TV Record Norte Fluminense

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde março de 2011).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.


TV Record Norte Fluminense
Rádio Jornal Fluminense de Campos Ltda.
Avenida Deputado Alair Ferreira, 201-A - Turf Clube. CEP: 28024-600
Cidade de concessão Campos dos Goytacazes, RJ
Canais
12 analógico
14 digital
Outros canais Cabo Frio - 12
Itaperuna - 13
Macaé - 21
Slogan Se tem Norte Fluminense, tem Record no ar (local)
Se tem Brasil, tem Record no ar(rede)
Rede Rede Record
Pertence a Central Record de Comunicação
Proprietário Edir Macedo Bezerra
Fundação 16 de julho de 1981 (33 anos)
Prefixo ZYB 516
Cobertura Noroeste, Norte Fluminense e Região dos Lagos
Redes anteriores Rede Globo
Rede Bandeirantes
Nome(s) anteriore(s) TV Norte Fluminense
Página oficial http://www.recordcampos.com.br/

TV Record Norte Fluminense (ou Record Campos) é uma emissora de televisão brasileira com sede na cidade de Campos dos Goytacazes, RJ. É uma emissora própria da Rede Record, e retransmite seu sinal através do canal 12 VHF para sua área de cobertura, a Record Campos é lider nos seus programas locais. Em janeiro de 2013 a emissora inaugurou uma nova sede na cidade de Macaé com estrutura para atender as necessidades dos telespectadores locais.

A Rede Record possui, ainda, outra emissora no estado, a Record Rio, canal 13 VHF da cidade do Rio de Janeiro.

História[editar | editar código-fonte]

A emissora foi fundada em 1981 como TV Norte Fluminense pelo deputado Alair Ferreira. Tornou-se desde o inicio afiliada da Rede Globo, situação esta que permaneceu por 15 anos.[1]

A partir de 1º de outubro de 1995 a TV Norte Fluminense tornou-se afiliada à Rede Bandeirantes de Televisão(Band).[2] A Rede Globo passou a ser exibida para Campos dos Goytacazes e região pela TV Serra+Mar (atual InterTV Serra+Mar), geradora sediada em Nova Friburgo.[3]

Em 16 de junho de 1997, a TV Norte Fluminense foi comprada pela Central Record de Comunicação e, logo depois, foi renomeada TV Record Norte Fluminense. Nesta época a emissora abrangia, aproximadamente, 18 municípios. Anos depois, a TV Record Norte Fluminense aumenta sua área de cobertura para cerca de 48 municípios, abrangendo as regiões Norte, Lagos e Noroeste do estado do Rio de Janeiro. Sendo suas principais cidades Campos dos Goytacazes, Macaé, Rio das Ostras e Cabo Frio.

Discurso de João Figueiredo[editar | editar código-fonte]

Meus Senhores:

Saúdo a TV Norte-Fluminense, em sua inauguração oficial, consciente do papel que hoje cabe à televisão como testemunha e agente de nosso processo de desenvolvimento econômico, social e político.

A televisão é um veículo capaz de ajudar a construir ou a destruir. Ao mostrar o que está sendo ou já foi feito, fornece implicitamente o exemplo e o ânimo para o que resta a fazer. Pela força viva da imagem, da notícia e da ficção, consolida ou enfraquece valores e idéias.

Presente no quotidiano de. milhões de lares brasileiros, pode reforçar ou debilitar, em cada espectador, a disposição e a vontade de trabalhar para melhorar sua própria condição de vida, e de integrar-se no esforço comum para superar as dificuldades do momento.

Tudo depende do conteúdo da mensagem. Da isenção e equilíbrio da análise. Da adesão e respeito aos válores básicos de nossa sociedade. Exorto a televisão a assumir em sua plenitude a responsabilidade desse seu inevitável compromisso com o futuro de nossa Pátria.

Dos anos 40 aos anos 80, em apenas duas gerações, passamos de 40 a 120 milhões de brasileiros. As^ estruturas sócio-econômicas e políticas do País se viram confrontadas com as crescentes pressões, nascidas principalmente dessa explosão demográfica.

A Revolução de 1964 encaminhou, com o mínimo de traumas, soluções pacíficas para aquelas pressões. Desde então, não cessamos de promover o desenvolvimento econômico-social do País, buscando encontrar e manter o difícil equilíbrio entre as disponibilidades de recursos e as exigências dos investimentos, de forma a satisfazer as justas aspirações de nqssa qrescente população a melhores condições de vida.

Ao mesmo tempo, preservamos no Brasil aquelas mesmas instituições democráticas de Governo que, no início da década de 1960, se viram seriamente ameaçados pela irresponsabilidade e pela conspiração d<: alguns e pela ingenuidade de muitos.

Por isso, aos arautos do pessimismo e da oposição sistemática, que pretendem lançar o descrédito sobre tudo o que, nestes 17 anos, a Revolução de 1964 tem realizado, podemos responder com os fatos. Aí está a epopéia de crescimento da gente, da Nação, da pátria brasileira. Aí estão as liberdades democráticas preservadas e fortalecidas.

Meus Senhores,

Outras nações viveram fases semelhantes, no passado, sem contar com instrumento tecnológico capaz de registrá-las. Hoje, singularmente, a televisão convive, no Brasil, com o fenômeno. A televisão brasileira tem diante de si a oportunidade e a responsabilidade históricas de registrar e de ajudar a promover esse momento. Como assinalei, ela é testemunha e agente do processo.

Conclamo os homens da televisão brasileira a mostrar, em toda sua verdadeira dimensão, a pujança do esforço em que nós, o Brasil, estamos empenhados. Ao fazer esse registro, fortalecem o sentimento e a consciência de que estamos construindo uma grande Nação.

Estou seguro de que a TV Norte-Fluminense e os homens que a integram corresponderão ao papel construtivo que têm de desempenhar, para o bem das populações a que vão servir.

Muito obrigado.

João Figueiredo - Presidente da República Campos (RJ), 16 de julho de 1981

Programação local[editar | editar código-fonte]

Repórteres[editar | editar código-fonte]

  • Daniele Santos (Campos)
  • Cláudia Eleonora (Campos)
  • Gisele Borba(Campos)
  • Dorlany Del'Esposti (Campos)
  • Marcelo Vidal(Campos)
  • Milena Macedo (Campos)
  • Manoela Borges (Macaé)
  • Anna Carolina Torres (Macaé)

Gerados da Record Rio[editar | editar código-fonte]

  • Balanço Geral RJ Manhã com Lívia Mendonça, jornalistico.
  • RJ no Ar com Alysson Lima, telejornal.
  • Cidade Alerta Rio com Ernani Alves, joranalismo policial.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Matéria paga no jornal Folha da Manhã, 21 de setembro de 1995
  2. Matéria paga no jornal Folha da Manhã, 21 de setembro de 1995
  3. Matéria paga no jornal Folha da Manhã, 21 de setembro de 1995
Ícone de esboço Este artigo sobre Televisão no Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Precedido por
TV Norte Fluminense
Canal 12 VHF de Campos dos Goytacazes
1997 -
Sucedido por
'