Maggie Greene

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Maggie Greene
Personagem fictício de The Walking Dead
Maggie Greene (HQ).png
Sexo Feminino
Família Glenn (namorado/marido em quadrinhos, namorado/noivo na série de TV, falecido)
Hershel Greene (Pai nos quadrinhos e na série de TV)
Sophia Peletier (filha adotiva em quadrinhos)
Hershel Greene Jr. (filho nos quadrinhos)
Josephine Greene (mãe na série de televisão)
Beth Greene (irmã na série de televisão)
Annette Greene (madrasta em série de TV)
Shawn Greene (irmão em quadrinhos, meio-irmão na série de TV)
Billy Greene (irmão em quadrinhos)
Lacey Greene (irmã em quadrinhos)
Arnold Greene (irmão em quadrinhos)
Rachel Greene (irmã em quadrinhos)
Susie Greene (irmã em quadrinhos)
Criado por Robert Kirkman
Charlie Adlard
Primeira aparição Edição #10 quadrinhos
"Bloodletting série de televisão}
Interpretado por Lauren Cohan
Internet Movie Database IMDb

Maggie Greene é um personagem fictício da série de quadrinhos The Walking Dead, interpretada por Lauren Cohan na série de televisão de mesmo nome. Ela é a filha mais velha de Hershel Greene e namorada de Glenn. Nos quadrinhos, ela finalmente se torna a esposa de Glenn e tem um filho com o mesmo, também assume o papel de ser uma mãe de aluguel para Sophia Peletier após o suicídio da mãe biológica da menina. Na série após a morte de Glenn, Maggie passa a usar "Rhee" no seu nome, sobrenome de Glenn, substituindo o "Greene".

Biografia[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Quadrinhos[editar | editar código-fonte]

Maggie Greene é a filha do meio de Hershel, uma jovem rebelde e independente, mesmo abandonando a faculdade. Ela, sua família e seus amigos estavam barricados dentro da fazenda por Hershel e ficou isolada, dependendo unicamente de seus recursos para casa sem saber o que estava acontecendo no mundo exterior.

Ela rapidamente se afeiçoou a Glenn quando o grupo de Atlanta chega na fazenda, e os dois começam a ter uma série de encontros sexuais, enquanto seu pai não tem conhecimento do relacionamento.[1] O relacionamento deles se desenvolve gradualmente mais sério e sincero a cada dia, e os dois dependem de um ao outro. Depois de um massacre no celeiro que tira a vida de alguns de seus irmãos, o grupo de Glenn é expulso da fazenda de Hershel, no entanto, ela convence seu pai a deixá-lo ficar, para sua recusa inicial, devido ao fato de que ele pegou os dois juntos anteriormente. Enquanto os dias passam, após a saída do grupo, a família Greene percebe as estruturas em enfraquecimento nas instalações. Tão logo Rick volta para eles e convence Hershel para levá-los a viver com o grupo em uma prisão abandonada a milhas longe dali, que haviam recentemente limpa de zumbis e está segura. Maggie e Glenn continuam seu caso na prisão, constantemente fazendo sexo em lugares abertos.

Outra tragédia Maggie e o resto de sua família, quando suas duas irmãs mais jovens são brutalmente assassinadas por um dos presos restantes, que é revelado para ser um psicopata. A família permanece perto e em um profundo estado de depressão por um longo período de tempo. Ela inicialmente tenta romper seu relacionamento com Glenn, paranóica com a idéia de que o padrão de morte contínuará entre seus entes queridos até chegar a Glenn. Ela decide na última hora continuar a agarrar-lo depois que ele a convence de que ele vai ajudá-la a superar as mortes. Quando o preso responsável por matar suas irmãs está preparado para ser enforcado no pátio, Maggie atira-lhe a morte a sangue frio.

Por causa de sua conexão aprofundada interpessoal e a dependência emocional em Glenn. ela se casa com Glenn, em uma cerimônia realizada por Hershel.[2] Maggie anseia por uma criança, mas a ideia é rejeitada por Glenn e Hershel quando lembrá-la da realidade cruel que eles estão vivendo. Apesar disso, no entanto, ela ainda mantém a esperança de que ela vai ser capaz de ter um filho. Porém seu desejo de ser mãe, se realizou quando ela adotou Sophia após a morte da mãe da garota Carol.

