Fat Family

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Fat Family
Informação geral
Origem Sorocaba
País  Brasil
Gênero(s) Soul, R&B, Gospel
Período em atividade 1996-atualmente
Gravadora(s) EMI Music, Sum Records e Square Records
Página oficial http://www.fatfamily.com.br
Integrantes Suely, Celinho, Simone, Suzetti, Kátia e Deise
Ex-integrantes Sidney (falecido) e Celinha

Fat Family é um conjunto musical brasileiro, original da cidade de Sorocaba, formado inicialmente pelos irmãos Sidney, Celinho, Celinha, Simone, Suzetti, Kátia e Deise Cipriano. Suely (ex-enfermeira padrão) entrou no grupo a partir do segundo álbum da banda no ano de 1999.[1]

História[editar | editar código-fonte]

O grupo Fat Family atraiu a atenção do Brasil no final da década de 90, em 1998. Em programas de televisão os irmãos de peso integrantes do grupo (fato que dá nome a banda), começaram a se apresentar inspirados em grupos vocais norte-americanos. O grupo também ficou conhecido pela sua coreografia do pescoço, que todos os fãs tentavam imitar, mas o julgavam difícil. Além do integrante Celinho ensinar para o público como se fazia o pescoço em vários programas.

O primeiro sucesso do grupo foi "Jeito Sexy" (versão de "Shy Guy" de Diana King)[1] , canção do primeiro álbum, Fat Family, lançado em 1998, álbum este, que sozinho, vendeu cerca de 1,8 milhão de cópias.[2]

A conversão[editar | editar código-fonte]

O Fat Family se converteu em 2003, na sua própria casa, por intermédio de Deise, a irmã caçula. Por onde o Fat Family passa, em igrejas de todo o Brasil, Deise conta como foi a conversão de sua família. Sendo ela a primeira. Ela conta que foi em um culto na casa do lutador de vale-tudo, Vitor Belfort, amigo da família. Lá ela se converteu e logo depois veio um por um de sua família para os caminhos de Deus.

Mudança radical[editar | editar código-fonte]

Ainda em 2005, no dia 01 de fevereiro, os integrantes Celinho, Suzetti e Kátia se submeteram a cirurgia de redução do estômago. Eles eliminaram juntos 177 kg.

Partindo para carreira solo no gênero gospel, deixaram o grupo em 2006: Sidney Cipriano, que adotou o nome artístico de Sidney Sinay[3] e Celinha.

Em 2007, a integrante Simone, também se submeteu a cirurgia feita pelos irmãos Sônia (empresária do grupo e irmã, que fez a cirurgia em 2004), Celinho, Suzetti e Kátia.

Morte de Sidney Cipriano[editar | editar código-fonte]

Em 1 de fevereiro de 2011, Sidney Cipriano veio a falecer, às 20h20, aos 46 anos de idade. Sidney estava internado desde o dia 7 de janeiro no Hospital Regional de Sorocaba (SP), vítima de um Acidente Vascular Cerebral. A causa da morte foi uma parada cardíaca[4] .

Nova fase do Fat Family[editar | editar código-fonte]

Em 2012, o grupo agora reduzido entre os irmãos Suely, Celinho, Simone, Suzetti, Kátia e Deise, assinaram com a gravadora da Igreja do Evangelho Quadrangular: Square Records. Gravaram um clipe com a cantora gospel Mara Maravilha. Os fãs ainda aguardam o CD que está sendo trabalhado.

A Família[editar | editar código-fonte]

A família Cipriano é formada por Célio Cipriano e Nelita Cipriano e pelos 9 irmãos: Sidney, Suely, Sônia, Celinho, Celinha, Simone, Suzetti, Kátia e Deise.

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbuns de estúdio[editar | editar código-fonte]

Lista de álbuns, com vendas e certificações
Álbum Detalhes Vendas Certificações
Fat Family
  • Brasil: 1.800.000[5]
Fat Festa
  • Lançamento: 20 de setembro de 1999
  • Formatos: CD, download digital
  • Gravadora: EMI
Pra Onde For, Me Leve
  • Lançamento: 18 de setembro de 2002
  • Formatos: CD, download digital
  • Gravadora: EMI
Fat Family
  • Lançamento: 30 de outubro de 2003
  • Formatos: CD, download digital
  • Gravadora: EMI

Coletâneas[editar | editar código-fonte]

Lista de álbuns, com vendas e certificações
Álbum Detalhes
Para Sempre
  • Lançamento: 2001
  • Formatos: CD, download digital
  • Gravadora: EMI
Identidade
  • Lançamento: 2002
  • Formatos: CD, download digital
  • Gravadora: EMI
Retratos
  • Lançamento: 28 de dezembro de 2004
  • Formatos: CD, download digital
  • Gravadora: EMI

Singles[editar | editar código-fonte]

Lista de singles
Título Ano Álbum
"Jeito Sexy" 1998 Fat Family
"Onde Foi Que Eu Errei"
"Gulosa" 1999
"Eu Não Vou" Fat Festa
"Madrugada" 2000
"Fat Family (We Are Family)"
"Oh, Happy Day"
"Fim de Tarde" 2002 Pra Onde For, Me Leve
"Pra Onde For, Me Leve" 2003
"Lilás" Fat Family

Turnês[editar | editar código-fonte]

  • Fat Tour (1997-1999)
  • Turnê Fat Festa (1999-2001)
  • Por Onde For a Turnê (2001-2003)
  • The Fat Family Tour: II You (2003-2005)

Integrantes[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Fat Family CliqueMusic
  2. http://minilua.com/artistas-que-marcaram-epoca-fat-family-4/
  3. Morre Sidney Sinay, ex-vocalista do grupo Fat Family R7.
  4. Morre Sidney Cipriano, ex-vocalista da banda Fat Family Folha de São Paulo (02/02/2011).
  5. NATAL SOLIDÁRIO COM O GRUPO FAT FAMILY Unicamp (26/11/2009). Visitado em 12 de Julho de 2014.
  6. a b ABPD - Fat Family Associação Brasileira dos Produtores de Discos (ABPD) (26/11/2009). Visitado em 12 de Julho de 2014.
  7. FAT FAMILY / FAT FESTA ( 1999) Palco Principal (26/11/2009). Visitado em 12 de Julho de 2014.
  8. Mulheres no Rock** Movimento dos 'sem gravadora' Yahoo! (26/11/2009). Visitado em 12 de Julho de 2014.
Flag of Brazil.svgGuitarra masc.png Este artigo sobre uma banda ou grupo musical do Brasil, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.