Mumuzinho

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

{{Info/Música/artista |nome = Mumuzinho |Nome Completo = Márcio da Costa Batista |imagem = 01 mumuzinho sambabsb2308.jpg |imagem_tamanho = 250px |legenda = Mumuzinho se apresenta em Brasília, 2014. |fundo = cantor_solo |origem = [[Rio de Janeiro (cidade ) bairro : realengo |país =  Brasil |nascimento = 14 de Dezembro de 1983 (31 anos) |falecimento = |apelido = Mumuzinho |atividade = |instrumento = |modelos = |gênero = Pagode, samba |gravadora = Universal Music |afiliações = |website = mumuzinhooficial.com.br }}

Mumuzinho, nome artístico de Márcio da Costa Batista (Rio de Janeiro, 14 de Dezembro de 1983) é um ator e cantor brasileiro de pagode.[1] Formou-se em artes cênicas pelo Grupo Teatral Nós do Morro.

Carreira artística[editar | editar código-fonte]

Atuou em diversos filmes nacionais, dentre os quais "Xuxa Popstar" (2000), "Cidade de Deus" (2002), "Cidade dos Homens" (2007) e "Tropa de Elite" (2007). A partir de 2007 fez diversos shows de abertura das apresentações de artistas como Belo e Exaltasamba. Em 2008 foi chamado por Dudu Nobre para ser um dos vocalistas de apoio. Frequentava pagodes na casa de Alcione, Regina Casé e do empresário José Maurício Machline.

Em 2011 lançou pela internet o CD Transpirando amor, que contou com a faixa "Curto-circuito". A convite de Zeca Pagodinho, participou da gravação do DVD Quintal do Pagodinho, no qual interpretou a música "A voz do meu samba", parceria sua com André Renato.

Foi contratado pela Rede Globo de televisão como integrante do programa Esquenta da apresentadora Regina Casé.

Em 2012 começou a gravar a minissérie Preamar do canal HBO. Nesse mesmo ano lançou, pelo selo Universal Music, o CD Dom de Sonhar', produzido por Bruno Cardoso, Sérgio Jr. e Lelê, integrantes do grupo Sorriso Maroto. O disco inclui algumas das músicas lançadas no CD Transpirando amor, como "Curto-circuito" (Claudemir e Felipe Silva), "Te amo" (Carlos Caetano e Adriano Ribeiro), "Mande um sinal"(André Renato e Felipe Silva), "Se eu tivesse o poder" (André Renato e Leandro Fabi) e "Calma" (Felipe Silva e Claudemir); regravações como a de "Minha Rainha" (Rita Ribeiro e Lourenço Cavalcante Neto), e a inédita "Dom de sonhar" (Péricles).[2]

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbuns de estúdio[editar | editar código-fonte]

Álbuns ao vivo[editar | editar código-fonte]

Trabalhos como ator[editar | editar código-fonte]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre um cantor é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.