Apometria

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde Julho de 2011). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

A apometria (apo- do gr. "além de" e -metron "medida") é um conjunto de praticas religiosas com objetivo de cura, normalização corporal e conscientização do envolvimento energético, no qual os seres humanos estão imersos. Também chamada pelos seus praticantes de prática terapêutica alternativa, de natureza espiritualista e, segundo seus praticantes, consiste na projeção da consciência e na dissociação dos múltiplos corpos sutis mediante a uma sequência de pulsos ou comandos energéticos mentais. Tal prática não foi comprovada pelo método científico.[carece de fontes?]

Esta prática religiosa, que é divergente do espiritismo clássico, consistiria em transportar partes do corpo sutil do paciente para o mundo astral, onde supostamente seriam tratadas por espíritos de ordem mais elevada, moral e intelectualmente.

Essa prática assistencial foi introduzida no Brasil pelo farmacêutico e bioquímico porto-riquenho, Luis Rodrigues, que a chamava de Hipnometria, e utilizava técnicas próprias para obter o suposto desdobramento anímico controlado. Na década de 1960, foi sistematizada pelo médico cirurgião geral e ginecologista José Lacerda de Azevedo (1919-1997), no Hospital Espírita de Porto Alegre, que lhe trocou o nome para Apometria.

Apesar de não ter sido comprovada através do método científico, muitas pessoas afirmam ter sido curadas por essa prática. Os estudiosos dessa doutrina afirmam ainda que com a evolução do método científico, todos os conceitos aparentemente inexplicáveis pela ciência como a vemos hoje, serão devidamente explicados com o desenvolvimento dos estudos e das faculdades humanas, e que tudo o que se refere às práticas espiritualistas fazem parte da natureza que Deus criou, e que serão, no devido momento, compreendidos pela ciência convencional. Afirmam, inclusive, que se a ciência derrogar esses conceitos, que as pessoas acreditem na ciência.[carece de fontes?]

A terapia[editar | editar código-fonte]

A apometria, como prática religiosa, serve para ajudar a individuos em diversos problemas que os afligem. Ou seja, haveria um desequilíbrio espiritual ou emocional tão acentuado que chegaria a se manifestar no corpo através da forma indesejada da doença. Sua ação fundamenta-se religiosamente na teoria dos corpos sutis, na crença em vidas passadas (reencarnações), na bioenergética (sintonia, vibrações, frequências, conexões, etc), nos fenômenos PSI (parapsiquismo e mediunidade) e nas experiências fora do corpo. Os estudiosos da apometria atuam em centros espiritualistas para fazer esta cura como intermediários entre o astral e o físico. Trabalham sobre diferentes reações de personalidade manifestadas em vidas anteriores (subpersonalidades, níveis de consciência, existências múltiplas), fazendo com que as perturbações sejam superadas pelas pessoas.

De acordo com seus preceitos, é uma espécie de energia, direcionada pela atuação da força de vontade do condutor dos trabalhos canalizada na forma de "pulsos magnéticos" para tratar portadores de transtornos psicológicos, doenças genéticas de difícil resposta à terapêutica médica, ou consideradas incuráveis.

Há um consenso entre os estudiosos da apometria e das doutrinas espiritualistas de modo geral que "deve-se dar de graça aquilo que de graça se recebeu", interpretando assim que todo tratamento espiritual, terapia ou atendimento deve ser feito de graça, pois o dom ou virtude que o médium possui foi dado de graça por Deus para auxiliar ao próximo, sendo assim, não deve ser cobrado por esse auxílio. Ou seja, não são recomendáveis entidades, casas ou pessoas que cobrem para oferecer qualquer atendimento desse tipo.

É uma seita que mistura valores maçonicos com espiritualistas dos espiritas, ou seja é a soma de todas ordem maçonicas com todas as religioes onde visase a a cura e morte.

Leis da apometria[editar | editar código-fonte]

A constituição setenária do ser[editar | editar código-fonte]

Na óptica da apometria, o ser humano é composto por sete corpos. São eles:

Forças empregadas na apometria[editar | editar código-fonte]

Força mental[editar | editar código-fonte]

Segundo os seguidores da apometria, a mente é uma "usina de força" que tem o poder ilimitado de moldar, mover e direcionar a "energia cósmica". Nesse sentido, Ramatis insistiria na idéia de que "toda magia é mental", pois é a força e a intenção de um pensamento que pode determinar se uma magia é benigna (magia branca) ou se interfere no livre arbítrio alheio, principalmente para fins egoísticos, fúteis ou prejudiciais (magia negra).

Ainda, de acordo com esta, a energia mental é de natureza "radiante". O pensamento pode ser transmitido à distância e captado de forma integral ou parcial por qualquer ser que tenha uma certa sensibilidade. Assim, o pensamento tem direção e um ponto de aplicação que é o seu objeto.

Os estudiosos das doutrinas espiritualistas de forma geral acreditam que todo pensamento que o ser humano cultiva emite uma energia equivalente no universo, tal energia atrai para perto de si energias equivalentes. Se cultivamos pensamentos bons, fraternais, de amor e auxílio ao próximo, entre outros, atraímos para perto de nós energias positivas que nos auxiliam no desenvolvimento de nossa vida cotidiana. Se, ao contrário, cultivarmos pensamento egoísticos, rancorosos, remoendo raiva e ódio, atrairemos para perto de nós energias nocivas, que em certo grau se materializam através das doenças e dores inexplicáveis pela medicina comum mas que hoje, dentro do próprio meio científico possui cada vez mais estudiosos das chamadas doenças psicossomaticas.

Força zeta[editar | editar código-fonte]

Segundo a apometria, a Força Zeta é a liberação de energia condensada de um corpo físico. Desta forma, o operador apométrico utilizaria a energia do seu próprio corpo para criar campos de força, além de inúmeras outras aplicações da energia.

Ver também[editar | editar código-fonte]

  • Autor Links Recomendados Sobre Espiritismo e Apometria:

SUELY CALDAS SCHUBERT – JORGE HESSEN E “APOMETRIA” http://aluznamente.com.br/suely-caldas-schubert-jorge-hessen-e-apometria/

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

ROQUE, Dalton. "Apometria (CD Multimídia)", Instituto de Sensibilização Consciencial, ed. ISC., 2006 (ISBN 85-904090-2-3)

Acesse os links abaixo e leia artigos interessantíssimos sobre o tema Espiritismo e Apometria:

http://jorgehessenestudandoespiritismo.blogspot.com/2009/06/apometria-e-as-praticas-espiritas.html

http://jorgehessenestudandoespiritismo.blogspot.com/2009/07/fidelidade-espirita-uma-questao-de.html

http://jorgehessenestudandoespiritismo.blogspot.com/2009/06/resguardemos-kardec-das-enxertias.html

Ícone de esboço Este artigo sobre religião é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  1. C. W. Leadbeater, Charles Webster Leadbeater. The Hidden Side of Things. [S.l.: s.n.].