Maximiano Eduardo da Silva Fonseca

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Maximiano Eduardo da Silva Fonseca (Rio de Janeiro, 6 de novembro de 1919 — Rio de Janeiro, 3 de abril de 1998) foi um militar da Marinha do Brasil.

Atingiu o posto de almirante-de-esquadra. É o patrono do Corpo Auxiliar Feminino da Reserva da Marinha, criado por ele.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Aspirante da turma de 1937 na Escola Naval, ainda nas instalações da ilha das Enxadas, formou-se como guarda-marinha em 1941, já nas instalações da ilha de Villegagnon.

Foi promovido a segundo-tenente em 16 de outubro de 1942, a primeiro-tenente em 30 de junho de 1944 e a capitão-tenente em 9 de maio de 1946. Fez o curso de Hidrografia e Navegação para Oficiais no ano de 1949. Por merecimento obteve as promoções a capitão-de-corveta (15 de março de 1953), capitão-de-fragata (11 de julho de 1958) e a capitão-de-mar-e-guerra (18 de agosto de 1965). Posteriormente ascendeu a contra-almirante (31 de dezembro de 1969), vice-almirante (31 de março de 1974) e a almirante-de-esquadra (25 de novembro de 1976).

Na Escola de Guerra Naval fez os cursos de:

  • 1956 - Preliminar de Comando
  • 1959 - Comando
  • 1962 - Superior de Comando.

Entre as suas realizações destacam-se:

Após ser transferido para a Reserva da Marinha, exerceu o cargo de diretor da Petrobras, de 30 de abril de 1985 a 10 de junho de 1991.

Em sua homenagem, em junho de 1998, o terminal da Ilha Grande da Petrobras teve o seu nome alterado para Terminal Marítimo Almirante Maximiano da Fonseca.

Foi Ministro da Marinha no governo João Figueiredo, de 15 de março de 1979 a 21 de março de 1984. Nesse período, a Marinha adquiriu 40 dos 272 apartamentos do hotel St. Paul, construído pelo seu genro Paulo Octávio e Sérgio Naya.[1]

Publicações[editar | editar código-fonte]

  • Plano de recuperação e Ampliação da Sinalização Náutica
  • O problema do pessoal para Sinalização Náutica - sua solução
  • Plano para o estabelecimento de Serviços Regionais de Hidrografia do Norte e Nordeste
  • O que segura este país. Editora Civilização Brasileira.

Notas


Precedido por
Geraldo Azevedo Henning
Ministro da Marinha do Brasil
19791984
Sucedido por
Alfredo Karam



Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.