Saramandaia (Salvador)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde abril de 2012). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Saramandaia
—  Bairro do Brasil  —
Mapa com os arredores de Saramandaia.
Mapa com os arredores de Saramandaia.
Unidade federativa  Bahia
Município Bandeira de Salvador.svg Salvador
Fonte: Não disponível

Saramandaia é um bairro de Salvador, Bahia, e fica situado atrás do Detran-BA e da Estação Rodoviária de Salvador.[1]

História[editar | editar código-fonte]

O nome do bairro é uma alusão à telenovela Saramandaia, de Dias Gomes, levada ao ar em 1976. Encravada entre o bairro de Pernambués e o Detran, o bairro de Saramandaia surgiu a partir da construção do novo Terminal Rodoviário de Salvador, em 1975. Uma vez concluída a obra, os operários, agora desempregados, instalaram-se nas áreas desocupadas, próximas ao Terminal. Muitos outros foram chegando e o assentamento cresceu. Quase quarenta anos depois o assentamento de Saramandaia consolidou-se. As casas de tijolo exposto, espremidas ao longo de vielas estreitas contrastam com os prédios de alto padrão do entorno. Em 2000, eram cerca de 30 mil moradores. A renda familiar girava em torno de dois salários mínimos.[2] Atualmente, a área apresenta graves problemas de segurança pública, ligados ao crime organizado.[3] [4] Cerca de 80 mil pessoas moram na comunidade, considerada carente. Os moradores vivem sob o domínio de facções criminosas. Apesar da violência que aumenta na região, algumas entidades, como a Associação de Pais e Mestres de Saramandaia, mobiliza-se para ocupar os jovens do bairro.[5]

Localização e acessibilidade[editar | editar código-fonte]

Tem comodidades que são escassas em outros bairros, contando com a proximidade dos maiores shopping centers da cidade (Iguatemi e Salvador Shopping), além de estar perto do Detran e do terminal rodoviário de Salvador. Este último permite um maior acesso à praticamente toda a cidade através de transporte público, sendo que as ligações de ônibus são bem mais disponíveis que noutros lugares.

Saramandaia possui uma praça conservada e comércio intenso, com numerosos mercadinhos e lanchonetes, armarinhos e butiques, sorveterias e barbearia. O bairro necessita de serviços como casa lotérica, banco, supermercados e correios.

Demografia[editar | editar código-fonte]

Salvador - Crianças da comunidade de Saramandaia jogam futebol em um campo de terra batida (Antonio Cruz/Agência Brasil)

Sua população é de aproximadamente 80 mil pessoas (2% da população da capital baiana), majoritariamente de baixa renda.

É considerado um importante colégio eleitoral de Salvador, com cerca de quarenta mil eleitores.

Referências

  1. Bairro
  2. Jornal A Tarde, 28 de maio de 2000, apud Iracema Brandão Guimarães, Respostas Incertas e Demandas Urgentes na Experiência Popular. XXIV Encontro Anual da ANPOCS - Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Ciências Sociais. Grupo de Trabalho 05 - Família e Sociedade. Outubro de 2000.
  3. Polícia prende Coe, líder do tráfico em Saramandaia. Correio, 12 de abril de 2013
  4. Clima de violência assusta moradores de Pernambués. Correio, 25 de agosto de 2013.
  5. Acusado de mais de 20 mortes, traficante usa o terror para mandar no bairro da Saramandaia. O traficante comanda Saramandaia com mão de ferro. Aterrorizada, a comunidade evita até falar o seu nome. Correio, 3 de março de 2012.