Aaron (The Walking Dead)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Aaron
Personagem fictícia de The Walking Dead
Aaron HQ.jpg
Sexo Masculino
Ocupação Recrutador
Criado por Robert Kirkman
Tony Moore
Romance(s) Eric Raleigh[1]
Primeira aparição Edição #67 (quadrinhos)
"Them" (televisão)
Última aparição Presente
Interpretado por Ross Marquand[2]
Internet Movie Database IMDb

Aaron é um personagem fictício da série em quadrinhos The Walking Dead, interpretado por Ross Marquand na série de televisão de mesmo nome. Ele é um dos recrutadores da comunidade de Alexandria e uma das principais figuras do lugar. Aaron tem sua aparição inicial na edição 67 da série em quadrinhos e na 5ª temporada da série de televisão.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Quadrinhos[editar | editar código-fonte]

Aaron é um recrutador da comunidade de Alexandria, ele aparece pela primeira vez quando se comunica com o grupo de Rick e fala sobre sua comunidade. Ele e seu companheiro Eric ficaram vigiando o grupo de longe por vários dias, até que decidiram levá-los para lá.[3] Embora inicialmente os sobreviventes desconfiaram de Aaron e do que ele dissera, decidiram ir até Alexandria e conhecer o que Aaron estava propondo a eles. Quando eles chegam ali, são levados ao líder da comunidade, Douglas Monroe, que após conversar com cada um deles, fica com receio de aceitá-los ali. Aaron conversa com Douglas e os defende, pois tem certeza de que são pessoas boas e que vão ajudar a comunidade, e Douglas permite que eles habitem ali. A partir daí, Aaron e Rick estabelecem grande confiança entre si.[4]

Alguns dias depois da chegada do grupo, Eric (o namorado de Aaron) tenta recrutar uma mulher na periferia de Washington, e é roubado e esfaqueado por ela. Aaron consegue encontrá-lo e levá-lo de volta para a comunidade, onde ele é socorrido pela médica Denise Cloyd. Após esse trauma, Aaron e Eric decidem parar de recrutar pessoas para a comunidade, para a segurança dos recrutadores e dos que habitam ali.

Alguns dias depois, a comunidade é invadida por uma horda de zumbis e várias pessoas dali são mortas, inclusive o líder Douglas Monroe e Rick assume o lugar deste. Aaron e Eric começam a tomar conta das provisões de Alexandria e de assegurar que cada um tenha uma função, visando o progresso da comunidade. Eles também decidem treinar com o grupo de Rick a matar zumbis e sair da comunidade para pegar suprimentos.

O tempo passa e a comunidade é atacada por outro grupo, os Salvadores. Estes matam várias pessoas ali (como Abraham, Glenn e Spencer) e tomam posse de metade de tudo que a comunidade produz. Após serem oprimidos durante muito tempo por Negan, líder dos Salvadores, Rick e outras comunidades se juntam para guerrear contra eles. Aaron e Eric decidem se juntar a Rick nessa guerra e formar a milícia, um exército composto por muitos membros de Alexandria, Hilltop e o Reino. Durante essa guerra, Eric é morto, deixando Aaron devastado e em estado de extrema depressão. Sua tristeza rapidamente se transforma em fúria, e ele se junta novamente à milícia, jurando matar a todos os membros restantes dos salvadores, a fim de vingar a morte de Eric. Rick e a milícia vencem os Salvadores, predem Negan e libertam os sobreviventes dali que se tornaram aliados a eles na guerra.

Dois anos se passam, Aaron superou a morte de Eric e continua sendo um membro produtivo da comunidade.

Série de TV[editar | editar código-fonte]

Aaron sendo interpretado por Ross Marquand, na série de televisão.

