Golfo de Tonkin

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Visão do golfo por satélite.

Golfo de Tonkin ou Golfo de Tonquim (vietnamita: Vịnh Bắc Bộ , chinês: Beibu Wan ) é um braço do Mar da China Meridional, com 500 km de comprimento por 250 km de largura.[1] Cobrindo uma área de 126,250 km², o golfo limita o Vietnã a noroeste, oeste e sudoeste. A China continental fica ao norte enquanto a Ilha de Hainan forma os limites orientais do golfo. O golfo é notavelmente raso (menos de 70 metros de profundidade). Haiphong, no Vietnã e Beihai, na China, são os portos principais.[2] Numerosas pequenas ilhas ficam situadas no golfo, estando concentradas principalmente no lado noroeste. As maiores ilhas são as de Bach Long Vi e Gata Ba, do Vietnã e Weizhou, da China.

O nome Tonquim, (東京 em caracteres chineses, e Ðông Kinh em vietnamita), significa 'capital oriental', e é o antigo topônimo para Hanói, a capital de Vietnã. Incidentemente, os mesmos caracteres chineses são usados para escrever Tóquio, capital do Japão.

Incidente do Golfo de Tonquim[editar | editar código-fonte]

Em agosto de 1964, o então Presidente dos Estados Unidos, Lyndon Johnson, fez uma reivindicação de que forças norte-vietnamitas tinham atacado destróieres americanos duas vezes ao largo do golfo. Embora tenha havido um primeiro ataque, alegadamente em resposta a uma provocação feita por um comando do Vietnam do Sul na costa, que havia sido equipado e orquestrado pelos Estados Unidos, ficou provado depois que a reivindicações de um segundo ataque eram infundadas. Conhecido hoje como Incidente do Golfo de Tonquim, foi o fato que conduziu ao envolvimento aberto dos Estados Unidos na Guerra do Vietnã, a partir da Resolução do Golfo de Tonquim.[2]

Referências

  1. Tonkin, Gulf of Merriam-Webster. Visitado em 27/05/2013.
  2. a b Gulf of Tonkin Britannica. Visitado em 27/05/2013.