Partido político europeu

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Um Partido político europeu, ou formalmente partido político ao nível europeu, é um tipo de organização de partidos políticos que na União Europeia é actualmente elegível para receber fundos da União.

História[editar | editar código-fonte]

Após as tentativas de criação de partidos ou organizações políticas com dimensão e finalidade política europeia durante o século XIX, como a "Jovem Europa" de Giuseppe Mazzini, a formação de partidos europeus teve um novo impulso no imediato pós-guerra (1939-45), com a criação, em 1951, do Movimento Social Europeu ou, em 1962, com o Partido Nacional Europeu.

Após a queda do muro de Berlim, surgiu uma nova vaga de partidos europeus, em resposta ao articulado do Tratado de Maastricht. O seu artigo 191, diz que 'Os partidos políticos a nível europeu são um factor importante para a integração dentro da União. Estes contribuem para formar uma consciência europeia e para expressar uma vontade política do cidadão da União.' Isto também ficou escrito nos esboços do projecto de Constituição Europeia que, no Artigo 45 (4), dizia que 'Os partidos políticos a nível europeu contribuem para formar uma consciência política europeia e para expressar a vontade dos cidadãos da União.' Para ir ao encontro deste desejo, a regulamentação (CE) Nr. 2004/2003 do Parlamento Europeu e do Conselho Europeu de 4 de Novembro de 2003 especificou as regulamentações que governam os 'partidos políticos a nível europeu e as regras para os seus fundos. Vários partidos políticos europeus foram desde então criados, baseados em alianças pan-europeias e no Parlamento Europeu (Grupos partidários do Parlamento Europeu: o Partido Popular Europeu e o Partido Socialista Europeu são os dois maiores).

Cronologia dos Partidos Europeus[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. "289.266 reasons the old parties feel sick today", BNP, 2012-02-15. Página visitada em 2012-03-02.