My World 2.0

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
My World 2.0
Álbum de estúdio de Justin Bieber
Lançamento 23 de março de 2010
(ver histórico de lançamento)
Gravação 2009-2010
Gênero(s) Pop, R&B, dance-pop, teen pop
Duração 37:37
Idioma(s) inglês
Gravadora(s) Island, RBMG
Produção Usher Raymond IV (exec.), Scooter Braun (exec.), Antonio "L.A." Reid (exec.), Tricky Stewart, The-Dream, Dapo Torimiro, Midi Mafia, Benny Blanco, The Messengers, Bryan-Michael Cox, The Stereotypes
Certificação Diamond2.png Diamante
Cronologia de Justin Bieber
Último
Último
My World
(2009)
Under the Mistletoe
(2011)
Próximo
Próximo
Versão alternativa, lançada em alguns países
Singles de My World 2.0
  1. "Baby"
    Lançamento: 18 de janeiro de 2010
  2. "Never Let You Go"
    Lançamento: 2 de março de 2010 (digital)
  3. "Eenie Meenie"
    Lançamento: 23 de março de 2010
  4. "Somebody to Love"
    Lançamento: 20 de abril de 2010
  5. "U Smile"
    Lançamento: 26 de agosto de 2010

My World 2.0 é a segunda e última parte do álbum de estúdio de estreia do cantor canadense Justin Bieber, e seu primeiro lançamento completo.[1] O álbum é o sucessor da primeira metade, que foi lançada em 17 de novembro de 2009.[2] My World 2.0 foi lançado em 23 de março de 2010.[3] Justin pretende realizar uma turnê para divulgar as duas partes do álbum.[4]

O álbum estreou na primeira posição da Billboard 200, vendendo 283 mil cópias em sua primeira semana.[5] Justin tornou-se o artista mais novo a alcançar essa posição na parada desde Stevie Wonder, com doze anos, em 1963.[6] Além disso, pelo fato de sua primeira parte, My World, estar na quinta posição da parada na mesma semana, foi o primeiro artista a ter dois álbuns ao mesmo tempo no top 5 desde Nelly, em 2004.[5] Foi certificado Disco de Ouro no Brasil, pela ABPD, após cerca de duas semanas de lançamento, pela venda de 20 mil cópias de sua versão My Worlds.[7] Quarenta dias após o lançamento, havia alcançado 40 mil cópias vendidas, sendo certificado Disco de Platina.[8] [9] E por fim chegando ao Disco de Diamante em outubro de 2010 com mais de 160 mil cópias vendidas.[8] Mundialmente, o disco já vendeu quase 8 milhões de cópias.

O álbum foi precedido por seu primeiro single, "Baby", que conta com a participação de Ludacris, que foi lançado em 18 de janeiro de 2010, e dois singles digitais: "Never Let You Go" em 2 de março de 2010 e "U Smile" em 16 de março de 2010 - mais tarde liberado como terceiro single oficial. "Somebody to Love" foi lançado em 20 de abril de 2010 como o segundo single que não é apenas digital.[10]

Precedentes e estilo musical[editar | editar código-fonte]

Em uma entrevista para a Billboard durante o 2009 Z100 Jingle Ball, Justin explicou que resolveu lançar seu primeiro álbum em duas partes, My World e My World 2.0. Bieber disse que as pessoas não queriam esperar "cerca de um ano e meio" por música nova, e foi decidido que seria melhor liberar em partes.[11]

O álbum foi descrito como mais irascível e maduro que seu antecessor.[12] Justin afirmou que "queria fazer algo que fosse um pouco mais R&B e que pudesse ser levado para todo mundo. Eu apenas queria ser capaz de testar minhas habilidades vocais".[12]

Faixas[editar | editar código-fonte]

A lista de faixas oficial foi confirmada na página oficial de Justin Bieber em 26 de fevereiro de 2010.[13]

