A32 (autoestrada)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


A 32 - Autoestradas de Portugal
Nome: Auto-Estrada do Entre Douro e Vouga
Traçado actual: Vale de Cambra - (Porto)
Traçado previsto: Vale de Cambra - (Porto)
Tráfego médio diário: 8 019[1] Ano: 2017 (Dez.)
A 32
34
Cruza com: Concessionário: Regime:
 A 1 ,  A 20 ,
 A 25 ,  A 41 ,
 A 44 , N 227, N 109,
N 223, N 224,
N 327
Ascendi Portagem
A32 em construção (Cesar - Oliveira de Azeméis).

A A 32 - Auto-Estrada de Entre Douro-e-Vouga[2] é uma auto-estrada portuguesa que liga Oliveira de Azeméis a Vila Nova de Gaia. Veio substituir a actual Estrada Nacional 1 / IC 2. A sua abertura ao tráfego ocorreu no dia 10 de Outubro de 2011.

A A32 constitui-se como uma nova radial externa ao centro da Área Metropolitana do Porto, para a sua região sudeste. Integra a Concessão Douro Litoral|Concessão do Douro Litoral. Esta nova auto-estrada atravessa os concelhos de Vila Nova de Gaia, Santa Maria da Feira e Oliveira de Azeméis, e está bastante próxima dos concelhos de São João da Madeira, Vale de Cambra e Arouca. Tem um perfil de 2x2 ou 2x3 vias.

A A32 foi originalmente pensada como via-rápida, alternativa à Estrada Nacional 1 no trajecto entre os Carvalhos e São João da Madeira, uma simples continuação para norte da variante (IC2) entre Oliveira de Azeméis e São João da Madeira. Posteriormente, foi decidido conferir a esta via o formato de auto-estrada e procederam-se a algumas alterações. Para que a via pudesse também servir os concelhos mais a interior, nomeadamente Vale de Cambra e Arouca, o percurso foi desviado ligeiramente para o interior, e estendido o seu percurso até à E.N.327. Após esta modificação, foi dado aval à última alteração no projecto, um pequeno prolongamento do trajecto de Oliveira de Azeméis até Vale de Cambra

O desenho actual A32 tem oito nós com portagens e atravessa 12 freguesias:Oliveira de Azeméis, Santiago de Riba-Ul, Ul, Macinhata da Seixa e Madail, Nogueira do Cravo e Pindelo, Macieira de Sarnes, Cesar, Milheirós de Poiares, Caldas de São Jorge e Pigeiros, Romariz, Lobão, Gião, Louredo e Guisande, Canedo, Vale e Vila Maior, Sandim, Olival, Lever e Crestuma, Pedroso e Seixezelo e Vilar de Andorinho.

Os oito nós da A32 são os seguintes, de sul para norte: nó com E.N.224(Oliveira de Azeméis), nó com E.R.327 (Vale de Cambra/Carregosa), nó com IC2 (S. João da Madeira/Feira), nó de Gião/Louredo, nó de Canedo, nó com A41 (Sandim), nó de Arnelas, e nó com o IP1 (ligeiramente a sul do nó IP1/A29).

A A32 seria uma via com especial importância para a zona sul e interior da Área Metropolitana do Porto. Porém, o valor cobrado nas portagens, mais elevado que as alternativas existentes, têm levado muitos potenciais utilizadores a preterirem-na em deterimento dos percursos pela E.N.1 (com muito trânsito, mas não oneroso) ou pelas autoestradas A1 e A29 (embora obriguem a deslocações ligeiramente maiores e tempos de percurso substancialmente mais elevados).

A autoestrada que custou 11 milhões por quilómetro (386 milhões, no total) tem tido um tráfego muito abaixo do esperado[3].

Estado dos troços[editar | editar código-fonte]

Troço Situação km
 A 20  - Porto (A1 Lisboa) Em serviço (Concessão: Douro Litoral)
Abertura ao tráfego: 2011
34,7

Perfil[editar | editar código-fonte]

Troço Perfil Extensão
 A 20  - Olival
Spain traffic signal s11b.svg
6 km
Olival -  A 41 
Spain traffic signal s11a.svg
4 km
 A 32  - São João da Madeira/Vale de Cambra
Spain traffic signal s11b.svg
12 km
São João da Madeira/Feira - Oliveira de Azeméis
Spain traffic signal s11a.svg
12 km

Valor das portagens a pagar[editar | editar código-fonte]

Origem/Destino N 224
Oliveira de Azeméis (centro)
R 327
Oliveira de Azeméis (nordeste)
São João da Madeira/Feira Gião
Louredo
Canedo Olival PV
N 227
Vale de Cambra (centro)
---- € 0,20 € 0,95 € 1,45 € 1,80 € 2,95
N224
Oliveira de Azeméis (nordeste)
€ 0,20 ---- € 0,75 € 1,25 € 1,60 € 2,75
São João da Madeira/Feira € 0,95 € 0,75 ---- € 0,50 € 0,85 € 2,00
Gião
Louredo
€ 4,45 € 3,25 € 2,50 ---- € 1,35 € 1,55
Canedo € 1,80 € 1,60 € 0,85 € 0,35 ---- € 1,15
Olival PV € 2,95 € 2,75 € 2,00 € 1,50 € 1,15 ----

Nesta barreira de portagem a taxa é fixada em função da classe dos veículos e da barreira de portagem, não tendo em conta o percurso efectuado. Neste caso, a cobrança é efectuada à entrada ou à saída, independentemente do percurso efectuado.

Origem/Destino Olival (nó)
Porto
 A 20 
€ 0,50
Olival PV € ----

Notas e Referências

  1. Relatório de Tráfego na Rede Nacional de Autoestradas – 4.º trimestre de 2017 (PDF) (Relatório). Instituto de Mobilidade e dos Transportes. Fevereiro de 2018. p. 44. Consultado em 18 de Maio de 2018 
  2. «Cópia arquivada». Consultado em 26 de agosto de 2009. Arquivado do original em 14 de julho de 2014 
  3. «Autoestrada que custou 386 milhões está às moscas»