SLS Linux

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Softlanding Linux System (SLS) era uma distribuição Linux de primeira geração, desenvolvida por Peter MacDonald em meados de 1992. Foi a primeira distribuição a oferecer um Sistema Operacional Linux inteligível que contivesse mais do que o núcleo Linux e algumas utilidades básicas. Ao lado dos pacotes GNU/Linux, vinha com o X Window System e o TCP/IP.[1]

História[editar | editar código-fonte]

O SLS foi provavelmente a distribuição Linux mais popular de seu tempo e dominou o mercado até seus desenvolvedores decidirem de mudar a formatação executável do a.out ao ELF, sendo que essa última não foi bem recebida pela comunidade de usuários.

O Projeto Slackware Linux[editar | editar código-fonte]

Foi então que Patrick Volkerding decidiu modificar o SLS e o submeteu a uma profunda "limpeza", chamando seu trabalho final de Slackware. Com os rumos impopulares que o SLS tinha tomado, o Slackware substituiu-o rapidamente, tornando-se por muito tempo a distribuição dominante usada por quase todo mundo.

O Projeto Debian GNU/Linux[editar | editar código-fonte]

Foi também a frustração com o SLS que levou Ian Murdock a fundar o projeto Debian em 16 de agosto de 1993.[2]

O Projeto SuSE Linux[editar | editar código-fonte]

A frustração com o SLS levou ainda à fundação da distribuição OpenSUSE cujo sistema operacional também se basearia, até à fusão com a distribuição JuriX em 1996, nos SLS/Slackware.

Software[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Berlich, Ruediger (2001-06-13). Early Linux History (2) - Re: distribution. Consultado em 2007-07-19.
  2. Murdock, Ian A (1993-08-16). NNTP Subject: New release under development; suggestions requested. Consultado em 2007-08-17.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Software é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.