N.º Título Compositor(es) Produtor(s) Duração
1. "Baby" (com Ludacris) Justin Bieber, The-Dream, Tricky Stewart, Christina Milian T. Nash, C. Stewart, C. Milian 3:36
2. "Somebody to Love"   Justin Bieber, Jonathan Yip, Jeremy Reeves, Ray Romulus & Heather Bright The Stereotypes 3:42
3. "Stuck In the Moment"   Justin Bieber, Jonathan Yip, Jeremy Reeves, Ray Romulus & Dan Rigo The Stereotypes 3:43
4. "U Smile"   Justin Bieber, Jerry Duplessis, Arden Altino, Dan Rigo J. Duplessis, A. Altino 3:17
5. "Runaway Love"   Justin Bieber, Melvin Hough II, Rivelino Wouter, Timothy Thomas & Theron Thomas Melvin Hough II 3:33
6. "Never Let You Go"   Justin Bieber, Johnta Austin, Bryan-Michael Cox B. Cox 4:26
7. "Overboard" (com Jessica Jarrell) Justin Bieber, Midi Mafia, Dapo Torimiro, Taurian Shropshire Midi Mafia, D. Torimiro 4:11
8. "Eenie Meenie" (com Sean Kingston) Carlos Battey, Steven Battey Benny Blanco 3:23
9. "Up"   Justin Bieber, Nasri Atweh & Adam Messinger The Messengers 3:55
10. "That Should Be Me"   Justin Bieber, Nasri Atweh, Adam Messinger & Luke Boyd The Messengers 3:53
Faixas bônus
N.º Título Duração
11. "Kiss & Tell" (no iTunes) 3:29
12. "Where Are You Now" (no Walmart) 2:10

Recepção da crítica[editar | editar código-fonte]

Críticas profissionais
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
About.com 4 de 5 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar full.svgStar empty.svg[14]
Allmusic 4 de 5 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar full.svgStar empty.svg[15]
Boston Herald B+[16]
Entertainment Weekly B[17]
National Post Positiva[18]
The New York Times Mista[19]
Rolling Stone 3 de 5 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar empty.svgStar empty.svg[20]
Washington Post Mista[21]

A recepção da crítica para o álbum foi geralmente positiva.[22] O Metacritic, que atribui uma avaliação normalizada em 100 a partir de comentários críticos, calculou uma pontuação de 68, através de cinco opiniões recolhidas.[22] No About.com, Bill Lamb afirmou que "Justin Bieber está significativamente mais definido como um artista aqui [do que em My World]" e que ele "parece um cantor genuinamente talentoso".[14] Andy Kellman, do Allmusic, descreveu o álbum como sendo "cheio de canções otimistas de R&B condimentado com pop" e disse que suas baladas "poderiam ser chamadas de adulto contemporâneo se o cantor tivesse a idade".[15] Lauren Carter escreveu no Boston Herald que "a criatividade de Bieber, a surpreendentemente sofisticada aceitação do paraíso e o coração partido é genuinamente cativante, mesmo se você for velho o suficiente para ter licença para dirigir.[16] No Entertainment Weekly, Leah Greenblatt discordou, dizendo que o álbum "provavelmente não irá comover qualquer adulto", mas elogiou o "R&B orgulhoso", que a lembrou "do início de Justin Timberlake e Usher". Ela concluiu a crítica dando uma nota "B" e comentando que "há talento real, parece, sob todo aquele cabelo".[17]

Ben Kaplan escreveu no National Post que é "difícil imaginar qualquer uma [das faixas do álbum] não se tornando um hit". Ele comparou "Somebody to Love" com uma "canção antiga do Timbaland" e elogiou "Stuck in the Moment" como sendo "sonoramente o melhor momento de Bieber desde [...] 'Wavin' Flag'".[18] No The New York Times, Jon Caramanica escreveu que "os erros de Bieber são facilmente abafados por sua produção - mais tecnologia - que, embora menos ambiciosa aqui do que em seu EP de estréia, ainda é brutalmente efetiva".[19] Em sua crítica para a Rolling Stone, Jody Rosen escreveu que "Bieber fez um álbum de passatempo-livre. Até as baladas [...] são inteiramente concretizadas", porém afirmou que "o talento de Bieber não está totalmente formado. Ele canta com balanço e destreza harmônica, mas sua voz é nasal e carece de peso".[20] Chris Richards recomendou, no Washington Post, as faixas "Runaway Love" e "That Should Be Me". Richards criticou o fato de três das dez faixas do álbum terem participações que, segundo ele, "vão de desnecessárias a irritantes".[21]

Paradas musicais[editar | editar código-fonte]

Em 27 de março de 2010, o álbum estreou na quarta posição da parada musical de álbuns oficial da Holanda, fornecida pela MegaCharts.[23] No dia 31 de março do mesmo ano, a Billboard divulgou que o álbum havia vendido 283 mil cópias em sua primeira semana nos Estados Unidos, debutando na primeira posição da Billboard 200.[5] O álbum também alcançou o topo no Canadá.[6] No Brasil, o álbum está na primeira posição há mais de oito semanas, na parada da ABPD.[24]

Notas
  • A^ Países nos quais My Worlds foi lançado.
  • B^ Países nos quais My Worlds foi lançado, e suas vendas e posições foram combinadas com My World.

