Believe Tour

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Believe Tour
Pôster promocional
Turnê Mundial de Justin Bieber
Locais América do Norte
Europa
Ásia
África
América Latina
Oceania
Álbum(ns) associado(s) Believe
Data de início 29 de setembro de 2012
Data de fim 8 de dezembro de 2013
Número de
apresentações
79 na América do Norte
41 na Europa
10 na Ásia
2 na África
15 na América Latina
9 na Oceania
Total: 156
Cronologia de turnês de Justin Bieber
Último
Último
My World Tour
(2010-11)
Próximo
Próximo

A Believe Tour é a segunda turnê mundial do cantor canadense Justin Bieber, feita para promover seu terceiro álbum de estúdio, Believe.[1] [2] As primeiras datas da turnê foram divulgadas oficialmente cerca de um mês antes do lançamento do álbum, em 23 de maio de 2012, com quarenta e seis datas já agendadas apenas na América do Norte.[3] A 2 de julho de 2012, a rádio Capital FM anunciou que o canadense faria mais seis concertos no Reino Unido, que ocorreriam antes da ida do cantor para a Alemanha, entre 21 de fevereiro e 4 de março.[4] Como atração de abertura, foram confirmados os cantores Cody Simpson e Carly Rae Jepsen,[3] além de haverem rumores de que a boyband The Wanted também possa abrir os shows de Bieber durante sua passagem na Europa.[5] Ao longo da turnê, diversos artistas participaram dos concertos, fazendo duetos com Bieber, como aconteceu com a canadense Carly Rae Jepsen, ou em apresentações solo, como a realizada por Usher em Las Vegas no início da turnê.

A turnê começou na cidade de Glendale, no Arizona. Sua estreia parou em várias manchetes após o cantor passar mal durante o show. As performances de "Out of Town Girl" e de "Beauty and a Beat" precisaram ser interrompidas após Bieber vomitar duas vezes no palco. O cantor declarou mais tarde que o motivo de ter passado mal foi o leite que tomou momentos antes do concerto se iniciar.[6] A turnê enfrentou mais problemas durante a apresentação em Tacoma. Após o término do show, Bieber escreveu em sua conta no Twitter que seu notebook pessoal e uma câmera fotográfica haviam sido roubados durante o show.[7] Três dias depois, estreou no VEVO o videoclipe de "Beauty and a Beat", e Bieber afirmou que o "suposto assalto" havia sido uma farsa para promover o novo vídeo.[8]

Antecedentes[editar | editar código-fonte]

Em 23 de maio de 2012, as primeiras datas da turnê foram divulgadas no fã-clube oficial do cantor, e contavam com quarenta e seis shows agendados apenas na América do Norte.[9] Cerca de um mês depois, em agosto de 2012, o diretor da turnê, Jon M. Chu e o coreógrafo Nick Demoura fizeram uma audição para selecionar os dançarinos que iriam acompanhar Bieber com a turnê. Em um vídeo publicado no YouTube, Chu e Demoura deram depoimentos sobre o que está por vir: "Ele é o maior popstar do mundo e é seu trabalho fazer o maior show do mundo", garantiu o diretor. As audições aconteceram até o dia 17 de agosto de 2012, e duraram cerca de quinze dias.[10]

Em entrevista ao USA Today, Bieber disse que esteve observando diversos vídeos de turnês e shows de Michael Jackson, que ele revelou ser sua maior inspiração, e que sempre que sua equipe se reúne, eles se perguntam, "O que Michael faria?".[11] Durante a mesma entrevista, Bieber disse: "Eu não quero ser apenas mais um galã teen. Sei que algumas pessoas estão esperando que eu falhe, pensando, 'Oh, seu tempo acabou.' Bem, eu gosto de ser o azarão, e esta turnê é a minha chance de levar as coisas para um próximo nível."[11] Na entrevista, ainda foi revelado que o mágico David Blaine estaria contribuindo com ilusões para o show. "Nós fizemos uma apresentação cinematográfica completa para quando as pessoas sentarem em seus lugares, e há outros elementos do pré-show que eu não posso falar. Quando as pessoas entrarem, nós queremos que eles se sintam como se estivessem prestes a dar um passeio na Disneylândia. Eles vão deixar suas preocupações diárias para trás,' disse Jon Chu. "Ele está fazendo um grande trabalho ao crescer, ao fazer a transição de um ídolo pop para um jovem adulto. O novo álbum definiu o tom, e esta turnê é uma ratificação do crescimento dele. Num mundo de estrelas fabricadas e estrelas criativas, Justin é o último," falou o presidente e CEO da AEG Live, Randy Phillips.[11]

Os ensaios começaram no final de julho de 2012, em Long Beach, Califórnia. Bieber e seus dançarinos realizaram 10 horas de ensaios todos os dias.[12] Em entrevista ao canal de televisão E!, Jon Chu garantiu a participação dos rappers Kanye West e Snoop Dogg, "Temos coisas planejadas, mas depois você tem que encaixar Snoop Dogg, Kanye West ou quem quer que seja que estará lá e deixar rolar". Segundo Chu, a ideia das participações especiais surgiram devido a quantidade de ofertas.[13] A 19 de setembro de 2012, foram divulgadas novas imagens de Bieber e seus dançarinos ensaiando para a turnê. Nas imagens foi possível ver o palco, que tem três andares, com duas escadas laterias esquerda e direita e uma escada centralizada, além de uma passarela e alguns guindastes.[14] Segundo Bieber, seu momento favorito na "Believe Tour" é durante a introdução, quando ele desce da parte superior do palco em asas, permanecendo por cima do público por cerca de trinta segundos. O cantor explica: "Vai ser um momento memorável da turnê. Acho que as pessoas vão se lembrar disso. Descendo desde o início do show, sou eu as asas por cerca de trinta segundos. É um momento tão grande. As pessoas são cativadas e neste momento nada mais parece estar acontecendo, então ele será marcado em sua memória."[15]

Detalhes[editar | editar código-fonte]

Introdução da turnê, com Bieber sendo levado até o palco por asas.