Quando o exército de Woodbury desce para a prisão e começa seus ataques, Maggie, Glenn e outros membros fogem do lugar e voltam para a fazenda. Durante esse período, Maggie se aproxima mais de Sophia. Após se reunir com Rick e os outros, ela tem uma notícia trágica ao saber das mortes de Hershel e Billy durante o ataque, o que resulta em seu naufrágio em uma depressão profunda, tendo lembranças deles ao redor da fazenda.[3] Glenn tenta consolá-la em toda essa fase difícil, e enquanto viajavam com o grupo liderado pelo Sargento Abraham Ford, para Washington DC, ela foge para a floresta em uma noite e se enforca.[4] Ela é, no entanto, resgatada por Glenn e Abraham e ressuscitada com sucesso.

Ela se esforça para convencer o grupo de que ela está bem, e começa a sentir que ela tem a esconder-se emocionalmente de Glenn. Glenn garante que ela não deve ter nada a esconder dele, e lembra de seu amor por ela. Suas palavras provam à não ser suficientes no entanto, quando eles chegam na Zona Segura de Alexandria, onde ela está se tornando cada vez mais distante dele. A situação torna-se ainda mais tensa, quando Glenn opta por começar a sair em rondas perigosas arriscado-se com o colega Heath. Maggie teme por seu bem-estar e se recusa a assumir o risco de perdê-lo, vendo como ele se tornou parte de sua vida, desde as mortes de Hershel e Billy. Depois de muitos eventos extenuantes na Zona Segura de Alexandria, ela e Glenn finalmente têm uma boa notícia, quando ela é contada pela Dra. Denise Cloyd que está grávida (para grande surpresa do casal).

Temendo um novo ataque depois dos Salvadores tentarem derrubar os muros para entrarem na comunidade, Glenn convence Maggie a deixar a comunidade com ele e Sophia, e seguir em direção a Colônia Hilltop, que ele acredita ser um lugar muito mais seguro. Mais tarde eles são emboscados pelos Salvadores, enquanto acampados durante a sua viagem, e ela é forçada a assistir Glenn ser violentamente espancado até a morte enquanto chamava seu nome.

Ela é inicialmente amarga e ressentida com Rick poe não ter protegido Glenn, e furiosamente bate nele antes de ser parada com uma arma por Carl. Mais tarde, ela é capaz de chegar à paz com Rick, e decide ficar para trás em Hilltop com Sophia como o plano original de Glenn.

Maggie voltou à estabilidade e continuou concentrando-se em seus deveres parentais com Sophia, ainda lamentando a perda de Glenn. Ela faz amizade com uma mulher da comunidade que também perdeu sua família. Ela faz visitas regulares ao médico da comunidade, que atualiza-la com a condição do bebê.

Quando os salvadores estão em seu auge de terror, causando medo nas pessoas de todas as comunidades, Maggie tenta acalmar as pessoas de Hilltop durante um discurso seu. A mulher revelar confiar em Rick Grimes e pelo o que ele estava fazendo para acabar com a guerra entre o grupo de Negan e detesminadas comunidades inimigas desse grupo, incluindo Hilltop. Após o fim da guerra contra esses marfiosos Maggie se torna, por escolha do povo, a nova líder de Hilltop, depois que seu líder, Gregory, traiu sua comunidade ao se contrabandear para o lado de seus inimigos.

Durante dois anos, a comunidade de Hilltop cresceu muito sob as ordens de Maggie que agora já era mãe de Hershel Jr. nome dado ao seu bebê em homenagem a seu pai. Porém, Maggie é vítima de um golpe de estado por Gregory, que coloca veneno em uma bebida para ela, com esperanças de se tornar líder novamente. Maggie consegue sobreviver e como punição manda enforcar Gregory na frente de toda sua população.

Série de TV[editar | editar código-fonte]

Lauren Cohan interpretando a personagem Maggie Greene.

Segunda Temporada[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: The Walking Dead (2ª temporada)

Maggie é apresentada como filha mais velha de Hershel. Ela cresceu na fazenda de seu pai durante toda a vida e sofreu a perda de sua mãe em uma idade jovem. Ela nutria algum ressentimento, e se tornou rebelde, quando Hershel se casou novamente e teve uma segunda filha, no entanto, ela aceita sua nova família. À medida que o surto começou, a família Greene e seus amigos foram mantidos barricados dentro da fazenda de Hershel. Ela freqüentemente fez alimentos para todos.

