O Caminho para El Dorado

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde abril de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
The Road to Eldorado
O Caminho para El Dorado (PT/BR)
Pôster promocional
 Estados Unidos
2000 • cor • 89 min 
Direção Bibo Bergeron
Will Finn
Produção Brook Breton
Bonne Radford
Roteiro Ted Elliot
Terry Rossio
Narração Elton John
Elenco Kevin Kline
Kenneth Branagh
Armand Assante
Edward James Olmos
Rosie Perez
Jim Cummings
Tobin Bell
Frank Welker
Género aventura/comédia
Idioma inglês
Música Elton John
Klaus Badelt
John Powell
Hans Zimmer
Lançamento Estados Unidos31 de março de 2000
Brasil14 de julho de 2000
Portugal8 de dezembro de 2000
Orçamento US$ 95.000.000
Receita US$ 76.432.727
Site oficial
Página no IMDb (em inglês)

O Caminho para El Dorado (título original: The Road to El Dorado) é um filme de animação e comédia de estadunidense e o terceiro produzido pelos estúdios da DreamWorks, lançado em 2000 e dirigido por Bibo Bergeron, Will Finn, Don Paul e David Silverman. A trilha sonora apresenta músicas de Elton John, segundo filme de que participou, tendo feito também músicas da trilha do filme Rei Leão e Tim Rice. Elton John é substituído por Maurício Manieri na versão em português.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

O filme se passa no século XVI, mais especificamente no ano de 1519 no município espanhol de Sevilha, sul do país. A trama desenvolve-se ao redor dos dois personagens principais, Túlio e Miguel, que, durante um jogo em que usam "dados viciados", ganham um mapa que mostra a suposta localização de Eldorado, cidade de ouro lendária no Novo Mundo. No entanto, a trapaça de ambos os amigos é logo descoberta e como resultado, eles acabam por se tornarem clandestinos seguindo a frota de Hernán Cortés para conquistar o México. Eles são descobertos, porém conseguem escapar em um barco e com um cavalo chamado Altivo. Chegando em Eldorado, os dois são confundidos com deuses.

Eldorado era retratada por índios espanhois como sendo uma civilização utópica que combina aspectos astecas, maias, incas e de Atlântida.

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Recepção[editar | editar código-fonte]

O filme recebeu críticas mistas. Ele detém uma classificação de 49% de comentários positivos entre os 101 no Rotten Tomatoes, com 49 críticas positivas.