Ford GT90

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Searchtool.svg
Esta página ou secção foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa (desde fevereiro de 2008). Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo. Considere utilizar {{revisão-sobre}} para associar este artigo com um WikiProjeto e colocar uma explicação mais detalhada na discussão.
Ford GT90
Ford GT90 Front.jpg
Visão Geral
Produção 1995 (Carro conceito) Apenas uma unidade produzida
Fabricante Ford
Modelo
Classe Super esportivo
Carroceria Coupé
Ficha técnica
Motor 6.0 V12 Quadri-Turbo 48 válvulas, 4 turbos
Potência 720 cv a 6600 rpm
Torque 91,2 kgfm a 4750 rpm (0-100 km/h em 3,3s)
Transmissão Manual de 5 marchas
Modelos relacionados Lamborghini Diablo, Ferrari F50
Dimensões
Comprimento 4470 mm
Entre-eixos 2946 mm
Largura 1963 mm
Altura 1140 mm
Peso 1453 kg
Velocidade Máx. 380 km/h
Cronologia
Último
Último
Ford GT40
Ford GT
Próximo
Próximo


Apresentado no salão de Detroit em 1995, o Ford GT90 nasceu com o propósito de superar os recordes dos carros super esportivos que até então ditavam os limites: Lamborghini Diablo e Ferrari F50. Já seguindo as linhas do estilo New Edge, o GT90 espantou não somente pelas formas e números de desempenho de sua época, mas também pela engenharia e eletrônica aplicadas no super carro.

Com um chassis de alumínio em forma de colmeia e carroceria de fibra de carbono, o GT90 recebeu um propulsor em formato de "V", com 12 cilindros, 6 litros e quatro turbinas, que geram 730 cavalos de potência (720hp) a 6600 rpm e um enorme torque de 91,2 kgfm disponíveis a 4750 rpm. Com esses números, o GT90 precisa de apenas 3,1 s para atingir 100 km/h e chega a uma velocidade final de 378 km/h, sendo esses, dados fornecidos pelo fabricante.

Na época, a Ford tinha intenção de produzir uma série limitada a 100 unidades do GT90, mas por razões não oficialmente divulgadas, produziu apenas uma, que se encontra na Divisão de Veículos Especiais da marca.

O GT90 pode ser pilotado em jogos eletrônicos e simuladores de direção, como Need for Speed II, Gran Turismo 2, Sega GT 2002, Project Gotham Racing 3, Ford Racing 2, Ford Racing 3, entre outros.