Sara Sidle

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde outubro de 2010).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Sara Sidle
Personagem de CSI Las Vegas
JorjaFox.jpg
Jorja Fox, atriz que interpreta a personagem.
Nascimento 16 de setembro de 1972
Origem São Francisco, Califórnia
 Estados Unidos
Sexo Feminino
Actividade(s) CSI nível 3
Seriado(s) CSI
Temporada(s) 1 a 15 (presente)
Primeira aparição "Cool Change"
Projecto Televisão  · Portal Televisão

Sara Sidle é uma personagem fictícia da série de televisão americana CSI, interpretado pela atriz Jorja Fox.

História[editar | editar código-fonte]

Nascida em 16 de setembro de 1972, Sara Sidle é filha de Laura Sidle e seu marido, um casal de ex-hippies da Baía de Tamales na Califórnia (biografia original, nunca mencionado no seriado). Sara tem um irmão mais velho ("One Hit Wonder" 3x14). Ela vivia em uma família onde os abusos eram constantes, assim como idas ao hospital. Quando ela era pequena, sua mãe esfaqueou seu pai até a morte ("Nesting Dolls" 5x13). Sara nunca enfrentou isto bem e ainda reage bastante em casos de violência doméstica. Sara então passou muitos meses em orfanatos ("No Humans Involved" 5x10) enquanto sua mãe foi mandada a um hospital psiquiátrico. ("Committed" 5x21) Sara foi adotada por Marie Ann Clarice que já tinha dois filhos os quais Sara chama de irmãos.

Sara foi uma "science geek" no segundo grau ("Bully For You"). Em 1984, o tribunal da Califórnia ouviu o caso "O povo vs. Laura Sidle w/2 em Modesto. ("No Humans Involved").

Sara é uma das mais brilhantes CSI's da equipe. Aos 16, ela ganhou uma admissão precoce em Havard ("CSI: Board Game"), onde ela conseguiu o Bacharelado em Teorias Físicas e mais tarde recebeu seu título de mestre na Universidade de Berkley (Biografia Oficial). Enquanto estava na escola, ela foi desenvolvendo sua vida social interagindo com outras pessoas. Isso inclui a viagem no Mile High Club o que foi "desprezível em vários aspectos" (Unfriendly Skies 1x09); de qualquer forma, ela continuou inapta o suficiente em seu lado pessoal a ponto de conversar sobre trabalho em seus encontros.

Depois de formada, Sara se mudou para São Francisco e trabalhou com o Legista Local, onde ela conheceu o Dr. Gil Grissom durante uma palestra ("Toe Tags" 7x03). A natureza do relacionamento deles foi ficando conhecida com o tempo, mas no primeiro episódio da série, ele definiu Sara como "uma amiga, alguém que eu confio". Mas ao desenrrolar da série há várias demonstrações amorosas entre os dois. Na 6ª temporada é confirmado um relacionamento entre os dois, quando Sara aparece no quarto de Gil Grissom, depois se deitando na cama junto a ele. Em 2000, Grissom chamou Sara como uma investigadora "de fora", para descobrir porque Warrick Brown deixou a cena do crime, resultando na morte de uma CSI novata Holly Gribbs ("Cool Change" 1x02). Sara tem trabalhado com os CSI's de Las Vegas desde então.

Depois de oito anos de relacionamento em segredo (Já que no laboratório de Las Vegas, relacionamentos são proibidos, e eles poderiam perder o emprego) Grisson e Sara assumem um romance na 8ª temporada, onde ele a pede em casamento, ela está meio perturbada pois a pouco tempo foi quase vítima de um serial killer e está se questionando sobre sua profissão, deixa Grisson sem resposta e apenas com uma carta onde diz que nunca ira deixar de amá-lo. Ela só retorna no fim da 8ª temporada para ajudar no caso de Warrick Brown, que havia sido assassinado por um promotor.

Na 9ª temporada, Grissom larga seu emprego e vai atrás dela. Já na 10ª temporada é revelado que Grissom e Sara estão casados.

Relações afetivas com colegas de trabalho[editar | editar código-fonte]

Sara se mostra muito amiga e às vezes romântica com o colega de trabalho Greg Sanders. Também se demonstra atraída por Nick Stokes.

Acidente[editar | editar código-fonte]

Em um episódio, durante uma investigação, Sara persegue Grissom. Ela retorna a sua sala. Ao passar pela sala de Greg Sanders (Laboratório de DNA Quimíco), ocorre uma explosão e Sara cai no chão, necessitando de pontos em uma das mãos. Greg Sanders sofreu queimaduras graves na explosão. As causas foram estúpidas: alguém deixou a chapa de aluminío ligada, Catherine coloca um composto desconhecido próximo a ela. Greg sente um cheiro estranho, olha para trás e ocorre a explosão. No fim, Catherine é suspensa por 5 dias.

Precedido por
Holly Gribbs
CSI do Time de Gil Grissom
(Temporadas 1 - 8)

Sucedido por
Riley Adams
Precedido por
Riley Adams
CSI do Time de D.B. Russell
(Temporada 10-presente)

Sucedido por
-
Ícone de esboço Este artigo sobre um personagem de CSI é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.