A turnê é constituída por uma dúzia de dançarinos, mais que o dobro da "My World Tour". O palco tem três níveis, equipados com máquinas de vento, guindastes, pistas, e muitas escadas. A equipe recrutou o designer Chris Kuroda para trabalhar na iluminação da turnê. Kuroda também é conhecido como o designer de iluminação para a banda Phish. Tay James, o DJ oficial de Bieber também o acompanha na turnê.[16] Jon M. Chu, que dirigiu o documentário Justin Bieber: Never Say Never volta a trabalhar com Bieber como diretor criativo da turnê.[17]

Logo após o cronômetro que marca o início do show se zerar, o imenso telão faz uma pequena apresentação com efeitos especiais e se divide em quatro partes, revelando a parte superior do palco que estava atrás dele. De lá, Bieber aparece usando uma jaqueta e calça preta, sendo segurado por cabos, ele está pendurado em asas enormes compostas por guitarras, discos, e caixinhas de som, lembrando a asas de um anjo. O cantor é levado pelas asas até o primeiro andar do palco, para mais perto do público, onde dois dos dançarinos soltam Bieber da estrutura.[18] Neste momento, se inicia uma performance dançante de "All Around the World", com coreografia e dançarinos em todos os níveis do palco. A próxima faixa performada é "Take You", e logo após vem "Catching Feelings", onde Bieber aparece cantando em cima de uma espécie de navio presente no centro do primeiro nível do palco, cuja as velas são constituídas por alguns dançarinos que ficam com uma roupa especial na parte superior do palco. Quando a performance da canção termina, Bieber sai do palco e enquanto sua equipe desmonta o navio, no telão é mostrado um vídeo do cantor nadando em baixo da água, em uma espécie de aquário com algumas dançarinas. Ao voltar ao palco, o cantor agora com uma calça, regata e uma jaqueta sem mangas branca, apresenta um medley das canções "One Time" e "Eenie Meenie", presentes em álbuns anteriores[18] Durante "One Time", é possível perceber que os dançarinos usam a mesma roupa que Justin usava durante a etapa norte-americana da "My World Tour". Após terminar o medley, o canadense canta a também antiga "Somebody to Love", desta vez, a faixa é apresenta em sua versão completa.

Na hora da apresentação de "Love Me Like You Do", Bieber tem o auxílio de um guarda-chuva branco enquanto canta e dança usando um chapéu e uma nova roupa preta. Logo após, se inicia a performance de "She Don't Like the Lights", seguida por "Die in Your Arms", que Bieber, agora com uma jaqueta jeans, canta com o microfone apoiado em um tripé.[19] Em seguida, como acontece na maior parte das apresentações da turnê, Carly Rae Jepsen volta ao palco para cantar "Beautiful", música feita em parceria com o cantor e que está presente no álbum de Jepsen, Kiss. Logo após, "Out of Town Girl" é cantada, em seguida "Be Alright" e "Fall", que são apresentadas com Bieber acompanhado por um violão enquanto está por cima da multidão, dessa vez em cima de uma pequena plataforma levantada por uma espécie de guindaste. Novamente, ele canta uma canção que não faz parte do álbum base da turnê com "Never Say Never", seguida por "Beauty and a Beat", com uma coreografia dançante e por um solo de bateria, como ele costumava fazer em sua turnê anterior. Mantendo a tradição conhecida como "OLLG", que é quando uma garota é escolhida aleatoriamente na platéia para subir ao palco e receber uma serenata de Bieber cantando "One Less Lonely Girl", Bieber também a faz nesta turnê, só que desta vez, ao invés de entregar um buquê de flores, a fã recebe uma coroa de flores do canadense enquanto ele canta para ela. Quase no fim do show, se inicia a performance de "As Long as You Love Me", e logo após, um piano toma o palco, e a faixa-título de seu álbum, "Believe", começa a ser cantada. A penúltima faixa do show, o single "Boyfriend", é performada logo após e para finalizar a música "Baby".[19]

Recepção[editar | editar código-fonte]

Crítica[editar | editar código-fonte]

Bieber se apresentando com a "Believe Tour" em Minneapolis, Minnesota.

As datas iniciais da turnê receberam avaliações mistas dos críticos musicais. Embora Bieber pareça estar buscando um senso de maturidade com o seu segundo trabalho, muitos deles sentiram que a turnê apelou para o mercado que envolve apenas a imagem de Bieber. Para a estreia da turnê, Christina Fuoco-Karasinski do SoundSpike sentiu que seus fãs ainda sofrem com a "Bieber Fever". Ela continua a dizer, "Tirando alguns momentos de vômitos, o show de Bieber saiu sem problemas. Bieber, natural de Stratford, Canadá, forneceu um show que fez a cavernosa arena parecer íntima. Enormes quantidades de lasers cortaram os quase 15 mil lugares, dividindo a Jobing.com Arena em diversas seções."[20]

Para o show em Los Angeles, Matt Kivel da revista Variety chamou o show de épico, ainda que estranhamente incoerente. Ele escreveu: "Sem a pompa e o brilho, seu talento é inquestionável e as faixas acústicas permitiram um alívio da sobrecarga sensorial que caracteriza a noite. [...] Sua ambição nunca esteve em questão, mas um maior foco temática seria um longo caminho para ajudar Bieber a atingir o nível de maturidade para que ele se esforça."[21] Para o mesmo show, Sophie A. Schillaci do The Hollywood Reporter disse que o show é um absurdo para aqueles que não fazem parte da fanbase do cantor. Ela continua: "Em termos vocais, Bieber brilhou com a performance acústica de 'Fall', durante a qual ele dedilhou um violão enquanto estava apoiado no alto do palco. Para o resto de sua set list, que também incluiu uma alta energia que se forma durante a montagem de 'One Time', 'Eenie Meenie' e 'Somebody to Love', o canto pareceu tomar um banco traseiro para os movimentos de dança, mas a interação com o público manteve seus fãs com vontade de voltar para mais."[22]

Peter Hartlaub do jornal San Francisco Chronicle elogiou o design do palco durante o show na The Oracle Arena. No entanto, ele sentiu que o show seguiu um roteiro, afirmando: "Todas as decisões da noite pareciam uma parte calculada da tentativa de Bieber de ser um grande Timberlake, e que os seus movimentos passaram de divindade pré-adolescente para uma estrela pop madura e inter-geracional."[23] Para o concerto no Scotiabank Saddledome, Collen De Never do jornal canadense Calgary Herald disse: "O show de quase duas horas foi tão sintético e repleto de momentos falsos que foi difícil diferenciar o que realmente estava sendo cantado ao vivo e o que era Memorex, com a maioria das músicas, como 'All Around the World', 'One Time', e 'Beauty and a Beat' foram tão despojados que eles se tornaram apenas um elemento a mais para o flash e o bang que acontecia ao redor. Apenas em canções como 'Die in Your Arms', a acústica 'Be Alright' e seu dueto com Carly Rae Jepsen, 'Beautiful', que o seu talento vocal foi realmente mostrado, e até mesmo então era difícil não olhar para ele e perguntar se por trás das telas e das cortinas não havia alguém apertando os botões e contando seu dinheiro quando o relógio foi zerado."[24]

