Estádio Raulino de Oliveira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Raulino de Oliveira
Estádio da Cidadania
Raulino.jpg
Estádio Raulino de Oliveira
Nomes
Nome Estádio General Sylvio Raulino de Oliveira
Apelido Estádio da Cidadania
Características
Local Volta Redonda, Brasil
Gramado Tipo Bermuda Tifton (105 x 70 m) (105 x 70 m)
Capacidade 21.000 pessoas[1]
Construção
Data 1950
Inauguração
Data 15 de abril de 1951
Partida inaugural Botafogo 3-1 Fluminense
Primeiro gol Zezinho Botafogo
Recordes
Público recorde 25.000 pessoas
Data recorde 1 de maio de 1977[2]
Partida com mais público Volta Redonda 0-1 Flamengo
Outras informações
Expandido Entre 2003 e 2004
Proprietário Prefeitura Municipal de Volta Redonda
Mandante Volta Redonda

Estádio General Sylvio Raulino de Oliveira, também chamado de Estádio da Cidadania ou simplesmente Raulino de Oliveira, é um estádio de futebol localizado na cidade de Volta Redonda, e casa do Volta Redonda FC.

Atualmente, o estádio tem uma capacidade de 21.000 espectadores[1] , e é considerado um dos mais modernos do Brasil, após uma obra de recuperação feita entre 2003 e 2004.[3] Foi o primeiro estádio de futebol no Brasil a abrigar no seu interior um complexo de esportes, lazer, saúde e educação, com acesso gratuito à população.[4]

História[editar | editar código-fonte]

O Estádio General Sylvio Raulino de Oliveira foi construído no final da década de 1940. Recebeu este nome em homenagem ao idealizador do projeto, general Sylvio Raulino de Oliveira, então presidente da CSN, que financiou a obra.

O Antigo Raulino de Oliveira[editar | editar código-fonte]

O estádio foi inaugurado em 15 de abril de 1951, na vitória do Botafogo sobre o Fluminense por 3 a 1.

Jogavam neste estádio os únicos 2 times profissionais da cidade, à época: Clube de Regatas do Flamengo (Volta Redonda) e o Guarani Esporte Clube (Volta Redonda)

Na década de 1960 o então presidente da CSN, Osvaldo Pinto da Veiga, determinou a implantação da iluminação no estádio. O jogo inaugural da iluminação foi Guarani (Volta Redonda) x Atlético Mineiro.

Em 1976, o então prefeito de Volta Redonda desapropriou o estádio, uma vez que o terreno pertencia a CSN. No dia 14 de março de 1976, houve uma reinauguração extra-oficial, após obras de melhorias e ampliação da capacidade de público, com o jogo Voltaço 3 x 2 Botafogo. Esse foi o jogo de estréia do Voltaço no estádio, e no campeonato carioca daquele ano. Porém, mesmo com essa reforma, as arquibancadas continuaram sendo de madeira, e só foram trocadas na Reinauguração, em 2004.

Em 1988 foi disputado o Torneio Cidade do Aço, vencido pelo Bangu Atlético Clube[5] .

Em 1995, o estádio sediou a partida final do Campeonato Brasileiro da Série C (Volta Redonda 0 x 1 XV de Piracicaba)[6] .

Partida Inaugural[editar | editar código-fonte]

  • Disputa da "Taça CSN"
  • Primeiro clássico da história do Estádio. O jogo foi em homenagem aos funcionários da CSN.
15 de Abril de 1951
Botafogo 3 – 1 Fluminense Antigo Estádio Raulino de Oliveira, Volta Redonda-RJ
Público: 6.000
Árbitro: Jayme Teixeira Braga
Auxiliares:

Zezinho Gol marcado aos 1o tempo minutos de jogo 1o tempo'
Vincius Gol marcado aos 1o tempo minutos de jogo 1o tempo'
Vinicius Gol marcado aos 2o tempo minutos de jogo 2o tempo'
[7] Joel Gol marcado aos 2o tempo minutos de jogo 2o tempo'
  • Botafogo: Oswaldo Baliza; Gérson e Nilton Santos; Rubinho (Araty), Ávila e Juvenal (Richarde); Paraguaio (Jarbas), Geninho (Neca), Pirillo (Orlando Vinhas), Vinicius e Zezinho. Técnico: Carvalho Leite.
  • Fluminense: Adalberto (Castilho); Duarte (Píndaro) e Chiquinho (Pinheiro); Waldir, Pé-de-Valsa e Jair; Reis, Zildo (Russo), Jeronimo, Zé Henrique (Orlando "Pingo de Ouro") e Joel. Técnico: José Moreira.

