Estrela com linhas metálicas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

As estrelas com linhas metálicas, também denominadas estrelas Am, são estrelas cujo espectro apresenta linhas de absorção fortes e muitas vezes variáveis de alguns metais (de onde provém m), como zinco, estrôncio, cobre, zircónio e bário, e deficiências de outros, como cálcio e/ou escândio. Estes conteúdos anómalos devem-se a que alguns elementos que absorvem melhor a luz são empurrados até à superfície, enquanto que outros se afundam devido à força da gravidade. Este efeito tem lugar somente se a velocidade de rotação é baixa.

Normalmente, as estrelas do tipo A giram depressa, mas a maior parte das estrelas Am formam parte de um sistema binário onde a rotação das duas estrelas diminuiu devido à força de maré.

A estrela com linhas metálicas mais conhecida é Sírio (α Canis Majoris). Na seguinte tabela estão algumas estrelas deste tipo, ordenadas segundo a sua magnitude aparente.

Nome Designação de Bayer
ou outra denominação
Magnitude aparente
Sirius α Canis Majoris -1,47
Cástor B α Geminorum B +2,91
Mizar B ζ Ursae Majoris B +3,95
Alfa Volantis α Volantis +4,00
Acubens A* α Cancri A +4,25
Alkurhah A ξ Cephei A +4,26
Mu Orionis Aa μ Orionis Aa +4,31
Theta1 Crucis θ¹ Crucis +4,33
Ípsilon Ophiuchi υ Ophiuchi +4,63
Beta Horologii β Horologii +4,96
Alrisha B α Piscium B +5,23
Tau3 Gruis τ3 Gruis +5,72
24 Ursae Minoris HD 166926 +5,77
WW Aurigae* HD 46052 +5,82

* WW Aurigae e Acubens A são estrelas binárias onde as duas componentes são estrelas Am

Referências[editar | editar código-fonte]