Em revisão a apresentação realizada a 20 de outubro de 2012 em Minneapolis, Jon Bream do site de entretenimento Startribune disse, "[...] Bieber também sabe como montar algo impressionante para um show. Seu espetáculo de 100 minutos teve inspiração em Michael Jackson, Usher e até Britney Spears. Bieber tinha 12 dançarinos, um palco de três níveis, fogos de artifício, lança-chamas, lasers, elevadores hidráulicos, [...] mudanças de figurino e uma das maiores entradas de todos os tempos de um ídolo teen, voar do palco até a pista usando asas de anjo maiores do que ele."[25] Jon terminou dizendo: "Sim, ele tocou um pouco de piano, bateria e guitarra. O mesmo vale para a dança. E seu canto, quando era ao vivo (teve playback em algumas apresentações com dança), foi muito genérico (um canto profisional, mas uma voz comum). Apesar de ter os agudos, ele tentou encontrar uma emoção que era realmente mais sobre o seu swag, do que a paixão sincera."[25] Em análise ao concerto realizado no dia 5 de janeiro de 2013 no EnergySolutions Arena, David Burger do The Salt Lake Tribune comentou, "A seleção de músicas da primeira metade do espetáculo foi alegremente muito teatral, com as músicas puxadas levemente para o R&B de Bieber ofuscadas por sinos, apitos, fogos de artifício, fumaça e espelhos, além dos vocais terem mais auto-tune do que eu gostaria. Mas na metade do show, Bieber completamente demonstrou sua musicalidade com as músicas 'Be Alright' e 'Fall', as duas acompanhadas somente por um violão, um delas tocado por Bieber, [...] foi a primeira vez na noite inteira que ele mostrou sua comovente e impressionante voz e sua vulnerabilidade emocional e – adivinhem o que? – uma personalidade humana da vida real." completou Burger. "Depois daqueles músicas lentas, o resto do show foi puro pop, e o show ficou melhor assim, com execuções cheia de energia das músicas: 'Never Say Never', 'Beauty and a Beat', 'One Less Lonely Girl', 'As Long As You Love Me', e 'Believe'", terminou David, além de ainda comparar a apresentação com concertos realizados anteriormente por Britney Spears e Lady Gaga no mesmo estádio.[26] Após assistir alguns concertos da turnê, Hector Saldana do San Antonio Express-News comentou: "Vestido completamente de branco, com seu novo estilo de cabelo, e dançando para o Rock Hard Club com uma banda espetacular, Bieber podia ser George Michael em seu auge ou Timberlake. E esse não é o ponto? Não espere que ele cresça. Ele já cresceu." Em revisão a apresentação no BOK Center, em Tulsa, Jennifer Chancellor do Tulsa World disse: "O barulho é impossível de se explicar. Eu imagino que é como estar embaixo de um ônibus espacial prestes a ser lançado. Sua presença de palco foi segura, movimentos firmes, ele estava confiante, especialmente se comparado a seu show esgotado aqui, em 2010. Ouso em dizer que a transformação para um astro pop adulto, esta quase completa."[27]

Em revisão ao concerto realizado no Pavilhão Atlântico, Portugal, António Henriques do PT Jornal escreveu: "[...] Justin Bieber conseguiu em Portugal retomar o seu caminho, com uma presença em palco que permite concluir um facto: Bieber já não é apenas um artista adolescente, ou um fenómeno efémero. [...] Ontem, em Portugal, o cantor canadiano exibiu-se ao seu melhor nível, atingindo um novo patamar, que o desliga, cada vez mais, da etiqueta de adolescente".[28] Para o mesmo show, João Moço do Diário de Notícias Lisboa destacou o amadurecimento de Bieber[29] e Daniela Azevedo do Cotonete escreveu: "'All Around The World' e 'Take You' marcam o compasso corrido para início da noite enquanto 'Catching Feelings' leva o jovem a se revelar mais terreno e menos distante de quem tanto grita por ele". Azevedo continuou, "Além de lasers, fogos de artifício e confetes esvoaçantes, o palco de dois andares está tão exemplarmente coordenado com o ecrã gigante que cria a ilusão de que Bieber está, de facto, a dançar em frente aos nossos olhos em tamanho natural", terminou.[30]

Comercial[editar | editar código-fonte]

Justin Bieber durante performance de "All Around the World" em outubro de 2012.

Cerca de duas semanas depois das datas da turnê serem oficialmente publicadas, o empresário do cantor, Scooter Braun, escreveu em sua conta no microblog Twitter que todos os mais de quinhentos mil ingressos para a América do Norte haviam se esgotado em apenas uma hora, o que levou a adição de um segundo show extra no Madison Square Garden, que se esgotou em cerca de trinta segundos.[31] Na Europa, seis datas iniciais no Reino Unido já haviam sido anunciadas. Devido á alta demanda, foram confirmados mais três apresentações, duas em Manchester e outra em Birmingham, e dois shows extras em Londres, chegando a onze apresentações apenas no Reino Unido.[32] A boa vendagem de ingressos em outros países europeus também fez com que se acrescentasse uma ou duas apresentações extras, como no caso da Bélgica e da Finlândia, sendo a Noruega a única a receber mais dois shows.[33] Segundo um porta-voz do site Viagogo.com, houve um grande aumento de 261% na busca de ingressos online desde que Bieber anunciou as datas da turnê. Isso significava que sua demanda era cinco vezes maior do que foi para outras turnês como a "Up All Night Tour", da One Direction.[34] Em matéria divulgada pelo site Emirates247, foi revelado que em três dias já haviam sido vendidos vinte e cinco mil ingressos para a apresentação de Bieber em Dubai, Emirados Árabes Unidos, e que no dia que as entradas foram postas á venda, quinze mil ingressos já haviam se esgotado na pré-venda.[35] Na manhã do dia 10 de dezembro de 2012, o empresário de Bieber comentou em sua conta no Twitter sobre a alta demanda na África do Sul. Segundo ele, os sessenta e dois mil bilhetes colocados a venda para a apresentação agendada para maio de 2013 na cidade de Joanesburgo haviam se esgotado em apenas três minutos.[36] No mesmo dia, Attie Van Wyk, CEO da promotora que levou o cantor para a África do Sul, confirmou as vendas da turnê em Joanesburgo, e previu que se os 55,000 ingressos para o Cape Town Stadium não se esgotassem após cinco horas, acabariam na manhã do próximo dia.[37]

