduação, sendo todos autorizados e reconhecidos pelo Ministério da Educação. Os vestibulares são realizados duas vezes por ano nos pólos regionais. Os cursos são gratuitos e semipresenciais. Atualmente, são

O CEDERJ atualmente conta com polos regionais na capital fluminense (nos bairros de Campo Grande e Maracanã) e nos municípios de Angra dos Reis, Barra do Piraí, Belford Roxo, Bom Jesus do Itabapoana, Cantagalo, Duque de Caxias, Itaboraí, Itaguaí, Itaocara, Itaperuna, Macaé, Magé, Miguel Pereira, Natividade, Niterói, Nova Friburgo, Nova Iguaçu, Paracambi, Petrópolis, Piraí, Quatis, Resende (Uma no Centro e outra no campus da UERJ), Rio Bonito, Rio das Flores, Santa Maria Madalena, São Fidélis, São Francisco de Itabapoana, São Gonçalo, São Pedro da Aldeia, Saquarema, Três Rios e Volta Redonda.

Metodologia de ensino[editar | editar código-fonte]

Os cursos de graduação do consórcio CEDERJ são cursos semipresenciais. Suas aulas são baseadas em material autoinstrucional que é disponibilizado ao aluno no formato de material didático impresso (livros). Os cursos de graduação a distância permitem que o aluno estude no local e horário de sua preferência, seguindo um cronograma.

Além do material didático especialmente elaborado, os alunos contam com o apoio de tutoria presencial, nos próprios polos regionais, com a tutoria a distância que pode ser acessada por telefone (0800) ou pela internet (por meio da Plataforma CEDERJ).

No modelo CEDERJ não há aulas presenciais diárias, mas algumas disciplinas exigem um número mínimo de presença no polo para a execução das aulas práticas de laboratório, trabalho de campo, trabalhos em grupo, além dos estágios curriculares obrigatórios.

Plataforma CEDERJ[editar | editar código-fonte]

A Plataforma CEDERJ é o ambiente virtual de aprendizagem (AVA) utilizado pelos cursos de gradução ofertados pelo consórcio CEDERJ. Para os demais cursos de extensão é utiliza a plataforma Moodle customizada para as atividades educacionais propostas pela Fundação CECIERJ. Ele apresenta ferramentas de comunicação, fornecimento de material didático e paradidático, e apoia a interação e a dinamização no processo de aprendizagem através de ferramentas interativas (Barreiro & Andrade, 2011).

A página inicial apresenta vasta oferta de recursos acadêmicos como: notícias do curso, notícias do pólo, informações sobre o CEDERJ, e as salas de aula de cada disciplina. No menu lateral o aluno tem acesso às Informações Acadêmicas como: horários para atendimento telefônico, cadernos didáticos, calendário de provas, ementas das disciplinas, matrizes curriculares, guia de curso, horários de tutoria presencial e a distância, informações sobre as universidades, mapa dos polos, movimento estudantil, oferta de disciplinas para o polo, regras acadêmicas e tutorias presenciais. Como ferramentas comunicacionais existem: vídeo tutoria, blog, e-mail, mensagens instantâneas, murais de avisos.

Ao acessar uma disciplina o aluno tem acesso a ferramentas específicas direcionadas ao estudo como: material didático, material impresso, salas de conferência, sala de tutoria e wiki.

Além da função de elaboração e manutenção da plataforma, a Fundação CECIERJ possui setores especializados na produção de objetos de aprendizagem virtuais, que são disponibilizados na plataforma de acordo com a necessidade e estruturação de cada curso e disciplina. Entre estes objetos podem ser citados animações computadorizadas em 2D e 3D, vídeos, podcasts e imagens vetorizadas.

Critério de aprovação e planejamento de estudos[editar | editar código-fonte]

No início do semestre letivo, cada aluno recebe o material didático e o cronograma de estudos de cada disciplina. Este cronograma organiza o conteúdo que deve ser estudado a cada semana. Desta forma o aluno pode organizar seus estudos interagindo com os tutores a distância pela plataforma de ensino online e pelo telefone, assim como também pode interagir com seus colegas presencialmente nas tutorias presencias que ocorrem em todos os pólos, onde professores desempenham o papel de tutores auxiliando no aprendizado.

A avaliação dos alunos pode ser composta por dois tipos de avaliação: Avaliações a Distância (AD) e Avaliações Presenciais (AP). Nas avaliações presenciais e nas aulas práticas, a presença do aluno no pólo também é obrigatória.

Durante o semestre o aluno faz, dentre outras, as seguintes avaliações: AD1 e AP1, AD2 e AP2. Se não atingir a média necessária para aprovação na disciplina em questão, o aluno deve fazer a AP3.

As datas das avaliações presenciais são divulgadas no início do semestre letivo para que os alunos possam se programar. Elas sempre ocorrem nos finais de semana e normalmente são aplicadas duas avaliações por dia, durante a manhã e à tarde.

Cursos de graduação[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre instituição de ensino superior é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.