Logo após os sobreviventes de Atlanta se refugiarem na fazenda, sua admiração por Glenn constrói devido a sua coragem e seus traços de personalidade. Ela e Glenn compartilham alguns momentos de ternura na fazenda antes que ela finalmente ter relações sexuais com ele dentro de uma farmácia local durante o primeiro abastecimento que correm juntos. Glenn está em êxtase porque acredita que este seja o início de um relacionamento, no entanto Maggie continuamente insistindo que foi só uma vez. Ela também tenta manter a verdade escondida de seu pai, embora ele mesmo logo começa a suspeitar que algo acontece entre os dois. Seus sentimentos por Glenn ficam mais fortes depois que ele a salva de um zumbi durante outra corrida de alimentação. Os dois têm um relacionamento dentro e fora de todo o resto da temporada, mas ambos são capazes de superar os obstáculos em seu caminho e se reconciliar. Após a fazenda ser invadida e vidas serem perdidas, o grupo de sobreviventes eles ficam a depender uns dos outros. E na estrada, Glenn declara seu amor por ela para mantê-la viva.

Terceira Temporada[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: The Walking Dead (3ª temporada)

Oito meses depois, ela tem crescido cada vez mais eficiente na luta contra zumbis. Seu relacionamento com Glenn continua a ser estável e apaixonado. Enquanto em uma corrida de alimentação, ela e Glenn são emboscados e capturados por Merle e levado para Woodbury para interrogatório, onde Glenn é torturado e ela é forçada a retirar sua roupa para o governador e é ameaçada de estupro (em sua tentativa de levá-la a divulgar a localização do seu acampamento, que ela eventualmente faz quando ele ameaça acabar com a vida de Glenn). Logo depois, o grupo de Rick volta para Woodbury, conseguindo resgatar tanto Glenn e Maggie. Maggie fica longe de Glenn inicialmente, querendo espaço, mas os dois acabam à se reconciliar. Mais tarde, Glenn propõe um noivado, e Maggie aceita. Logo depois, Maggie participa na defesa da prisão contra o Exército de Woodbury, ela se escondeu na passarela da prisão com um equipamento anti-motim, e atirou-os com uma metralhadora. Ela então fica de volta à prisão para defendê-la, enquanto Rick, Daryl e Michonne buscam o governador em uma tentativa de acabar com ele. Eventualmente, quando eles voltam, ela e o restante de seu grupo, ajuda os residentes sobreviventes de Woodbury a se instalar na prisão.

Quarta Temporada[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: The Walking Dead (4ª temporada)

Após seis meses depois desse ataque, a prisão fica mais fortificada com a ajuda dos Woodburianos, e o relacionameto de Maggie e Glenn agora é conjugal. Ela expressa seu desejo de ter um filho com o homem, porém isso não é aceito por Glenn, devido que seria muito perigoso uma criança vir ao mundo naquela situação, e que ele não queria que ela tivesse o mesmo destino de Lori Grimes (morta durante o parto de sua filha Judith). Essa conversa foi bem aceita por Maggie. Quando uma gripe desconhecida aparece na prisão causando a morte de várias pessoas, Maggie demonstra-se bastante preocupada, devido a Glenn se infectar com a doença e seu pai se arriscar a ajudar as pessoas infectadas, pondo em risco sua vida.

Quando a virose acaba, Maggie e sua irmã Beth sofrem uma trágica perda, quando Hershel morre nas mão do governador, quando este último apareceu novamente na prisão com seu exército a fim de conseguir o lugar. Maggie se separa de sua irmã e de Glenn, quando o ataque fica fora de controle. Ela sem encontrá-los, é obrigada a fugir com Sasha e Bob Stookey, do tiroteio, onde passa um bom tempo com eles perdidos dos outros, até se reagrupar com Glenn novamente e com o novo grupo dele composto por Abraham Ford, Rosita Espinosa, Eugene Porter e Tara Chambler. Maggie junto com eles, segue para uma comunidade chamada Terminus aprocura de segurança. Porém ao chegarem lá, são emboscados e aprisionados em um vagão de trem.