Bieber faturou $6,2 milhões de dólares nas primeiras cinco apresentações da turnê, todas de ingressos esgotados. Esse êxito a levou para o primeiro lugar na lista "Hot Tours", da revista Billboard, que apresenta as turnês mais lucrativas da semana em todo o mundo. De acordo com a revista, 80.569 ingressos foram vendidos e que em Los Angeles, Bieber se apresentou para 27,546 pessoas em cada noite.[38] A "Believe Tour" permaneceu no topo da lista durante três semanas consecutivas, arrecadando cerca de $11,8 milhões de dólares na última semana. Ao todo, os primeiros vinte e quatro concertos arrecadaram quase vinte e seis milhões de dólares e mais de 341,000 ingressos haviam sido vendidos neste mesmo espaço de tempo.[39] Com o sucesso de vendas, a 10 de dezembro de 2012 foram adicionadas mais trinta datas a turnê, que iam desde o fim do mês de junho de 2013 até o meio de agosto do mesmo ano. Todas as datas divulgadas eram para a América do Norte.[40] A 15 de dezembro de 2012, a Billboard publicou uma lista com as turnês mais rentáveis de todo o ano. A "Believe Tour" ocupou a 20º posição na lista feita com base em relatórios da Billboard Boxscores do dia 9 de Novembro de 2011 até o dia 13 de Novembro de 2012, neste espaço de tempo, a turnê arrecadou $30,667,737 em vinte e nove shows.[41] Segundo uma matéria divulgada pelo site The Star, os dois shows agendados para os dias 25 e 26 de julho em Toronto tiveram os ingressos para apenas os assentos individuais esgotadas em segundos e que os bilhetes destinados apenas a fãs cadastrados também haviam se esgotado imediatamente após serem colocado a venda.[42] No final de dezembro de 2012, o Ticketprocess.com, site de uma das maiores empresas de vendas de ingressos nos Estados Unidos fez um levantamento das turnês que mais venderam ingressos em dezembro. Bieber liderou a lista, ficando a frente de nomes como Bon Jovi, One Direction e Lady Gaga.[43] Segundo o site CM Jornal, a apresentação de Bieber em Lisboa, Portugal, havia lhe rendido um milhão de euros. Ainda de acordo com o mesmo site, foram vendidos mais de dezoito mil ingressos para a noite, cada um custando entre quarenta e sessenta e cinco euros.[44] De acordo com dados de vendas de ingressos do Seatwave, Bieber seria o artista com a performance mais procurada no mundo. Segundo as estatísticas, a procura de ingressos para a "Believe Tour" superam em 39% artistas como Beyoncé e em 5% a One Direction.[45]

Atos de abertura[editar | editar código-fonte]

Participações[editar | editar código-fonte]

Set list[editar | editar código-fonte]

  1. "All Around the World"
  2. "Take You"
  3. "Catching Feelings"
  4. Medley:
    1. "One Time"
    2. "Eenie Meenie"
    3. "Somebody to Love"
  5. "Love Me Like You Do"
  6. "She Don't Like the Lights"
  7. "Die in Your Arms"
  8. "Out of Town Girl"
  9. "Be Alright"
  10. "Fall"
  11. "Never Say Never"
  12. "Beauty and a Beat"
  13. "One Less Lonely Girl"
  14. "As Long as You Love Me"
  15. "Believe"

Encore:

  1. "Boyfriend"
  2. "Baby"
  • Nota: Após a performance de "Beauty and a Beat", Bieber geralmente faz um solo de bateria.[20]

Datas da turnê[editar | editar código-fonte]

As primeiras datas da turnê foram divulgadas em 23 de maio de 2012 no fã-clube oficial de Bieber.[9]