Quinta temporada[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: The Walking Dead (5ª temporada)

Aaron é visto pela primeira vez na quinta temporada da série de televisão. Ele é um recrutador da comunidade de Alexandria e, inicialmente, aparece à Maggie e Sasha dizendo que quer conversar com Rick. Elas o levam até ele e Aaron diz que vem seguindo o grupo há algum tempo para decidir se eles devem ou não serem convidados para um teste de adesão à comunidade. O grupo é inicialmente hostil com ele, mas decidem ir à sua comunidade. No caminho, Aaron, Glenn, Rick e Michonne são atacados por vários zumbis na estrada e perdem o carro em que estão. Aaron vê um sinalizador e fica preocupado, pois sabe que é seu namorado Eric que está em perigo. O resto do pessoal de Rick (que estão em um ônibus) consegue chegar até Eric primeiro e o ajuda, e, logo em seguida, Aaron e os demais chegam até ele. Aaron vê que seu namorado está bem e fica aliviado, o grupo decide passar a noite ali e ir para Alexandria na manhã do dia seguinte. Chegando lá, eles vêem que Aaron não mentiu em nada e são aceitos na comunidade. Em seguida, Aaron induz Daryl a tomar o lugar de Eric e ajudá-lo a encontrar mais pessoas para trazer para Alexandria. Em uma de suas buscas, Aaron e Daryl caem em uma armadilha e são salvos por Morgan, levando-o para a zona de segurança.

Sexta temporada[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: The Walking Dead (6ª temporada)

Com o passar do tempo, Aaron se aproxima mais de alguns membros do grupo de Rick. Ele se torna amigo de Maggie, sendo a primeira pessoa (depois de Glenn) a tomar conhecimento de sua gravidez. Quando um grupo de sobreviventes assassinos invadem a comunidade e matam muitas pessoas ali, Aaron se junta a Rosita e defende a comunidade, matando os intrusos. Depois que o massacre aconteceu, Aaron encontra sua mochila (que contém informações da comunidade e fotos desta) com um dos invasores, então ele se lembra que a perdeu quando caiu na armadilha com Daryl e se sente culpado pelas mortes dos membros da comunidade. Assim que eles conseguem lidar com os Wolfes (grupo dos sobreviventes assassinos) uma horda de zumbis vai para a comunidade. Eles conseguem entrar por uma parte do muro que caiu e matam vários sobreviventes, inclusive Deanna Monroe, a líder de Alexandria. Aaron e os demais lutam contra os zumbis e vencem-os depois de quase uma noite inteira.[5]

Rick se torna o novo líder da comunidade e uma nova ameaça aparece, Negan e os Salvadores. Aaron ajuda Rick a matar alguns dos Salvadores, pois acreditavam que eram poucos, porém Negan possui dezenas de subgrupos de sobreviventes armados. Maggie começa a passar mal, por conta da gravidez, e Rick, Aaron e outros sobreviventes decidem levá-la até Hiltop, porque ali há um médico experiente. O grupo de Negan bloqueia todas as estradas que ligam as duas comunidades e faz uma armadilha, na qual os Salvadores apanham Rick, Carl, Daryl, Glenn, Maggie, Michonne, Sasha, Abraham, Eugene, Rosita e Aaron. Negan finalmente aparece, põe todos de joelhos, escolhe dois dos sobreviventes (Abraham e Glenn) e os mata a golpes de Lucille (nome dado ao seu taco de beisebol com arame farpado enrolado), destruindo suas cabeças por completo, assim como nos quadrinhos.[6]

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Referências

  1. Kelly (24 de fevereiro de 2015). «Ross Marquand fala sobre interpretar o primeiro casal gay masculino da série». The Walking Dead Brasil. Consultado em 28 de julho de 2016 
  2. Kelly (15 de janeiro de 2015). «Ross Marquand se junta ao elenco de The Walking Dead». The Walking Dead Brasil. Consultado em 28 de julho de 2016 
  3. Fausto (16 de fevereiro de 2015). «Aparição de Aaron (HQ X Série de TV)». The Walking Dead Brasil. Consultado em 28 de julho de 2016 
  4. Fausto (4 de março de 2015). «Conheça os habitantes de Alexandria». The Walking Dead Brasil. Consultado em 28 de julho de 2016 
  5. «Resumo da primeira parte da 6ª temporada de The Walking Dead». Mulheres Geeks. Consultado em 29 de julho de 2016 
  6. Fausto (4 de abril de 2016). «Quem foi morto por Negan?». The Walking Dead Brasil. Consultado em 29 de julho de 2016