Conferência Internacional de Partidos e Organizações Marxistas-Leninistas (Unidade e Luta)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes fiáveis e independentes. (desde janeiro de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

A Conferência Internacional de Partidos e Organizações Marxista-Leninistas (CIPOML) é uma coalizão de partidos comunistas de âmbito internacional onde se reúnem periodicamente as principais organizações marxistas-leninistas do mundo para discutir a processo e a atividade revolucionária do proletariado internacional. Tendo sua proclamação em agosto de 2004 na cidade de Quito, capital do Equador.

A CIPOML é um organismo internacional de combate da classe operária e autodeclara-se um embrião para a reconstrução da Internacional Comunista. Foi fundada pelo revolucionário albanês Enver Hoxha, principal líder da luta contra o revisionismo e defensor do marxismo-leninismo nos anos 50. A CIPOML agrupou as organizações que não aderiram à tendência revisionista no movimento comunista internacional. Quando houve o rompimento entre a República Popular da China e a República Popular Socialista da Albânia, a Conferência foi dividida entre os partidários do maoísmo e seguidores do marxismo-leninismo defendido por Enver Hoxha, ficando esta última conhecida pelo nome da revista teórica Unidade e Luta que publica até hoje em diversas línguas.

A CIPOML tem como representante no Brasil o Partido Comunista Revolucionário (PCR).

Partidos membros[editar | editar código-fonte]

  • Benin – Partido Comunista do Benin
  • Brasil – Partido Comunista Revolucionário
  • Burkina Faso – Partido Comunista Revolucionário Voltaico
  • Chile – Partido Comunista Chileno ( Ação Proletária)
  • Colômbia – Partido Comunista da Colômbia (Marxista-Leninista)
  • Costa do Marfim – Partido Comunista Revolucionário da Costa do Marfim
  • Dinamarca – Partido Comunista dos Trabalhadores
  • Equador – Partido Comunista Marxista-Leninista do Equador
  • Espanha – Partido Comunista da Espanha (Marxista-Leninista)
  • França – Partido Comunista dos Operários da França
  • Grécia – Movimento pela Reconstrução do KKE
  • Irã – Partido do Trabalho do Irã
  • Itália – Plataforma Comunista
  • México – Partido Comunista do México (Marxista-Leninista)
  • Noruega – Grupo Marxista-Leninista Revolusjon
  • República Dominicana – Partido Comunista do Trabalho
  • Tunísia – Partido Comunista dos Operários da Tunísia
  • Turquia – Partido Comunista Revolucionário da Turquia
  • Venezuela – Partido Comunista Marxista-Leninista da Venezuela

Ex-membros[editar | editar código-fonte]

  • Albânia – Partido Comunista da Albânia
  • Alemanha – Partido Comunista Alemão (Roter Morgen)
  • Brasil – Partido Comunista do Brasil
  • Itália – Organização pelo Partido Comunista do Proletariado da Itália
  • Venezuela – Partido Bandera Vermelha

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]