Data Cidade País Local
América do Norte[63]
29 de Setembro de 2012 Glendale  Estados Unidos Jobing.com Arena
30 de Setembro de 2012 Las Vegas MGM Grand
2 de Outubro de 2012 Los Angeles Staples Center
3 de Outubro de 2012
5 de Outubro de 2012 Fresno SaveMart Center
6 de Outubro de 2012 Oakland The Oracle Arena
8 de Outubro de 2012 Portland Rose Garden Arena
9 de Outubro de 2012 Tacoma Tacoma Dome
10 de Outubro de 2012 Vancouver  Canadá Rogers Arena
12 de Outubro de 2012 Calgary Scotiabank Saddledome
15 de Outubro de 2012 Edmonton Rexall Place
16 de Outubro de 2012 Saskatoon Credit Union Centre
18 de Outubro de 2012 Winnipeg MTS Centre
20 de Outubro de 2012 Minneapolis  Estados Unidos Target Center
21 de Outubro de 2012 Milwaukee BMO Harris Bradley Center
23 de Outubro de 2012 Rosemont Allstate Arena
24 de Outubro de 2012
26 de Outubro de 2012 Kansas City Sprint Center
27 de Outubro de 2012 St. Louis Scottrade Center
29 de Outubro de 2012 Dallas American Airlines Center
30 de Outubro de 2012 Houston Toyota Center
1º de Novembro de 2012 Memphis FedExForum
2 de Novembro de 2012 Louisville KFC Yum! Center
4 de Novembro de 2012 Filadélfia Wells Fargo Center
5 de Novembro de 2012 Washington Verizon Center
9 de Novembro de 2012 East Rutherford Izod Center
10 de Novembro de 2012 Boston TD Garden
12 de Novembro de 2012 Brooklyn Barclays Center
20 de Novembro de 2012 Pittsburgh Consol Energy Center
21 de Novembro de 2012 Auburn Hills The Palace of Auburn Hills
23 de Novembro de 2012 Ottawa  Canadá Scotiabank Place
26 de Novembro de 2012 Montreal Bell Centre
28 de Novembro de 2012 Nova Iorque  Estados Unidos Madison Square Garden
29 de Novembro de 2012
1º de Dezembro de 2012 Toronto  Canadá Rogers Centre
5 de Janeiro de 2013 Salt Lake City  Estados Unidos EnergySolutions Arena
7 de Janeiro de 2013 Denver Pepsi Center
9 de Janeiro de 2013 Tulsa BOK Center
10 de Janeiro de 2013 North Little Rock Verizon Arena
12 de Janeiro de 2013 San Antonio AT&T Center
15 de Janeiro de 2013 Nova Orleães New Orleans Arena
16 de Janeiro de 2013 Birmingham BJCC Arena
18 de Janeiro de 2013 Nashville Bridgestone Arena
19 de Janeiro de 2013 Greensboro Greensboro Coliseum
22 de Janeiro de 2013 Charlotte Time Warner Cable Arena
23 de Janeiro de 2013 Atlanta Philips Arena
25 de Janeiro de 2013 Orlando Amway Center
26 de Janeiro de 2013 Miami AmericanAirlines Arena
27 de Janeiro de 2013
Europa[64]
17 de Fevereiro de 2013 Dublin  Irlanda The O2
18 de Fevereiro de 2013
21 de Fevereiro de 2013 Manchester  Reino Unido Manchester Arena
22 de Fevereiro de 2013
24 de Fevereiro de 2013 Liverpool Liverpool Echo Arena
27 de Fevereiro de 2013 Birmingham Birmingham NIA
28 de Fevereiro de 2013
2 de Março de 2013 Nottingham Capital FM Arena
4 de Março de 2013 Londres The O2 Arena
5 de Março de 2013
7 de Março de 2013
8 de Março de 2013
11 de Março de 2013 Lisboa  Portugal Pavilhão Atlântico
14 de Março de 2013 Madrid  Espanha Palacio de los Deportes
16 de Março de 2013 Barcelona Palau Sant Jordi
19 de Março de 2013 Paris  França Paris-Bercy
22 de Março de 2013 Zurique Suíça Hallenstadion
23 de Março de 2013 Bolonha  Itália Unipol Arena
25 de Março de 2013 Łódź Polónia Polônia Atlas Arena
28 de Março de 2013 Munique  Alemanha Olympiahalle
30 de Março de 2013 Viena  Áustria Wiener Stadthalle
31 de Março de 2013 Berlim  Alemanha O2 World Berlin
2 de Abril de 2013 Hamburgo O2 World Hamburg
3 de Abril de 2013 Frankfurt Festhalle Frankfurt
5 de Abril de 2013 Dortmund Westfalenhallen
6 de Abril de 2013 Colônia Lanxess Arena
8 de Abril de 2013 Estrasburgo  França Zénithde Strasbourg
10 de Abril de 2013 Antuérpia  Bélgica Sportpaleis
11 de Abril de 2013
13 de Abril de 2013 Arnhem  Países Baixos Gelredome
16 de Abril de 2013 Oslo  Noruega Telenor Arena
17 de Abril de 2013
18 de Abril de 2013
20 de Abril de 2013 Copenhaga  Dinamarca Estádio Parken
22 de Abril de 2013 Estocolmo  Suécia Globen
23 de Abril de 2013
24 de Abril de 2013
26 de Abril de 2013 Helsínquia  Finlândia Hartwall Areena
28 de Abril de 2013 São Petersburgo  Rússia JCC
30 de Abril de 2013 Moscou Olimpiisky Indoor Arena
2 de Maio de 2013 Istambul  Turquia ITU Stadyumu
Ásia[32]
4 de Maio de 2013 Dubai Flag of the United Arab Emirates.svg Emirados Árabes Dubai Sevens Stadium
5 de Maio de 2013
África[32]
8 de Maio de 2013 Cidade do Cabo África do Sul Cape Town Stadium
12 de Maio de 2013 Joanesburgo FNB Stadium
América do Norte[33]
22 de Junho de 2013 San Diego  Estados Unidos Valley View Casino Center
24 de Junho de 2013 Los Angeles Staples Center
25 de Junho de 2013
26 de Junho de 2013 São José HP Pavilion at San Jose
28 de Junho de 2013 Las Vegas MGM Grand
30 de Junho de 2013 Denver Pepsi Center
2 de Julho de 2013 Oklahoma City Chesapeake Energy Arena
3 de Julho de 2013 Dallas American Airlines Center
6 de Julho de 2013 Omaha CenturyLink Center
7 de Julho de 2013 Des Moines Wells Fargo Arena
9 de Julho de 2013 Chicago United Center
10 de Julho de 2013 Indianápolis Bankers Fieldhouse
12 de Julho de 2013 Columbus Nationwide Arena
13 de Julho de 2013 Cleveland Quicken Loans Arena
15 de Julho de 2013 Buffalo First Niagara Center
17 de Julho de 2013 Filadélfia Wells Fargo Center
18 de Julho de 2013 Hartford XL Center
20 de Julho de 2013 Boston TD Garden
23 de Julho de 2013 Kanata  Canadá Scotiabank Place
25 de Julho de 2013 Toronto Air Canada Centre
26 de Julho de 2013
28 de Julho de 2013 Detroit  Estados Unidos Joe Louis Arena
30 de Julho de 2013 Newark Prudential Center
31 de Julho de 2013
2 de Agosto de 2013 Brooklyn Barclays Center
3 de Agosto de 2013 Washington Verizon Center
5 de Agosto de 2013 Colúmbia Colonial Life Arena
7 de Agosto de 2013 Jacksonville Jacksonville Veterans Arena
8 de Agosto de 2013 Tampa Tampa Bay Times Forum
10 de Agosto de 2013 Atlanta Philips Arena
Ásia[33]
23 de Setembro de 2013 Marina Bay  Singapura Marina Bay Circuit
26 de Setembro de 2013 Bangkok  Tailândia Challenger Hall
29 de Setembro de 2013 Pequim  China Mastercard Center
2 de Outubro de 2013 Dalian Dalian Arena
5 de Outubro de 2013 Xangai Mercedes-Benz Arena
7 de Outubro de 2013 Saitama  Japão Saitama Super Arena
10 de Outubro de 2013 Seul  Coreia do Sul Gymnastic Gymnasium
12 de Outubro de 2013 Cotai Macau Venetian
América Latina[33]
19 de Outubro de 2013 San Juan  Porto Rico Coliseo de Puerto Rico
22 de Outubro de 2013 Santo Domingo República Dominicana Estadio Olímpico Félix Sánchez
24 de Outubro de 2013 Cidade do Panamá  Panamá Estadio Rommel Fernández
26 de Outubro de 2013 Cidade da Guatemala  Guatemala Estadio Progresso
29 de Outubro de 2013 Bogotá  Colômbia Estádio El Campín
31 de Outubro de 2013 Quito Equador Estádio Olímpico Atahualpa
2 de Novembro de 2013 São Paulo  Brasil Arena Anhembi
3 de Novembro de 2013 Rio de Janeiro Apoteose
6 de Novembro de 2013 Assunção Paraguai Jockey Club
8 de Novembro de 2013 Córdoba  Argentina Mario Kempes Stadium
9 de Novembro de 2013 Buenos Aires Estádio River Plate
10 de Novembro de 2013
12 de Novembro de 2013 Santiago  Chile Estadio Nacional
18 de Novembro de 2013 Cidade do México  México Foro Sol
19 de Novembro de 2013
Oceania[33]
23 de Novembro de 2013 Auckland  Nova Zelândia Vector Arena
26 de Novembro de 2013 Brisbane  Austrália Brisbane Entertainment Centre
27 de Novembro de 2013
29 de Novembro de 2013 Sydney Allphones Arena
30 de Novembro de 2013
2 de Dezembro de 2013 Melbourne Rod Laver Arena
3 de Dezembro de 2013
5 de Dezembro de 2013 Adelaide Adelaide Entertainment Centre
8 de Dezembro de 2013 Perth Perth Arena