Jogo de Estréia do Voltaço no Estádio[editar | editar código-fonte]

  • Jogo de estréia do Voltaço no Campeonato Carioca de 1976.
14 de Março de 1976
Volta Redonda FC 3 – 2 Botafogo Antigo Estádio Raulino de Oliveira, Volta Redonda-RJ
Público: 19.041
Árbitro:
Auxiliares:

Mauro Gol marcado
Mauro Gol marcado
Mauro Gol marcado
Antonio Carlos Gol marcado
Ricardo Gol marcado
  • Voltaço: Valdir; Aloísio, Fernando, Fred e Zé Maria; Paulão, Mauro e Ademir; Jorge Cuíca, Acilino (Adelmo) e Paulo César (Serginho). Técnico Paulinho de Almeida.
  • Botafogo: Wendel; Chiquinho, Geraldo, China e Marinho Chagas; Arthur, Ademir e Manfrini (Ricardo); Cremilson (Rogério); Antonio Carlos e Tiquinho. Técnico Telê Santana.

O Novo Raulino: O Estádio da Cidadania[editar | editar código-fonte]

Cquote1.svg Não existe hoje, em qualquer outro lugar, um estádio como esse, que oferece conforto para os torcedores, para o atleta e para a imprensa também.[8] Cquote2.svg
Sandro Lima, vice-presidente de Futebol do Fluminense

Idealizado pelo jornalista Oscar Cardoso e atendendo as exigencias do estatuto do torcedor, o novo estádio foi entregue à população em 17 de abril de 2004, ano do Cinqüentenário da cidade de Volta Redonda, com um jogo-amistoso entre Amigos do Voltaço 1 x 2 Botafogo (RJ).[9]

Foi o primeiro estádio de futebol no Brasil a abrigar no seu interior um complexo de esportes, lazer, saúde e educação, com acesso gratuito à população.[4] Por isso, o estádio ganhou a alcunha de Estádio da Cidadania.[3] Segundo um levantamento feito pelo governo municipal, diariamente passam pelas dependências do estádio 3.223 mil pessoas. Com esses números (poucos mais de 16 mil cidadãos que se acumulam a cada cinco dias úteis no estádio), o Estádio da Cidadania ocuparia a sétima colocação no ranking nacional de público de 2007, à frente de clubes como Internacional-RS, Atlético-MG, Palmeiras, Vasco, São Paulo, Cruzeiro, Botafogo e Fluminense[10] .

No estádio, encontram-se as seguintes instalações: academias da Vida e da Terceira Idade, a Ótica da Cidadania (que distribuí óculos de graça para pessoas carentes), o Centro de Reabilitação para Cardíacos, o Núcleo de Fisioterapia, o Centro de Ensino à Distância (CEDERJ), a Policlínica da Cidadania, o Centro de Imagens e a Biblioteca Virtual de Saúde.[10]

Em 2007, o estádio foi citado pelo jornal esportivo Lance!, como um dos poucos e propensos estádios no Brasil para sediar os jogos da Copa do Mundo de 2014[11] , mas descartou a possibilidade de o estádio receber jogos da Copa do Mundo, por não atender diversas exigências da Fifa.

Em 2013, por ser o único estádio público inscrito para ser sede de um país na Copa do Mundo[8] e a única instalação pública do Estado do Rio aprovada pela FIFA para receber delegações estrangeiras antes e durante a Copa de 2014, o Ministério do Esporte liberou R$ 800 mil para realização de obras no Estádio. Com esse montante, o estádio deverá ganhar obras de acessibilidade, reparos gerais e de modernização[12] .