Gráficos de precessão e sucessão[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Iluminar por Fábio de Melo
Álbuns número um no Brasil Brasil CD - TOP 20 Semanal ABPD
19 de abril – 26 de abril de 2010 (Duas Semanas Consecutivas)
Sucedido por
Iluminar por Fábio de Melo
Precedido por
Iluminar por Fábio de Melo
Álbuns número um no Brasil Brasil CD - TOP 20 Semanal ABPD
10 de maio – 5 de julho de 2010 (Nove Semanas Consecutivas)
Sucedido por
Pra Sempre Ao Vivo por Roberto Carlos
Precedido por
Pra Sempre Ao Vivo por Roberto Carlos
Álbuns número um no Brasil Brasil CD - TOP 20 Semanal ABPD
19 de julho de 2010
Sucedido por
Luan Santana - Ao Vivo por Luan Santana
Precedido por
Luan Santana - Ao Vivo por Luan Santana
Álbuns número um no Brasil Brasil CD - TOP 20 Semanal ABPD
2 de agosto – 8 de novembro de 2010 (Quinze Semanas Consecutivas)
Sucedido por
Exaltasamba – 25 Anos Ao Vivo por Exaltasamba

Histórico de lançamento[editar | editar código-fonte]

País Data Gravadora Formato Edição
Polônia 19 de março de 2010[43] Universal Music CD, download digital Padrão, My Worlds
Alemanha
França 22 de março de 2010[44] My Worlds
Reino Unido 22 de março de 2010[45] Mercury Records
Canadá 23 de março de 2010 Universal Music Padrão
Estados Unidos Island Records
Brasil Universal Music My Worlds
  • My Worlds é um relançamento de My World com as dez faixas de My World 2.0 adicionadas.

Notas e referências

  1. Justin Bieber reigns supreme! (em inglês) Def Jam. Página visitada em 3-02-2010.
  2. Justin Bieber: Just want to clear up the rumors... (em inglês) Twitter. Página visitada em 3-02-2010.
  3. Anderson, Kyle (5-03-2010). Justin Bieber To Sell My World 2.0 On QVC, Joins Cable Sales Vets Elton John And Dr. Dre (em inglês) MTV. Página visitada em 19-03-2010.
  4. A Pop Star At 15 (em inglês) Entertainment Weekly (30-10-2009). Página visitada em 19-03-2010.
  5. a b c d Caulfield, Keith (31-03-2010). Justin Bieber Tops Billboard 200 With 'My World 2.0' (em inglês) Billboard. Página visitada em 31-03-2010.
  6. a b c Ídolo teen Justin Bieber lidera paradas nos Estados Unidos e no Canadá (em português) G1. Globo.com (31-03-2010). Página visitada em 1-04-2010.
  7. Fenômeno teen, Justin Bieber conquista disco de ouro no Brasil (em português) Terra (9-04-2010). Página visitada em 10-04-2010.
  8. a b c Justin Bieber ABPD (2010). Página visitada em 12-05-2010.
  9. Justin Bieber é dono do Brasil: Cantor vende 40 mil cópias em 40 dias (em português) Popline. MTV (4-05-2010). Página visitada em 4-05-2010.
  10. Avaliable for Airplay (em inglês) FMQB (WebCite). Página visitada em 9-04-2010. Cópia arquivada em 09-04-2010.
  11. Letkemann, Jessica (30-12-2009). Video: 2009 Chart Stars Talk 2010 Plans (em português) Billboard. Página visitada em 20-03-2010.
  12. a b Guerra, Joey (18-03-2010). Justin Bieber talks Rodeo, Beyoncé, Chuck Norris (em inglês). Página visitada em 20-03-2010.
  13. My World 2.0 Official Tracklisting (em inglês) Justinbiebermusic.com (26-02-2010). Página visitada em 26-02-2010.
  14. a b Lamb, Bill. Justin Bieber - My World 2.0 (em inglês) About.com. Página visitada em 27-03-2010.
  15. a b Kellman, Andy. My World 2.0 (em inglês) Allmusic. Página visitada em 23-03-2010.
  16. a b Carter, Lauren (22-03-2010). JUSTIN BIEBER (em inglês) Boston Herald. Página visitada em 23-03-2010.
  17. a b Greenblatt, Leah (10-03-2010). My World 2.0 (2010) (em inglês) Entertainment Weekly. Página visitada em 23-03-2010.
  18. a b Kaplan, Ben (23-03-2010). His tricks are for tweens (em inglês) National Post. Página visitada em 23-03-2010.
  19. a b Caramanica, Jon (21-03-2010). New CDs (em inglês) The New York Times. Página visitada em 23-03-2010.
  20. a b Rosen, Jody (22-10-2010). My World 2.0 (em inglês) Rolling Stone. Página visitada em 23-03-2010.
  21. a b Richards, Chris (23-03-2010). Album review: Justin Bieber's 'My World 2.0' (em inglês) Washington Post. Página visitada em 23-03-2010.
  22. a b My World 2.0 (em inglês) Metacritic. Página visitada em 23-03-2010.
  23. a b JUSTIN BIEBER - MY WORLD 2.0 (ALBUM) (em inglês) Dutchcharts.nl. Página visitada em 28-03-2010.
  24. Top 10 Brasil: Com mais de 170 mil cópias vendidas, "My Worlds", de Justin Bieber, segue no topo (em inglês) Popline. Página visitada em 27-09-2010.
  25. a b c d e f Sexton, Paul (9-04-2010).