Cancelamentos e demais modificações

12 de Março de 2013 Portugal Lisboa, Portugal Pavilhão Atlântico Cancelado devido a problemas com os sindicatos locais.[65]
14 de Março de 2013 Espanha Bilbau, Espanha BEC de Barakaldo Movido para Madrid devido a problemas logísticos.[66]
6 de Maio de 2013 Omã Mascate, Omã Wattaya Stadium Cancelado devido a protestos religiosos.[67]
24 de Novembro de 2013 Nova Zelândia Auckland, Nova Zelândia Vector Arena Cancelado[68]

Faturamento[editar | editar código-fonte]

Local Cidade Bilhetes vendidos / Disponíveis Receita
Jobing.com Arena Glendale 13,428 / 13,428 $1,013,460[69]
MGM Grand Las Vegas 13,504 / 13,504 $1,076,868[69]
Staples Center Los Angeles 27,546 / 27,546 $2,238,937[69]
SaveMart Center Fresno 11,965 / 11,965 $845,709[69]
The Oracle Arena Oakland 14,126 / 14,126 $1,063,978[69]
Rose Garden Arena Portland 14,550 / 14,550 $990,553[70]
Tacoma Dome Tacoma 20,259 / 20,259 $1,338,701[70]
Rogers Arena Vancouver 14,423 / 14,423 $1,215,360[70]
Scotiabank Saddledome Calgary 13,631 / 13,631 $1,117,440[70]
Rexall Place Edmonton 13,663 / 13,663 $1,137,620[70]
Credit Union Centre Saskatoon 13,113 / 13,113 $1,052,590[70]
MTS Centre Winnipeg 13,326 / 13,326 $1,048,840[70]
Target Center Minneapolis 14,532 / 14,532 $1,071,284[71]
BMO Harris Bradley Center Milwaukee 14,957 / 14,957 $1,065,557[71]
Allstate Arena Rosemont 27,132 / 27,132 $2,125,924[71]
Sprint Center Kansas City 13,972 / 13,972 $1,033,314[71]
Scottrade Center St. Louis 15,034 / 15,034 $1,108,442[71]
American Airlines Center Dallas 14,094 / 14,094 $1,066,183[71]
Toyota Center Houston 13,084 / 13,084 $1,021,718[71]
FedExForum Memphis 13,511 / 13,511 $932,669[71]
KFC Yum! Center Louisville 16,334 / 16,334 $1,158,153[71]
Wells Fargo Center Filadélfia 15,393 / 15,393 $1,247,574[71]
Verizon Center Washington 14,742 / 14,742 $1,169,569[72]
Izod Center East Rutherford 15,956 / 15,956 $1,233,492[72]
TD Garden Boston 13,561 / 13,561 $1,087,270[72]
Barclays Center Brooklyn 14,261 / 14,261 $1,107,390[72]
Consol Energy Center Pittsburgh 14,263 / 14,263 $1,029,318[73]
The Palace of Auburn Hills Auburn Hills 15,469 / 15,469 $1,178,456[73]
Scotiabank Place Ottawa 13,696 / 13,696 $1,104,550[73]
Bell Centre Montreal 15,870 / 15,870 $1,255,360[73]
Madison Square Garden Nova Iorque 27,280 / 27,280 $2,390,196[73]
Rogers Centre Toronto 43,817 / 43,817 $2,671,520[73]
EnergySolutions Arena Salt Lake City 14,693 / 14,693 $1,007,579[73]
Pepsi Center Denver 13,629 / 13,629 $1,015,154[73]
BOK Center Tulsa 12,985 / 12,985 $888,101[73]
Verizon Arena North Little Rock 14,849 / 14,849 $974,452[73]
AT&T Center San Antonio 14,653 / 14,653 $985,153[73]
New Orleans Arena Nova Orleães 13,986 / 13,986 $1,002,620[73]
BJCC Arena Birmingham 13,530 / 13,530 $920,078[73]
Bridgestone Arena Nashville 14,287 / 14,28 $1,046,887[73]
Greensboro Coliseum Greensboro 15,395 / 15,395 $998,126[73]
Time Warner Cable Arena Charlotte 15,272 / 15,272 $1,089,601[73]
Philips Arena Atlanta 12,686 / 12,686 $995,137[73]
Amway Center Orlando 13,355 / 13,355 $1,009,923[73]
AmericanAirlines Arena Miami 27,580 / 27,580 $2,178,830[73]
Manchester Arena Manchester 28,678 / 28,678 $2,398,540[74]
The O2 Arena London 58,479 / 60,281 $5,053,170[74]
Hallenstadion Zurich 13,000 / 13,000 $1,364,500[74]
Atlas Arena Łódź 13,000 / 13,000 $1,056,500[74]
O2 World Hamburg Hamburg 9,204 / 12,984 $871,682[75]
Sportpaleis Antwerp 35,751 / 36,939 $2,598,300[75]
Valley View Casino Center San Diego 10,832 / 10,832 $915,852[76]
Staples Center Los Angeles 27,994 / 27,994 $2,307,566[76]
HP Pavilion at San Jose San Jose 12,996 / 12,996 $1,082,050[76]
MGM Grand Garden Arena Las Vegas 13,362 / 13,362 $1,103,893[76]
Pepsi Center Denver 12,885 / 12,885 $1,022,453[76]
Chesapeak Energy Arena Oklahoma City 12,209 / 12,209 $973,740[77]
CenturyLink Center Omaha 14,109 / 14,109 $1,090,542[77]
Wells Fargo Arena Des Moines 13,108 / 13,108 $1,040,329[77]
United Center Chicago 14,574 / 14,574 $1,198,621[77]
Bankers Life Fieldhouse Indianapolis 14,088 / 14,088 $1,091,325[77]
Nationwide Arena Columbus 14,002 / 14,002 $1,101,544[78]
Quicken Loans Arena Cleveland 15,084 / 15,084 $1,148,356[78]
First Niagara Center Buffalo 14,789 / 14,789 $1,148,023[78]
XL Center Hartford 12,404 / 12,404 $1,032,636[78]
TD Garden Boston 13,450 / 13,450 $1,123,874[79]
Air Canada Centre Toronto 29,153 / 29,153 $2,398,100[79]
Joe Louis Arena Detroit 15,148 / 15,148 $1,208,287[79]
Prudential Center Newark 26,824 / 26,824 $2,211,502[79]
José Miguel Agrelot Coliseum San Juan 13,674 / 13,674 $1,707,044[80]
Estadio Olímpico Félix Sánchez Santo Domingo 11,321 / 21,850 $941,883[81]
Arena Anhembi São Paulo 31,922 / 33,374 $3,266,480[79]
Praça da Apoteose Rio de Janeiro 22,596 / 33,199 $2,460,450[82]
Mario Kempes Stadium Córdoba 34,328 / 34,328 $2,633,870[83]
Estadio Nacional Santiago 47,969 / 52,300 $4,948,320[79]
TOTAL 1,553,945 / 1,607,799[84] 209,272,014[84]