Quinta Temporada[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: The Walking Dead (5ª temporada)

Após conseguir fugir de Terminus, com ajuda de Rick que consegue se reagrupar com seus companheiros, Maggie e os outros vão parar em uma igreja ainda administrada pelo padre Gabriel Stokes. O grupo ainda enfrenta os canibais de Terminus onde elimina-os rápido. Mais tarde, ela decide seguir para Washington DC, junto com o novo grupo de Glenn deixando para trás Rick e seus antigos amigos. No caminho, Maggie demonstra sua preocupação com os que ficaram para trás e é consolada por Glenn a todo momento, e ela também demonstra fidelidade a Eugene quando ele revela não ser cientista para o choque de todos, que o renegaram. Ao voltarem para a igreja, Maggie recebe uma notícia de Michonne sobre sua irmã que foi encontrada viva em um hospital em Atlanta. A mulher segue com todos para Atlanta onde ao chegar lá, descobre que Beth foi morta e fica extremamente abalada.

Após sairem da cidade, e continuarem seguindo para Washington atrás de segurança, Maggie entra em um começo de depressão, mais sendo confortada a todo momento por Glenn. Quando eles chegam na Zona Segura de Alexandria, Maggie consegue recuperar suas força de continuar lutando para viver, e passa a ajudar a líder do lugar, Deanna Monroe, como sua assistente de liderança.

Sexta temporada[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: The Walking Dead (6ª temporada)

Quando Rick reúne os cidadãos para uma reunião sobre uma grande horda de zumbis nas redondezas de Alexandria. Maggie tentou participar da equipe que iria levar os caminhantes para longe da comunidade, porém, Glenn decide que era melhor ela ficar na cidade para proteger Deanna. Dias depois, quando Glenn e vários outros saíram para deter os zumbis, Maggie leva Deanna para fora dos muros, planejando um futuro cultivo de legumes. Durante a escavação dos primeiros buracos para o plantio, uma gangue chamada "Os Lobos" invadem a comunidade e passa a matar as pessoas. Maggie após deixar Deanna com Spencer, sai pelas ruas matando os invasores. Horas depois, com o fim do ataque, Maggie recebe a notícia de que Glenn poderia está morto, por Michonne que volta da missão dos zumbis. Em seguida, ela fica chocada quando Rick surge em Alexandria, sendo seguido por vários zumbis. Maggie tenta ir a procura de Glenn escondida, mas seu plano é descoberto por Aaron, onde ela acaba revelando-o que estava grávida. No entanto, no dia seguinte, enquanto se encontrava em seu posto de vigia, ela avista balões verdes voando no céu, e acreditar ser um sinal de vida de Glenn, e corre até Rick bastante feliz. De repente, ela vê horrorizada como a torre de vigia cai em cima dos muros, permitindo a entrada dos zumbis na comunidade. Ela consegue se salvar dos caminhantes, subindo em seu posto de vigia.

Maggie é salva por Enid e Glenn que surgiram na comunidade invadida, eles então ajudam todos os moradores a matar os morto-vivos. No dia seguinte, ela vai até a enfermaria, e recebe cuidados de seu marido já ciente de sua gravidez. Meses depois, quando Alexandria estava sob escassez de alimentos, Maggie e seu grupo descobre a existência da Colônia Hilltop graças a Paul "Jesus" Rovia, comunidade que seria a salvação de Alexandria. Após fechar um acordo com o líder Gregory, onde Maggie e seu grupo só iriam receber a metade da produção de Hilltop, caso acabem com um grupo de bandidos que põe medo na comunidade chamado "Os Salvadores", a mulher e seu grupo aceita matar a gangue. Quando conseguiram aniquilar um dos vários grupos dos salvadores como prometido, estes bandidos por sua vez não deixaram barato, e durante uma viagem em que Maggie e seu grupo estava indo para Hilltop, a gangue conseguiram capturá-los e colocá-los na presença do líder Negan. Negan explica que o grupo terá que trabalhar para ele caso queriam ficarem vivos, mas como forma de punição por matar vários de seus homens, o vilão escolheu um dos sobreviventes que não é revelado, e o mata com golpeadas na cabeça usando seu taco de beisebol Lucille". O escolhido só seria revelado no primeiro episodio da sétima temporada.

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Referências

  1. The Walking Dead #11 (Julho de 2004)
  2. the Walking Dead #37 (Maio de 2007)
  3. The Walking Dead #48 (Abril de 2008)
  4. The Walking Dead #56 (Dezembro de 2008)

Links Externos[editar | editar código-fonte]