Pam Reynolds

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Pam Reynolds Lowery (195622 de maio de 2010) foi uma cantora e compositora estadunidense. Em 1991, aos 35 anos de idade, teve uma experiência de quase-morte (EQM) durante uma cirurgia cerebral.[1] Esta EQM é uma das mais notáveis e bem documentadas existentes, sendo comumente considerada por pesquisadores de EQMs como uma prova ou evidência da sobrevivência da consciência humana após a morte física.[2] [3] [4] [5] [6]

Em 2000, o psicólogo Kenneth Ring, um dos membros fundadores da Associação Internacional de Estudos de Quase-Morte, escreveu na revista acadêmica da associação que a EQM de Pam Reynolds é "a melhor instância única que temos atualmente na literatura sobre experiências de quase-morte para confundir os céticos".[3] [1]

Referências

  1. a b Pam Reynolds Lowery, noted for near-death episode Ajc.com. Visitado em 18 de abril de 2013.
  2. Kelly, Emily Williams; Greyson, Bruce; Stevenson, Ian (1999-2000). Can Experiences Near Death Furnish Evidence of Life After death?. OMEGA, Vol. 40(4) 513-519.
  3. a b Kenneth Ring, Ph.D. Religious Wars in the NDE Movement: Some Personal Reflections on Michael Sabom's Light & Death. Journal of Near-Death Studies. June 2000, Volume 18, Issue 4, p. 218.
  4. Sabom, Michael. Light & death. Grand Rapids, USA: Zondervan, 1998.
  5. Beauregard, Mario; O'Leary, Denyse. The Spiritual Brain: A Neuroscientist's Case for the Existence of the Soul. New York: HarperCollins, 2007.
  6. http://www.near-death.com/experiences/evidence01.html