Referências

  1. JUSTIN BIEBER ANNOUNCES 2012 HEADLINING NORTH AMERICAN TOUR Justin Bieber (2012-05-23). Página visitada em 2012-05-30.
  2. NBC Presents 'Justin Bieber: All Around the World' Thursday, June 21 TV By the Numbers (2012-05-30). Página visitada em 2012-05-30.
  3. a b Justin Bieber anuncia primeiras datas da turnê "Believe". Página visitada em 24 de maio de 2012.
  4. Turnê do Justin Bieber ganha datas na Inglaterra em 2013 – e nada de Brasil. Página visitada em 30/09/12.
  5. Leonardo Torres (23/05/12). The Wanted comenta planos de turnê com Justin Bieber. Página visitada em 30/09/12.
  6. Coleman, Miriam (30 September 2012). Justin Bieber Throws Up Onstage During Believe Tour Kickoff Rolling Stone. Wenner Media. Página visitada em 14 October 2012. Cópia arquivada em 14 October 2012.
  7. Valdes, Manuel (12 October 2012). Justin Bieber Stolen Laptop Tweet Not A Hoax, Says Rep The Huffington Post. AOL. Página visitada em 14 October 2012. Cópia arquivada em 14 October 2012.
  8. Pittman, Travis (12 October 2012). Tacoma's reputation hit in apparent Bieber PR stunt KING-TV. King Broadcasting Company. Página visitada em 14 October 2012. Cópia arquivada em 14 October 2012.
  9. a b Justin Bieber, The Believe Tour Dates...Worth The Wait http://seatgeek.com.+Página visitada em 24 de maio de 2012.
  10. Justin Bieber abre seleção online para recrutar dançarinos para a Believe Tour.
  11. a b c Marco Della Cava (19/09/2012). Justin Bieber revs up for 'Believe' tour usatoday.com. Página visitada em 1 de outubro de 2012.
  12. "Justin Bieber's Believe tour will reach for stars" USA Today. Página visitada em 21/10/2012.
  13. Leonardo Torres. Justin Bieber: diretor anuncia participações de Kanye West e Snoop Dogg na “Believe Tour” Portal POPLine. Página visitada em 1 de outubro de 2012.
  14. Leonardo Torres (19/09/12). Palco da turnê nova do Justin Bieber terá passarela e três andares; veja fotos. Página visitada em 1/10/12.
  15. Justin Bieber Talks B96 Pepsi Jingle Bash, "Beauty And A Beat" & "Believe" Tour B96 Chicago (November 6, 2012).
  16. The Believe Tour-The Countdown is On.
  17. Della Cava, Marco (19 September 2012). 9/29: Justin Bieber revs up for 'Believe' tour in Glendale The Arizona Republic. Gannett Company. Página visitada em 14 October 2012. Cópia arquivada em 14 October 2012.
  18. a b Show de Justin Bieber no MGM Grand, em Las Vegas e conheça a OLLG.
  19. a b Confira todos os detalhes do 1º show da 'Believe Tour'.
  20. a b Fuoco-Karasinski, Christina (30 September 2012). Concert: Justin Bieber in Glendale, AZ SoundSpike. SoundSpike Media, LLC. Página visitada em 14 October 2012. Cópia arquivada em 14 October 2012.
  21. Kivel, Matt (2 October 2012). Review: Justin Bieber Variety. Reed Business Information. Página visitada em 14 October 2012. Cópia arquivada em 14 October 2012.
  22. Schillaci, Sophie A. (3 October 2012). Justin Bieber Touches Down in Los Angeles With Out-Of-This-World Show: Concert Review The Hollywood Reporter. Prometheus Global Media. Página visitada em 14 October 2012. Cópia arquivada em 14 October 2012.
  23. Hartlaub, Peter (7 October 2012). Justin Bieber review San Francisco Chronicle. Hearst Corporation. Página visitada em 14 October 2012. Cópia arquivada em 14 October 2012.
  24. Bell, Mike (13 October 2012). Review: Justin Bieber delivers for fans at Saddledome concert in Calgary Calgary Herald. Postmedia Network. Página visitada em 14 October 2012. Cópia arquivada em 14 October 2012.
  25. a b Jon Bream (21/10/2012). Grown-up Bieber shows off the swag Startribune.com. Página visitada em 21 de outubro de 2012.
  26. Burger, David (5/01/13). Concert review: Justin Bieber in Salt Lake City The Salt Lake Tribune. Página visitada em 6 de janeiro de 2013.
  27. Which pop star rocks your world: Justin Bieber, Carly Rae Jepsen or Cody Simpson? (poll, videos) al.com. Página visitada em 17 de janeiro de 2013.
  28. Henriques, António (12/03/2013). Justin Bieber e um mar de loucura no Atlântico. Página visitada em 12 de março de 2013.
  29. Moço, João. Estreia triunfal de Justin Bieber no Pavilhão Atlântico Diário de Notícias Portugal. Página visitada em 12 de março de 2013.
  30. Pavilhão Atlântico ou o euforiódromo de Justin Bieber. Página visitada em 12 de março de 2013.
  31. Justin Bieber: ingressos para a turnê “Believe” esgotam em uma hora. Página visitada em 1 de outubro de 2012.
  32. a b c Eventos Internacionais viagogo.com. Página visitada em 11 de setembro de 2012.
  33. a b c d e Tour Dates.
  34. bduncan. Justin Bieber's Believe Tour more popular than One Direction's sugarscape.com. Página visitada em 9 de janeiro de 2013.
  35. Bindu Suresh Rai. Bieber 2013 Dubai concert almost sold out Emirates 247. Página visitada em 1/10/12.
  36. Scooter Braun's twitter account.
  37. Andile Ndlovu (11/12/2012). Bieber busts Jozi ticket bank timeslive.com. Página visitada em 12 de dezembro de 2012.
  38. Hot Tours: Justin Bieber Shoots To No. 1 with Believe Tour. Página visitada em 10 de dezembro de 2012.
  39. Justin Bieber Nabs Third Hot Tours No. 1, Phish at No. 2 billboard.com. Página visitada em 10 de dezembro de 2012.