    Você deve especificar url = ao usar a
    Predefinição:Citar web. Parâmetros disponíveis:

    {{citar web
    |url =             |ano =
    |titulo =          |mes =
    |acessodata =      |formato =
    |acessodiames =    |obra =
    |acessomesdia =    |publicado =
    |acessoano =       |paginas =
    |autor =           |lingua =
    |ultimo =          |doi =
    |primeiro =        |arquivourl =
    |autorlink =       |arquivodata =
    |coautores =       |citacao =
    |data =
    }}
    
    (em inglês) Billboard. Página visitada em 10-04-2010.
  26. a b c d e Justin Bieber - My World (album) (em inglês) HitParade.ch. Página visitada em 10-04-2010.
  27. a b Justin Bieber - My World 2.0 (album) (em inglês) HitParade.ch. Página visitada em 10-04-2010.
  28. Top 10 Brasil: Justin Bieber, Madonna e Lady GaGa lideram a parada oficial dos discos mais vendidos ABPD. Popline (7-05-2010). Página visitada em 8-05-2010.
  29. a b c d Justin Bieber - My Worlds (album) (em inglês) HitParade.ch. Página visitada em 10-04-2010.
  30. TOP 75 ARTIST ALBUM, WEEK ENDING 1 April 2010 (em inglês) Irish Albums Chart. GFK Chart-Track. Página visitada em 10-04-2010.
  31. Classifica settimanale dal 29/03/2010 al 04/04/2010 (em italiano) FIMI. Página visitada em 10-04-2010.
  32. Poland Albums Top 50 - Issue Date: Monday April 5, 2010 (em inglês) aCharts.us. Página visitada em 10-04-2010.
  33. ARIA Charts - Accreditations - 2010 Albums (em inglês) ARIA. Página visitada em 6-05-2010.
  34. Certification Awards (em inglês) Music Canada. Página visitada em 6-05-2010.
  35. Febre: Disco de estreia de Justin Bieber já vendeu quase 200 mil cópias no Brasil (em português) Popline. MTV (27-10-2010). Página visitada em 28-10-2010.
  36. Audio & Video Certifications (em inglês) Canadian Recording Industry Association (WebCite). Página visitada em 21-04-2010. Cópia arquivada em 21-04-2010.
  37. Certification Awards (em inglês) CRIA. Página visitada em 21-04-2010.
  38. Justin Bieber RIAA album certifications (em inglês) RIAA. Página visitada em 11-01-2010.
  39. Grein, Paul. Week Ending Sept. 26, 2010: Moving Forward, Falling Back Yahoo!. Página visitada em 3-10-2010.
  40. CHART 1721 - 17 May 2010 (PDF) (em inglês) RIANZ. Página visitada em 22-05-2010.
  41. Chart facts (em inglês) RIANZ. Página visitada em 21-04-2010.
  42. AWARDS 2010 (em inglês) swisscharts.. Página visitada em 28/10/2010.
  43. My World Part 2: Justin Bieber: Amazonka.pl: Musik Amazonka.pl. Página visitada em 14-02-2010.
  44. Justin Bieber's French official website (em francês) (17-02-2010).
  45. My Worlds Justin Bieber (em inglês) iTunes. Página visitada em 25-03-2010.