Prêmio Nansen

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Prémio Nansen ou Medalha Nansen é um prêmio concedido anualmente pelo ACNUR aqueles que se destacaram nos serviços aos refugiados. O nome é uma homenagem ao explorador norueguês Fridtjof Nansen, criador do Passaporte Nansen e primeiro comissário da Liga das Nações.

Foi concedido primeiramente em 1954 e em 1979 foi acrescido de um prêmio em dinheiro equivalente a US$ 100.000. Até os dias atuais, os canadenses são os únicos a receberem o prêmio como nação.

Vencedores[editar | editar código-fonte]

Ano Nome País
1954 Eleanor Roosevelt  Estados Unidos
1955 Rainha Juliana  Países Baixos
1956 Dorothy D. Houghton e Gerrit J van Heuven Goedhart  Estados Unidos/ Países Baixos
1957 Cruz Vermelha
1958 David Hoggett e Pierre Jacobsen  Reino Unido/ França
1959 Oskar Helmer  Áustria
1960 Christopher Chataway, Colin Jones e Thimoty Raison  Reino Unido
1961 Rei Olavo V  Noruega
1962 Tasman Heyes  Austrália
1964 May Curwen, François Preziosi e Jean Plicque  Reino Unido/ Itália/ França
1965 Lucie Chevalley, Ana Rosa Schliepper de Martinez Guerrero e Jørgen Nørredam  França/ Argentina/ Dinamarca
1967 Bernardo de Lippe-Biesterfeld  Países Baixos
1968 Bernard Arcens e Charles H. Jordan Senegal/ Estados Unidos
1969 Princep Shah Nepal
1972 Svana Fridriksdottir  Islândia
1974 Helmut Frenz  Chile
1975 James J. Norris  Estados Unidos
1976 Olav Hodne  Noruega
1977 Movimento da Crescente Vermelha Malásia Malásia
1978 Seretse Khama Botsuana Botswana
1979 Valéry Giscard d'Estaing  França
1980 Maryluz Schloeter Paredes  Venezuela
1981 Paul A. Cullen  Austrália
1982 Princesa Sônia  Noruega
1983 Julius Nyerere Tanzânia
1984 Lewis M. Hiller, Jeff Kass e Gregg Turay  Estados Unidos
1985 Paulo Evaristo Arns  Brasil
1986 Povo do Canadá (Elizabeth II e Jeanne Sauvé)  Canadá
1987 Juan Carlos I Flag of Spain.svg Espanha
1988 Syed Munir Husain Paquistão
1991 Paul Weis e Libertine Amathila  Áustria/ Namíbia
1992 Richard von Weizsäcker  Alemanha
1993 Médicos sem Fronteiras
1995 Graça Machel  Moçambique
1996 Handicap International
1997 Joannes Klas  Estados Unidos
1998 Mustafa Abdülcemil Qırımoğlu  Ucrânia
2000 Jelena Silajdzic, Abune Paulos, Lao Mong Hay, Miguel Angel Estrella e Nações Unidas  Bósnia e Herzegovina/ Etiópia/ Camboja/ Argentina/Nações Unidas
2001 Luciano Pavarotti  Itália
2002 Arne Rinnan  Noruega
2003 Annalena Tonelli  Itália
2005 Marguerite Barankitse  Burkina Faso
2006 Akio Kanai  Japão
2007 Katrine Camilleri  Malta
2008 Chris Clark  Reino Unido
2009 Ted Kennedy  Estados Unidos
2010 Alixandra Fazzina  Reino Unido
2011 Sociedade para a Solidariedade Humanitária Iémen/Iêmen
Ícone de esboço Este artigo sobre a ONU é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.