Imposição de mãos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Merge-arrows 2.svg
Foi proposta a fusão deste artigo ou se(c)ção com Imposição das mãos. Pode-se discutir o procedimento aqui.
Editor, considere adicionar mês e ano na marcação. Isso pode ser feito automaticamente, com {{Fusão|1=Imposição das mãos|{{subst:DATA}}}}.

A Imposição de mãos é uma prática encontrada em todo o mundo sob as mais diversas conotações, mas sempre com a intenção de transmitir algo para aquele que a recebe, essencialmente uma cura ou uma benção. Na maioria das vezes tem ligação com atos religiosos. Constitui-se prática extremamente antiga (pré-histórica) e ainda comum nos dias de hoje.

É referido no Novo Testamento da Bíblia pelo qual os apóstolos de Jesus Cristo e São Paulo (Livro dos Actos dos Apóstolos 19,1-8) ministravam curas e ordenavam (isto é, conferiam o Sacramento da Ordem) os fiéis como novos missionários, diáconos, presbíteros, e bispos.

Na Igreja Católica, desde as primeiras comunidades até hoje - e especialmente regulamentado no Concílio de Trento - permanece sendo utilizado nas ordenações.

É muito utilizada pela igreja evangélica nas suas orações de intercessão, assim como no movimento de Renovação Carismática da Igreja Católica.

É a base da terapia Reiki, que consiste em canalizar a energia vital pela imposição das mãos para a cura física dos que a recebem, desenvolvida em 1922 pelo Dr. Mikao Usui, e introduzida nos Estados Unidos da América por volta de 1940 pela Sra. Hawayo Takata, uma estadunidense de origem japonesa. Nesse caso, não há conotação religiosa.

Também é utilizada pela Igreja Messiânica Mundial, movimento religioso fundado em 1935 no Japão por Meishu-Sama, cujo conceito central é o Johrei (luz divina), um método que pode canalizar a luz divina no corpo de outra pessoa, com intuito de curá-la de seus males físicos e espirituais.

No Espiritismo, doutrina codificada por Allan Kardec em 1857, a imposição de mãos é administrada através do Passe espírita, onde um indivíduo, que recebe o nome de passista, canaliza sobre outra pessoa “fluidos” ou “energias” benéficos, oriundos do próprio passista, de bons espíritos, ou ainda de ambas as fontes somadas, tendo sido especialmente documentado pelo médium e estudioso Jacob Melo.

Também na Umbanda, religião brasileira instituída em 1908 por Zélio Fernandino de Moraes, com influências africanas, espíritas, católicas e xamânicas, é utilizada pelos espíritos incorporados nos médiuns para realizarem a limpeza espiritual dos consulentes.

No Mormonismo, ou [[Mormons], doutrina fundamentada com o nome de A igreja de Jesus Cristo dos Santos dos últimos dias pelo primeiro profeta que a restaurou Joseph Smith utilizam a imposição de mãos para curar, ordenar a cargos na igreja, conferir o Espírito Santo, Conferir os sacerdócios em seus respectivos ofícios, Conferir bençãos específicas e a Benção Patriarcal. No "ritual" de cura é utilizado um óleo chamado de Óleo Consagrado. A imposição de mãos sempre, ou deveria assim ser, é feita após um jejum de 24 horas, ou, duas refeições, o que em sua crença enfraquece o homem natural (carne) e fortalece o homem espiritual

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre religião é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.