Country rock

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Country Rock
Origens estilísticas Folk rock - Música country - Country folk
Contexto cultural Fim dos anos 1960, Sul e Oeste dos Estados Unidos
Instrumentos típicos guitarra (acústica ou elétrica), piano bateria, vocal, baixo, por vezes são usados outros instrumentos
Popularidade Baixa - Média
Formas derivadas Roots rock - Southern rock - Heartland rock - Cowpunk - Alt.country

Country Rock é um sub-gênero da música popular, formado a partir da fusão do rock com a música country.

O termo é geralmente usado para se referir aos músicos de rock que começou a gravar rock com acento "country" no final dos anos 1960 e início dos anos 1970, como Bob Dylan e The Byrds e foi bastante popular nos anos 1970 com artistas como Emmylou Harris e os Eagles. os dias atuais.

História[editar | editar código-fonte]

O Rock and roll tem sido muitas vezes visto como uma combinação do R&B com a música country, uma fusão particularmente evidente no rockabilly dos anos 1950,1 e houve a troca de influências em toda a história de ambos os gêneros, entretanto, o termo country-rock é geralmente usado para se referir aos músicos de rock do final dos anos 1960 e início dos anos 1970 que começaram a gravar discos de rock com temática, estilos vocais e instrumentos adicionais, mais caracteristicos do country como o pedal steel.2

Origens[editar | editar código-fonte]

Influências Country podem ser ouvidas em discos de rock na década de 1960, incluindo as faixas do álbum Beatles for Sale (1964) (I'll Cry Instead, I Don't Want to Spoil the Party e Baby's in Black sendo alguns exemplos), e em trabalhos de artistas como Rolling Stones ("High and Dry", de 1966) e Buffalo Springfield ("Go and Say Goodbye", também de 1966 e "Kind Woman", de 1968)2 .

Em 1966, artistas de rock enclinavam cada vez mais para a psicodelia e o experimentalismo, Bob Dylan encabeçou o revival da volta raízes quando foi para Nashville para gravar o álbum Blonde on Blonde, com notáveis músicos locais, como Charlie McCoy3 e seus álbuns subseqüentes mais claramente influenciadas pelo country, John Wesley Harding (1967) e Nashville Skyline (1969), tem sido visto como a criação do gênero country folk, uma rota seguida por uma série de, em grande parte acústicos, músicos folk.3

Dylan também foi seguido por The Byrds, banda criada por Gram Parsons em 1968. No início de 1968, Parsons tinha lançado Safe at Home (embora a gravação principal para o álbum teve lugar em 1966) com a International Submarine Band, que fez uso extensivo de pedal steel e é visto por alguns como o primeiro álbum de country-rock2 . O resultado do trabalho de Parsons em The Byrds foi Sweetheart of the Rodeo (1968), considerado uma das gravações mais influentes do gênero2 . The Byrds continuaram por um breve período na mesma linha, Parsons, mas deixou a banda logo após o álbum ser lançado para ser acompanhado por outro ex-membro do The Byrds Chris Hillman na formação de The Flying Burrito Brothers. Ao longo dos dois anos seguintes, eles gravaram os álbuns The Gilded Palace of Sin (1969) e Burrito Deluxe (1970), que ajudou a estabelecer a respeitabilidade e os parâmetros do gênero, antes de Parsons partiu para uma carreira solo2 .

Popularidade[editar | editar código-fonte]

Country rock foi um estilo bastante popular na cena musical da Califórnia da década de 1960, e foi adotado por bandas como Hearts and Flowers, Poco (formado por Furay Richie, ex-integrante do Buffalo Springfield) e New Riders of the Purple Sage2 . Alguns artistas de folk-rock seguiram no gênero dos Byrds, entre eles o Brummels Beau2 e a Nitty Gritty Dirt Band.4

Uma série de artistas também teve um renascimento através da adoção da sonoridade, incluindo: Everly Brothers, cuja álbum Roots (1968) é geralmente considerado um dos seus melhores trabalhos, o ex-ídolo teen Ricky Nelson, que se tornou o vocalista da banda Stone Canyon, John Fogerty deixou a banda Creedence Clearwater Revival para fazer um som country no Blue Ridge Rangers;5 Mike Nesmith que formou a First National Band após sair do The Monkees, e Neil Young, que entrou e saiu do gênero ao longo de sua carreira2 .

Um dos poucos artista do country que adicionaram sonoridade rock foi a banda de bluegrass The Dillards2 .

O maior sucesso comercial de uma banda de country rock ocorreu no anos 70, com os Doobie Brothers misturando elementos do R&B, Emmylou Harris (backing vocal que trabalhou para Parsons), tornou-se a;rainha do country-rock" e Linda Ronstadt6 .

Ex-integrantes da banda Ronstadt passaram a integrar o Eagles (composta por membros do Flying Burrito Brothers, Poco e Canyon Stone Band), que emergiu como um das mais bem sucedida bandas de country rock de todos os tempos, produzindo álbuns que incluiu Desperado (1973) e Hotel California (1976).6

Legado[editar | editar código-fonte]

Fora do universo de artistas do gênero, o gênero exerceu influência sobre os artistas de outros gêneros, incluindo The Band, The Grateful Dead, Creedence Clearwater Revival, The Rolling Stones, Stevie Ray Vaughan, ZZ Top e o trabalho solo de George Harrison2 . Ele também desempenhou um papel no desenvolvimento do Southern rock, que, embora em grande parte derivado do blues-rock, tinha uma cadência diferente, e abriu caminho para desenevolvimento do Country alternativo2 .

O gênero perdeu sua popularidade ainda na década de 1970, mas alguns artistas consagrados, como Neil Young, que continuou a gravar country-rock no século XXI.

O Country rock sobreviveu como como objeto de culto no Texas, onde bandas como The Flatlanders, Ely Joe, Butch Hancock, Jimmy Dale Gilmore e a banda californiana Richard Brooker mantêm vivo o estilo2 .7

Outros artistas produziram gravações ocasionais no gênero, incluindo Elvis Costello no álbum Almost Blue (1981)2 Lady Gaga no álbum Born This Way (2011) e Robert Plant no seu álbum Raising Sand que foi um dos álbuns de maior sucesso comercial em 20078

Ver também[editar | editar código-fonte]

Portal A Wikipédia possui o
Portal do Rock.


Referências

  1. B. Horner and T. Swiss, Key terms in popular music and culture (Wiley-Blackwell, 1999), p. 104.
  2. a b c d e f g h i j k l m V. Bogdanov, C. Woodstra and S. T. Erlewine, All music guide to rock: the definitive guide to rock, pop, and soul (Backbeat Books, 3rd edn., 2002), p. 1327.
  3. a b K. Wolff, O. Duane, Country Music: The Rough Guide (Rough Guides, 2000), p. 392.
  4. P. Buckley, The Rough Guide to Rock (Rough Guides, 3rd edn., 2003), p. 730.
  5. [1]
  6. a b N. E. Tawa, Supremely American: popular song in the 20th century: styles and singers and what they said about America (Scarecrow Press, 2005), pp. 227-8.
  7. P. Buckley, The Rough Guide to Rock (Rough Guides, 3rd edn., 2003), pp. 145-6.
  8. "The Top 50 Albums of 2007". Rolling Stone. 17 de Dezembro de 2007.


Ícone de esboço Este artigo sobre Rock é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.