Association Football Club Wimbledon

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
AFC Wimbledon
New AFC Wimbledon Logo.png
Nome Association Football Club Wimbledon
Alcunhas The Dons, The Wombles
Mascote Haydon
Principal rival Milton Keynes Dons
Fundação 30 de maio de 2002 (19 anos)
Estádio Kingsmeadow
Capacidade 4.850
Localização Londres, Reino Unido
Presidente Erik Samuelson
Treinador Mark Robinson
Patrocinador Sports Interactive
Material (d)esportivo Puma
Competição League One
Website [1]
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
editar

Association Football Club Wimbledon, também chamado de AFC Wimbledon, é um clube inglês de futebol, sediado em Kingston upon Thames, sudoeste de Londres, e joga na League One, a terceira divisão do futebol inglês, desde sua promoção em 2016. O estádio do clube é o Kingsmeadow, compartilhado com o Kingstonian FC e o Chelsea Ladies Football Club desde 2017.

O clube foi fundado em 2002 por torcedores do extinto Wimbledon FC após a Football Association realocar o clube para Milton Keynes em Buckinhamshire, cerca de 90 quilômetros ao norte de Wimbledon. A maioria dos torcedores se opuseram a esta mudança, alegando que ir pra longe da cidade natal apagaria seu legado e tradições.[1][2][3] O Wimbledon FC se mudou em 2003 e virou o Milton Keynes Dons em 2004.[2][4]

Quando o clube foi formado, ele se afiliou às Associações de Futebol de Londres e Surrey, e entrou na Premier Division da Combined Counties League, que faz parte da nona divisão do futebol inglês. O clube foi promovido seis vezes em treze anos, da nona divisão para a terceira.

O AFC Wimbledon atualmente ocupa o recorde de maior série imbatível em jogos profissionais das ligas inglesas, com 78 partidas sem derrotas entre fevereiro de 2003 e dezembro de 2004.[5] É ainda o primeiro clube fundado no século XXI a entrar na Football League.[6]

Em dezembro de 2017 o clube conseguiu a permissão final para construir um novo estádio no lugar do Wimbledon Stadium, apenas a 230 metros do Plough Lane, casa do Wimbledon FC desde 1991. Planeja ter seu estádio pronto para a temporada 2020-21. Com a capacidade para 9 mil lugares, tem a opção de aumentar para 20 mil futuramente.[7][8]

História[editar | editar código-fonte]

Fundação[editar | editar código-fonte]

Em 28 de maio de 2002, a FA aprovou uma decisão de uma comissão de arbitragem de três pessoas que havia indicado para permitir a mudança do Wimbledon FC para a nova cidade de Milton Keynes em Buckinghamshire; uma decisão influenciada, dentre outros fatores, por um pedido do presidente do clube Charles Koppel, que alegou ser necessário para o clube não falir.[9] A FA proibiu qualquer direito de apelação contra a decisão.

Embora a ausência de um terreno em Milton Keynes que atendesse aos critérios da Football League significasse que o clube não podia se mover fisicamente por mais de um ano, grandes protestos organizados contra a decisão continuaram sendo realizados pelo apoio local tradicional de Wimbledon e por um boicote aos jogos em casa do clube no Selhurst Park, as atenções diminuíram imediatamente.[10]

Após o anúncio da decisão da FA, um grupo de torcedores do Wimbledon FC liderados por Kris Stewart e pelos membros fundadores Marc Jones e Trevor Williams reuniu-se no pub The Fox and Grapes em Wimbledon Common para planejar o que deve ser feito a seguir como parte do protesto. Foi acordado que, como não havia direito de apelar, a única opção era recomeçar o clube do zero. Em 30 de maio de 2002, a ideia foi apresentada em uma reunião da Associação de Torcedores Independentes de Wimbledon para criar um novo clube comunitário chamado AFC Wimbledon e um pedido de fundos foi lançado.[11][12]

Em 13 de junho de 2002, um novo técnico, uma faixa de jogo e um emblema baseados no Wimbledon FC original, e um estádio foram apresentados aos torcedores e à imprensa no lotado Wimbledon Community Center.[13] A fim de reunir uma equipe competitiva em um prazo muito curto, o AFC Wimbledon realizou testes com jogadores em 29 de junho no Wimbledon Common, aberto a qualquer jogador independente que considerasse que era bom o suficiente para tentar a equipe.[14] O evento atraiu 230 jogadores esperançosos, dos quais a equipe do clube para a temporada inaugural foi finalmente escolhida.[12]

Ligas regionais (2002-2011)[editar | editar código-fonte]

Combined Counties League (2002–2004)[editar | editar código-fonte]

Na temporada 2002-03, o AFC Wimbledon competiu na Combined Counties League Premier Division, sob a administração do antigo jogador do Wimbledon FC Terry Eames, nomeado em 13 de junho de 2002.[15] O primeiro jogo de todos os tempos, um amistoso de pré-temporada contra o Sutton United em 10 de julho, resultou em uma derrota de 4 a 0 diante de uma multidão de mais de 4 mil pessoas.[16] No final de sua temporada de estreia, o clube terminou em terceiro no campeonato e por pouco não conseguiu a promoção para a Isthmian League First Division, apesar de um forte final de temporada que envolveu a vitória dos 11 jogos finais da liga.[17]