  40. JUSTIN BIEBER ANNOUNCES 2013 CONCERT DATES prucenter.com (10/12/2012). Página visitada em 10 de dezembro de 2012.
  41. Top 25 Tours 2012.
  42. Justin Bieber in Toronto: Tickets sold out in the time it took to read this headline The Star (21/12/2012). Página visitada em 21 de dezembro de 2012.
  43. Justin Bieber & Fleetwood Mac Top Selling Events On TicketProcess For The Month Of Decemeber. wset.com. Página visitada em 31 de dezembro de 2012.
  44. Marques Alves, Joana (12/03/2013). Bieber rende um milhão em Lisboa CM Jornal. Página visitada em 13 de março de 2013.
  45. Justin Bieber Becomes Most In-Demand Act In The World glasswerk.co.uk (15/03/2013). Página visitada em 16 de março de 2013.
  46. Justin Bieber Announces North American Believe Tour Dates Gossip Cop (2012-05-23). Página visitada em 2012-05-30.
  47. Cody Simpson Is Joining Justin Bieber On The Believe Tour Bieberhood (2012-07-22). Página visitada em 2012-07-24.
  48. Justin Bieber Announces North American Believe Tour Dates Gossip Cop (2012-05-23). Página visitada em 2012-05-30.
  49. a b c Mirkin, Steven (3 October 2012). Justin Bieber thrills fans at spotty Staples Center show The Orange County Register. Freedom Communications. Página visitada em 14 October 2012. Cópia arquivada em 14 October 2012.
  50. Green, Treye (22 March 2013). Honey jako support! Prestige. Prestige. Página visitada em 4 December 2012. Cópia arquivada em 22 March 2013.
  51. Neon Dogs gehen mit Justin Bieber auf Tour bravo.de. Página visitada em 31 de março de 2013.
  52. Mainstreet opent voor Justin Bieber in Gelredome nufoto.nl. Página visitada em 15 de abril de 2013.
  53. @UniversalSuomi - Universal Music. Página visitada em 17/04/2013.
  54. @UniversalSuomi - Universal Music. Página visitada em 17/04/2013.
  55. @UniversalSuomi - Universal Music. Página visitada em 17/04/2013.
  56. @UniversalSuomi - Universal Music. Página visitada em 17/04/2013.
  57. Justin Bieber no Brasil: P9 é anunciado para os shows de abertura de São Paulo e Rio de Janeiro. Página visitada em 1 de novembro de 2013.
  58. Justin Bieber duets with Usher in Las Vegas KMGH-TV. E. W. Scripps Company (3 October 2012). Página visitada em 14 October 2012. Cópia arquivada em 14 October 2012.
  59. http://www.rap-up.com/2012/12/02/video-justin-bieber-and-drake-share-the-stage-in-toronto/#more-144123
  60. a b c d 2° show de Justin Bieber na American Airlines Arena em Miami, FL.
  61. G-Dragon was a surprise guest in Justin Bieber's first Korean concert.
  62. G-Dragon was a surprise guest in Justin Bieber's first Korean concert.
  63. Justin Bieber announces 2012 tour dates Toronto Sun (2012-05-23). Página visitada em 2012-05-30.
  64. Teen sensation Justin Bieber announces UK arena tour itv.com (2/07/12). Página visitada em 2 de julho de 2012.
  65. Justin Bieber Portugal Concert Canceled “Due to Low Ticket Sales”? GossipCop. Página visitada em 11 de março de 2013.
  66. Believe Tour: Show de Justin Bieber em Bilbao, Espanha, é cancelado. Página visitada em 11 de fevereiro de 2013.
  67. Show do Justin Bieber em Omã é cancelado por ele ser “sexy demais” para o Islã. Página visitada em 1 de maio de 2013.
  68. "[1]".
  69. a b c d e (20 October 2012) "Billboard Boxscore". Billboard 124 (39). New York City, New York: Prometheus Global Media. ISSN 0006-2510.
  70. a b c d e f g (3 November 2012) "Billboard Boxscore". Billboard 124 (41). New York City, New York: Prometheus Global Media. ISSN 0006-2510.
  71. a b c d e f g h i j (17 November 2012) "Billboard Boxscore". Billboard 124 (43). New York City, New York: Prometheus Global Media. ISSN 0006-2510.
  72. a b c d (24 November 2012) "Billboard Boxscore". Billboard 124 (44). New York City, New York: Prometheus Global Media. ISSN 0006-2510.
  73. a b c d e f g h i j k l m n o p q r s (8 December 2012) "Billboard Boxscore". Billboard 124 (46). New York City, New York: Prometheus Global Media. ISSN 0006-2510.
  74. a b c d (13 April 2013) "Billboard Boxscore". Billboard 125 (14). New York City, New York: Prometheus Global Media. ISSN 0006-2510.
  75. a b (29 June 2013) "Billboard Boxscore". Billboard 125 (25). New York City, New York: Prometheus Global Media. ISSN 0006-2510.
  76. a b c d e (13 July 2013) "Billboard Boxscore". Billboard 125 (27). New York City, New York: Prometheus Global Media. ISSN 0006-2510.
  77. a b c d e (July 28, 2013) "Billboard Boxscore". Billboard 125 (29). New York City, New York: Prometheus Global Media. ISSN 0006-2510.
  78. a b c d (August 3, 2013) "Billboard Boxscore". Billboard 125 (30). New York City, New York: Prometheus Global Media. ISSN 0006-2510.
  79. a b c d e f "Billboard Boxscore".
  80. (October 2013) "Billboard Boxscore". Billboard. New York City, New York: Prometheus Global Media.
  81. (October 2013) "Billboard Boxscore". Billboard. New York City, New York: Prometheus Global Media.
  82. (7 December 2013) "Billboard Boxscore". Billboard 125 (48). New York City, New York: Prometheus Global Media. ISSN 0006-2510.
  83. (October 2013) "Billboard Boxscore". Billboard. New York City, New York: Prometheus Global Media.
  84. a b Justin Bieber arrecada mais de $155 milhões e recebe placa de sucesso mundial.