Feitoria Inglesa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
A Feitoria Inglesa na zona histórica do Porto.

A Feitoria Inglesa é um edifício localizado Rua do Infante Dom Henrique na cidade do Porto, em Portugal.

Este edifício é um excelente testemunho da aliança luso-britânica e do peso da comunidade britânica na cidade, grandemente empenhada no comércio do Vinho do Porto.

A mais antiga feitoria inglesa no Norte de país, datada do século XVI, localizava-se em Viana do Castelo. O primeiro regulamento da Factory House of Oporto surgiu em 1727.

Construída entre 1785 e 1790, de acordo com um projecto do cônsul inglês John Whitehead, a Feitoria Inglesa é inspirada no estilo palladiano, sendo a única Factory House que sobreviveu até à actualidade das diversas que existiam em todo o mundo.

A fachada principal apresenta um aspecto classicizante, distribuindo-se em quatro registos. O rés-do-chão é formado por sete arcos que dão acesso a uma galeria exterior e à entrada do edifício. O andar principal é formado por altas aberturas, com varandas e frontões. A frontaria remata com uma platibanda, decorada por balaústres e festões.

No interior são de salientar a formosa escadaria, com a respectiva clarabóia, a sala de baile e a monumental cozinha. Situada no último andar, esta cozinha ainda conserva todo o equipamento original e a baixela primitiva. A Feitoria Inglesa dispõe, ainda, de uma vasta biblioteca e um espólio notável, com mobiliário Chippendale, porcelanas e faianças de qualidade.

Outros símbolos da presença britânica na cidade do Porto são o Oporto Cricket and Lawn Tennis Club, fundado em 1855, e a Oporto British School que, fundada em 1894, é a mais antiga escola de estilo britânico no continente europeu.

Ícone de esboço Este artigo sobre Património, integrado no Projecto Grande Porto é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.