Em 2003-04, venceu seus primeiros 21 jogos da liga antes de um empate por 2 a 2 contra o Sandhurst Town em 10 de janeiro de 2004, dando a eles 32 vitórias consecutivas em jogos da liga ao longo de duas temporadas. O treinador Terry Eames foi suspenso em 13 de fevereiro e demitido cinco dias depois por causa de uma má conduta grosseira, depois que foram produzidas evidências que demonstravam que ele primeiro fez representações não autorizadas e falsas a vários membros da equipe técnica, segundo que ele havia informado falsamente os membros da equipe técnica que o clube havia decidido não apoiar seus planos para o futebol juvenil e exigia que ele fizesse cortes orçamentários imediatos e, em terceiro lugar, que ele dispensava os serviços dos membros da equipe técnica citando razões falsas.[18] O auxiliar Nick English assumiu o comando com efeito imediato. A equipe acabou por terminar como campeã do Combined Counties League com um recorde de invencibilidade de 42 vitórias e 4 empates.[19] O clube também ganhou a Premier Challenge Cup batendo na final disputada no dia 30 de abril o North Greenford United por 4 a 1, conseguindo 2 troféus na temporada.[20]

Elenco[editar | editar código-fonte]

  • Capitão Capitão


Goleiros
N.º Jogador
1 Inglaterra Nathan Trott
21 Inglaterra Joe Day
Defensores
N.º Jogador Pos.
2 Inglaterra Luke O'Neill Z
4 Inglaterra Rod McDonald Z
5 Inglaterra Will Nightingale Capitão Z
6 Inglaterra Terell Thomas Z
26 Dinamarca Mads Bech Sørensen Z
30 Inglaterra Paul Kalambayi Z
32 Inglaterra Huseyin Biler Z
18 Inglaterra Nesta Guinness-Walker LE
37 Inglaterra Paul Osew LE
Meio-campistas
N.º Jogador Pos.
7 Inglaterra Scott Wagstaff M
8 Inglaterra Anthony Hartigan M
11 Inglaterra Mitchell Pinnock M
12 Inglaterra Jack Rudoni M
19 República da Irlanda Shane McLoughlin M
23 Inglaterra Max Sanders M
33 República da Irlanda Callum Reilly M
40 Inglaterra Anthony Wordsworth M
Atacantes
N.º Jogador
9 Gana Kwesi Appiah
10 País de Gales Adam Roscrow
17 França Julien Lamy
39 Inglaterra Joe Pigott
Comissão técnica
Nome Pos.
Inglaterra Mark Robinson T

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

  1. «Wayback Machine» (PDF). 19 de novembro de 2004 
  2. a b White, Jim (11 de janeiro de 2003). «Pitch battle». The Guardian (em inglês). ISSN 0261-3077 
  3. «Dons get Milton Keynes green light» (em inglês). 28 de maio de 2002 
  4. «AFC Wimbledon | The Club | Honours». 5 de dezembro de 2007 
  5. «AFC Wimbledon set English record» (em inglês). 13 de novembro de 2004 
  6. «The REAL Wimbledon are promoted to the football league» (em inglês). 22 de maio de 2011 
  7. «AFC Wimbledon can build new stadium at Plough Lane after council agreement». BBC Sport (em inglês). 13 de dezembro de 2017 
  8. «Home Sweet Home» (em inglês) 
  9. Bose, Mihir (16 de agosto de 2001). «Inside Sport: Hammam cast in villain's role as Dons seek happy ending» (em inglês). ISSN 0307-1235 
  10. «Beds, Herts & Bucks News - BBC News» (em inglês) 
  11. Jackson, Jamie (30 de julho de 2011). «AFC Wimbledon feel 'sense of wonder' after odyssey to Football League». The Guardian (em inglês). ISSN 0261-3077 
  12. a b «AFC Wimbledon A Local Football Clubs History». 27 de fevereiro de 2014 
  13. Buckley, Will (14 de julho de 2002). «A club is born». The Guardian (em inglês). ISSN 0261-3077 
  14. «A Brief History of Local Football - Merton Council». 27 de março de 2010 
  15. Buckley, Will (14 de julho de 2002). «A club is born». The Guardian (em inglês). ISSN 0261-3077 
  16. «AFC Wimbledon | Match report | Sutton United vs. AFC Wimbledon (10th July 2002)». 5 de dezembro de 2007 
  17. «AFC Wimbledon | Matches | Archive». 11 de novembro de 2007 
  18. «Non-League Notebook» (em inglês). 20 de fevereiro de 2004 
  19. «AFC Wimbledon | Matches | Archive» 
  20. «AFC Wimbledon | Match report | AFC Wimbledon vs. North Greenford United (30th April 2004)»