Castro Daire

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Castro Daire
Brasão de Castro Daire Bandeira de Castro Daire
Brasão Bandeira
Localização de Castro Daire
Área 379,04 km2
População 15 339 hab. (2011[1])
Densidade populacional 40,47 hab./km2
N.º de freguesias 16
Presidente da
Câmara Municipal
Fernando Carneiro (PS)
Fundação do município
(ou foral)
anterior a 1185
Região (NUTS II) Norte
Sub-região (NUTS III) Dão-Lafões
Distrito Viseu
Antiga província Beira Alta
Orago São Pedro
Feriado municipal 29 de Junho
Código postal 3600
Sítio oficial http://www.cm-castrodaire.pt/
Municípios de Portugal Flag of Portugal.svg

Castro Daire (antigamente, também se verificava a grafia Castro D'Aire) é uma vila portuguesa no distrito de Viseu, região Centro e sub-região do Dão-Lafões, com cerca de 4 600 habitantes.

É sede de um município com 379,04 km² de área e 15 339 habitantes (2011) [1], subdividido em 16 freguesias. O município é limitado a norte pelos municípios de Cinfães, Resende, Lamego e Tarouca, a leste por Vila Nova de Paiva, a sul por Viseu, a sudoeste por São Pedro do Sul e a oeste por Arouca.

Economia[editar | editar código-fonte]

O município é, economicamente, pouco desenvolvido, com fraco poder de compra (apenas 45,5% da média nacional) e tecido empresarial débil, baixo nível de escolaridade, quer dos patrões, quer dos trabalhadores, com elevado nível de informalidade nos negócios.

Este quadro é explicado pela crescente desertificação da região, envelhecimento da população e uma certa acomodação dos empresários locais às condições, fruto da baixa escolaridade e dificuldade de acesso a meios técnicos, humanos e financeiros.

Destaca-se ainda um grande sector primário (21,8% da população activa em 2001), fruto da prevalência da agricultura de sobrevivência praticada pela população mais idosa. No sector secundário, destaque para a industria da madeira e mobiliário (concentrada sobretudo na freguesia de Castro Daire), das extracção de rochas ornamentais, sobretudo granito (concentrado na aldeia de Lamas da Freguesia de Mões) e de padarias (estas espalhadas por todo o território do concelho). Estas indústrias são de pequenas dimensões, com um nível tecnológico baixo, viradas mais para a exploração de recursos naturais e venda para as regiões litorais ou exterior e de natureza familiar(cuja gestão está centrada no seu fundador, dependendo muito das suas capacidades de gestão). Nos serviços, destaque para o setor público e social (principal empregador da população jovem), pequeno comércio (a destacar o Intermarché e a restauração), estúdios de fotografia, reparação de electrodomésticos, oficinas e stands de automóveis, turismo (de referir as Termas do Carvalhal, o Hotel do Montemuro] e a Casa de Turismo de Fareja) e a construção cívil (provavelmente o maior empregador).

De referir que o desemprego é elevado (muito próximo dos 10%), que afecta sobretudo a população feminina e que leva a uma baixa taxa de actividade (próxima de 35%). Face a este quadro, a produtividade é baixa e, consequentemente, os rendimentos são, em média, baixos.

Nos últimos anos foi instalado um parque industrial na Ouvida, com um relativo desenvolvimento, mas muito dependente dos subsídios do Estado e da União Europeia. Há também a intenção de apostar no turismo.

Educação[editar | editar código-fonte]

O ensino em Castro Daire é dominado pelo Agrupamento de Escolas de Castro Daire, com sede na antiga Escola Secundária de Castro Daire. Este tem três pólos principais, a escola sede, a antiga escola básica 2 e 3 de Castro Daire, que continua a destinar-se ao ensino destes ciclos, e a escola 1,2 e 3 de Mões, que continua também a leccionar estes ciclos. Existem ainda bastantes escolas do ensino básico que fazem parte deste agrupamento. Para além deste sistema escolar existe ainda uma escola profissional, a Escola Profissional Mariana Seixas, destinada a alunos do secundário que pretendem aprender uma profissão.

Não possui instituições de ensino superior e tem grande tradição de migração de estudantes deste tipo de ensino para Coimbra.

Cultura[editar | editar código-fonte]

O Centro Municipal de Cultura de Castro Daire é composto por dois módulos, Biblioteca Municipal e Auditório Municipal, foi inaugurado no dia 2 de Setembro de 2001, pelo Secretário de Estado da Administração Local e constitui um centro de dinamização do concelho. A Biblioteca Municipal tem como objectivo proporcionar a todos os Castrenses o acesso à Cultura, ao Desporto e ao Lazer[2]. No Auditório Municipal é possível assistir com alguma regularidade a concertos, teatro, palestras, etc.

O Museu Municipal tem para mostrar peças relacionadas com a etnografia (como o ciclo do linho, alfaias agrícolas, cestaria) e outras exposições mais esporádicas[3]. Para além do Museu Municipal, existe ainda a Casa-Museu Maria da Fontinha.

Em setembro de 2014 a Câmara municipal assinou um acordo de Geminação com a localidade Suíça de Zermatt

Geografia[editar | editar código-fonte]

O município de Castro Daire apresenta uma feição planáltica generalizada, contudo interpõe-se o sulco correspondente ao vale do rio Paiva e seus afluentes e eleva-se o bloco da Serra de Montemuro. Na parte mais alta desta serra abundam os afloramentos graníticos.

População[editar | editar código-fonte]

Número de habitantes [4]
1864 1878 1890 1900 1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011
19 138 20 128 19 931 21 274 23 278 21 990 24 076 24 788 26 656 25 031 21 505 20 411 18 156 16 990 15 339

(Obs.: Número de habitantes "residentes", ou seja, que tinham a residência oficial neste concelho à data em que os censos se realizaram.)

(Obs: De 1900 a 1950 os dados referem-se à população "de facto", ou seja, que estava presente no concelho à data em que os censos se realizaram. Daí que se registem algumas diferenças relativamente à designada população residente)

Número de habitantes por Grupo Etário [5]
1900 1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011
0-14 Anos 7 057 7 884 7 384 7 626 8 706 8 654 8 402 6 365 5 483 3 826 2 717 2 031
15-24 Anos 3 496 3 845 4 024 4 134 4 034 4 533 3 803 3 315 3 250 2 636 2 407 1 634
25-64 Anos 8 929 9 132 8 924 9 473 9 879 10 972 10 561 9 155 8 432 8 039 7 929 7 508
= ou > 65 Anos 1 267 1 524 1 463 1 534 1 878 2 071 2 265 2 670 3 246 3 655 3 937 4 166
> Id. desconh 78 24 54 433 48

Freguesias[editar | editar código-fonte]

Freguesias do concelho de Castro Daire.

As freguesias do concelho de Castro Daire são as seguintes:

Aldeias e outros lugares do Concelho[editar | editar código-fonte]

Vilas no Concelho[editar | editar código-fonte]

Filhos ilustres[editar | editar código-fonte]

Isaac Aboab da Fonseca - o primeiro rabino das Américas.

Licá - jogador de futebol. Actualmente representa o Vitória Sport Clube.

Património[editar | editar código-fonte]

Igreja matriz de Castro Daire

Gastronomia[editar | editar código-fonte]

Pontos turísticos[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia de Portugal é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Castro Daire