Partida Re-Inaugural[editar | editar código-fonte]

17 de Abril de 2004
Amigos do Voltaço 1 – 2 Botafogo Estádio Raulino de Oliveira, Volta Redonda-RJ
Público:
Árbitro: William Marcelo de Souza Nery
Auxiliares:

João Rodrigo Gol marcado aos 11 minutos de jogo 11' [13] Delani Gol marcado aos 22 minutos de jogo 22'
Sandro Gol marcado aos 69 minutos de jogo 69'
  • Volta Redonda FC: Everton; China, Léo (Paulo Henrique), Alemão e Hamilton (Diogo); Jonílson (Fernando), Haroldo, Valtinho e Gláuber (Gillis); Humberto (Dentinho) e João Rodrigo. Técnico: Dário Lourenço.
  • Botafogo: Jefferson; Ruy (Rodrigo Fernandes), João Carlos, Sandro e Jorginho Paulista; Fernando, Túlio (Daniel), Valdo (Carlos Alberto) e Camacho; Delani e Alex Alves (Hugo/Luizão). Técnico: Carvalho Leite.

Jogos Importantes[editar | editar código-fonte]

Cquote1.svg "O estádio de Volta Redonda é, talvez, o mais legal do estado do Rio de Janeiro. Ele seria perfeito para os times da capital se fosse 100 quilômetros mais próximo. É melhor que o Engenhão, que é bom para grandes públicos. Mas os públicos no Campeonato Carioca mal passam de 15 mil torcedores. Os estádios menores dão a sensação de mais emoção no jogo. E as instalações são boas para a torcida."[14] Cquote2.svg
André Loffredo, jornalista
  • 3 meses após a reinauguração, o Voltaço sagrou-se campeão da Segunda Divisão do Campeonato Carioca ao empatar em 1 a 1 com o Boavista, com lotação máxima do estádio e recorde de bilheteria.
  • Em 2004, o Flamengo sediou 16 jogos no Raulino, e o Fluminense 6, todas elas válidas pelo Campeonato Brasileiro[15] .
  • Ainda em 2005, o Fluminense sediou varios de seus jogos válidos pelo Campeonato Brasileiro no Raulino[17] . Além disso, o estádio foi palco dos Clássicos válidos pelo mesmo campeonato[18] [19] [20] .
  • Em 2007, foi palco da primeira partida da final da Copa Rio 2007, (Volta Redonda 3 X 1 Cabofriense).
  • Em 2008, um amistoso entre a Seleção Carioca e a Seleção Olímpica, que jogaria os Jogos de Pequim, ocorreu neste estádio.[21] A Seleção Olímpica venceu por 1 x 0 (gol de Alexandre Pato).[22]
  • Durante o Brasileirão de 2011, tanto o Flamengo quanto o seu rival das Laranjeiras mostraram certa aversão ao Engenhão por causa do gramado, e consequentemente uma preferência pelo Raulino de Oliveira. Porém, o Fluminense desenvolveu uma grande simpatia com esta arena, palco de partidas importantes e geralmente dramáticas. Os tricolores Marquinho e Rafael Sóbis se mostraram muito favoráveis a marcar gols no humilde, porém simbólico estádio da Cidade do Aço. Não se pode se dizer o mesmo do Flamengo, que acabou se acostumando com o estádio do Botafogo.
  • Em 2013, devido a interdição do Engenhão (e como o Maracanã ainda se encontrava em obras para a Copa do Mundo de 2014), o estádio foi escolhido pela FFERJ (Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro) para sediar os clássicos restantes e os jogos das fases finais do Campeonato Carioca de 2013[23] . Segundo Betinho - administrador do Raulino - o estádio não cobrou aluguel para a realização dos jogos do estadual, mas recebeu pelo uso da imagem de divulgação do local. "Lucro e retorno financeiro não tivemos, mas ganhamos com a divulgação na mídia, que beneficia a cidade e o próprio estádio" afirmou ele[24] . De acordo com o jornalista Fábio Seixas, colunista da "Folha de S. Paulo", o estádio estava em totais condições de receber a decisão do torneio.[14] . E assim foi feito: o estádio foi palco das 2 semi-finais ("Botafogo 5 x 0 Resende" e "Fluminense 4 x 1 Volta Redonda")[25] e da decisão da Taça Rio[26] (Botafogo 1 x 0 Fluminense). Como o vencedor deste turno (Botafogo) já havia também vencido o primeiro turno, pela primeira vez em 112 edições do Campeonato Carioca de Futebol, a competição foi decidida fora da cidade do Rio de Janeiro[27] . Além disto, esta foi a primeira grande decisão recebida pelo Estádio[28] . O público pagante da final da Taça Rio de 2013 foi de 12.485 pessoas[29] , e o presente foi de 15.516 torcedores[28] . Luis Roberto, jornalista da Rede Globo e narrador da partida decisiva, começou a transmissão da partida com as seguintes palavras: "O Estádio da Cidadania, dos estádios pequenos, que comportam menos público, com certeza é o melhor do Brasil, o mais bem estruturado, o mais bem organizado."

