Estádio Cláudio Moacyr de Azevedo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa


Moacyrzão
Estádio Cláudio Moacyr de Azevedo
Nomes
Nome Estádio Cláudio Moacyr de Azevedo
Apelido Moacyrzão
Características
Local Macaé (RJ),
 Brasil
Gramado Grama natural (110m x 69m)
Capacidade 16 000
Construção
Data 1980
Custo 21 000 000 de reais
Inauguração
Data 1 de maio de 1982
Partida inaugural Barra Rio de Janeiro 0 — 3 Rio de Janeiro Flamengo
Primeiro gol Não disponível
Recordes
Público recorde 12 911 (10 561 pagantes)
Data recorde 27 de novembro de 2011
Partida com mais público Flamengo 1 x 0 Internacional-RS
Outras informações
Remodelado 2008-2010
Proprietário Prefeitura de Macaé
Administrador Prefeitura de Macaé
Mandante Macaé Esporte Futebol Clube
Serra Macaense Futebol Clube

O Estádio Cláudio Moacyr de Azevedo[1] , chamado popularmente de Moacyrzão, é um estádio de futebol localizado na cidade de Macaé, no Estado do Rio de Janeiro, Brasil, pertencente à Prefeitura de Macaé.[2] [1]

O Macaé Esporte Futebol Clube e o Serra Macaense mandam seus jogos no local.[2]

O estádio foi inaugurado em 1º de maio de 1982, com o amistoso entre Barra e Flamengo de Miramar, saindo o segundo vitorioso por 3 a 0.[3]

Passou por reformas a partir de 2008, visando a modernizar as suas instalações, com investimento de 21 000 000 de reais, tendo deixado, durante cerca de dois anos, de receber jogos, fazendo o Macaé Esporte ter que disputar seus jogos, durante o período em que esteve fechado, em várias outras cidades, como nos estádios Ary de Oliveira e Souza e Godofredo Cruz em Campos dos Goytacazes, Raulino de Oliveira em Volta Redonda e na Arena Guanabara, em Araruama.[4]

Um novo sistema de drenagem, alambrados de policarbonato, grama sintética nas áreas de aquecimento e área para imprensa foram instalados. Os vestiários foram reformados e a área externa ao estádio foi pavimentada, dando condições para a abertura de lojas às margens da Rodovia Amaral Peixoto.[5]

Em 7 de agosto de 2010, a praça esportiva foi reinaugurada na vitória do Macaé Esporte por 3 a 1 contra o Marília pelo Campeonato Brasileiro Série C, comportando atualmente 15 000 pessoas (antes das obras, comportava 4 000), tendo instalado luminação artificial após sua reinauguração.[6] [7] [8]

No dia 10 de outubro de 2010, foi batido o recorde de público anterior do estádio, quando 5 771 torcedores (4 971 pagantes) acompanharam a virada do Macaé Esporte sobre o Criciúma Esporte Clube por 3 a 2, em partida válida pelo Campeonato Brasileiro Série C.

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre estádios de futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.