Abaixo o relatório da partida:

5 de maio de 2013 Botafogo 1 – 0 Fluminense Estádio Raulino de Oliveira, Volta Redonda
16:00
Rafael Marques Gol marcado aos 28 minutos de jogo 28'
Marcelo Mattos Penalizado com cartão amarelo
Gabriel Penalizado com cartão amarelo
Relatório Leandro Euzébio Penalizado com cartão amarelo
Edinho Penalizado com cartão amarelo
Thiago Neves Penalizado com cartão amarelo
Wellington Nem Penalizado com cartão amarelo
Público: 12,485 pagantes (presentes: 15,516 torcedores)
Árbitro: Rio de JaneiroRJ Marcelo de Lima Henrique (FIFA)
Assistente 1: Rio de JaneiroRJ Dibert Pedrosa (FIFA)
Assistente 2:Rio de JaneiroRJ Ediney Mascarenhas (FIFA)
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Botafogo
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Fluminense
Outros Jogos Importantes[editar | editar código-fonte]
Amistosos[editar | editar código-fonte]

Em preparação para a Copa do Mundo FIFA de 2014, a Seleção Italiana recebeu o Fluminense[30] .

8 de junho Itália Flag of Italy.svg 5 – 3 Brasil Fluminense Raulino de Oliveira, Volta Redonda
17:30 (UTC−3)
Insigne Gol marcado aos 23 minutos de jogo 23', Gol marcado aos 54 minutos de jogo 54'
Immobile Gol marcado aos 30 minutos de jogo 30', Gol marcado aos 52 minutos de jogo 52', Gol marcado aos 53 minutos de jogo 53'
Ficha
Relatório
Gol marcado aos 24 minutos de jogo 24' Chiquinho
Gol marcado aos 37 minutos de jogo 37' Carlinhos
Gol marcado aos 63 minutos de jogo 63' Matheus Carvalho
Público: 17.023 presentes (15.780 pagantes)

Renda: R$1.322.050,00
Árbitro: Rio de JaneiroRJ Marcelo de Lima Henrique (FIFA)
Assistente 1: Dilbert Moisés
Assistente 2: Lillian Bruno

Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Itália
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Fluminense

Torneios[editar | editar código-fonte]

Abaixo segue uma lista de torneios que foram disputados no Raulino

Raio-X do Novo Raulino[editar | editar código-fonte]

  • 26 mil metros quadrados (13,6 mil metros quadrados de área construída [70% coberta]);
  • Capacidade para 21 mil torcedores sentados e 1.000 em pé;
  • Trinta câmeras com zoom de alto alcance, monitorando torcedores, dentro e fora do complexo;
  • Iluminação feita por 128 projetores circulares importados, com lâmpadas multivapores metálicas;
  • Painel eletrônico de 6 x 4 metros;
  • Academia de artes marciais;
  • Dois elevadores panorâmicos, com capacidade para 15 pessoas;
  • 5 Vestiários (equipados com salas médicas e Raios X), sendo dois para o jogo preliminar, dois para o principal, e 1 para a equipe de arbitragem;
  • Nove camarotes, 24 banheiros públicos, bares e lanchonetes;
  • Sala para anti-doping;
  • Oito cabines para rádio e três cabines para televisão com Internet de alta velocidade, revestimento acústico e ar-condicionado;
  • Um posto policial dá suporte a estrutura, além de disponibilização de contingente policial para os dias de jogos7.

Fonte:EFDeportes[31]

Localização[editar | editar código-fonte]

  • Rua Panamá, 200, Bairro: Aterrado. Volta Redonda-RJ
  • Localização Google Earth: 22 30 30.01 S 44 05 48.94 W

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

  • A voz ouvida nos autofalantes do estádio é de Maria Etília, que esta no cargo desde 2004 e é a única locutora mulher em jogos do Rio[32] .

Imagens[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Cadastro Nacional de Estádios de Futebol - CBF
  2. rsssfbrasil.com/
  3. a b Voltaço - Nova Sede do Raulino de Oliveira. Página visitada em 6 de fevereiro de 2008.
  4. a b portalvr.com Estádio General Sylvio Raulino de Oliveira o "Estádio da Cidadania" Acessado em 19/03/2012.
  5. a b campeoesdofutebol.com.br/ Torneio Cidade do Aço de 1988
  6. bolanaarea.com/
  7. Fontes:Ig.com.br/, "Correio da Manhã" e "O Jornal"
  8. a b avozdacidade.com/ "A Federação mantém os jogos no Estádio da Cidadania", afirma presidente da Ferj
  9. www.templosdofutebol.com Templos do futebol - Raulino de Oliveira: O Estádio da Cidadania. Acessado em 19/03/2012.
  10. a b smdet.com.br Estádio da Cidadania tem média de publico de fazer inveja. Acessado em 19/03/2012.
  11. meusport.com Ranking dos Estádios Lance Acessado em 19/03/2012.
  12. diariodovale.uol.com.br/ Aprovação da FIFA rende R$ 800 mil a Volta Redonda
  13. Fonte:"O Dia"
  14. a b sportv.globo.com/ Estádio de Volta Redonda é aprovado por comentaristas após clássico
  15. portalvr.com/
  16. a b voltaredonda.rj.gov.br Confirmada Copa Finta no município Acessado em 19/03/2012.
  17. bolanaarea.com/
  18. futpedia.globo.com O Flamengo venceu o duelo contra o Botafogo com placar de 3 a 1, no Raulino de Oliveira, na Fase única do Campeonato Brasileiro 2005.
  19. futpedia.globo.com/ Fluminense e Flamengo empataram pelo placar de 2 a 2, no Raulino de Oliveira, na Fase única do Campeonato Brasileiro 2005.
  20. futpedia.globo.com/ A equipe do Fluminense venceu o Vasco (3 a 2), no Raulino de Oliveira, valendo pela Fase única do Campeonato Brasileiro 2005.
  21. globoesporte.globo.com Seleção olímpica é recebida com festa em Volta Redonda, e Dunga até dá autógrafos Acessado em 19/03/2012.
  22. reporterdiario.com.br Seleção olímpica e Dunga são vaiados em amistoso no interior do Rio de Janeiro Acessado em 19/03/2012.
  23. Lancenet - Raulino: Tipo Caseiro!. Página visitada em 6 de fevereiro de 2008.
  24. diariodovale.uol.com.br/ Jogos em VR trazem visibilidade
  25. globoesporte.globo.com/ Reunião define detalhes para jogos da semifinal no Raulino de Oliveira
  26. placar.abril.com.br/ Final da Taça Rio é confirmada para Volta Redonda
  27. esporte.uol.com.br/ Botafogo vence 1º Estadual decidido fora do Rio em 112 anos de história
  28. a b lancenet.com.br/ Título inédito, dia histórico e confuso: um domingo atípico em Volta Redonda
  29. diarioweb.com.br/ Botafogo leva Taça Rio e é campeão carioca antecipado
  30. Globoesporte.com (06/05/2014). Ferj confirma Volta Redonda como palco de amistoso entre Flu e Itália. 9:20. Página visitada em 25/05/2014.
  31. efdeportes.com Raio-X do Novo Raulino
  32. oglobo.globo.com/ Vasco e Botafogo se enfrentam numa verdadeira festa no interior

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre esporte/desporto é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ícone de esboço Este artigo sobre estádios de futebol do Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.