Cerqueira César

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Cerqueira César (desambiguação).
Cerqueira César
  Município do Brasil  
Cerqueira César 090711 REFON 48.JPG
Símbolos
Bandeira de Cerqueira César
Bandeira
Brasão de armas de Cerqueira César
Brasão de armas
Hino
Gentílico cerqueirense
Localização
Localização de Cerqueira César em São Paulo
Localização de Cerqueira César em São Paulo
Mapa de Cerqueira César
Coordenadas 23° 02' 09" S 49° 09' 57" O
País Brasil
Unidade federativa São Paulo
Região intermediária[1] Sorocaba
Região imediata[1] Avaré
Municípios limítrofes Avaré, Águas de Santa Bárbara, Arandu, Iaras, Manduri, Piraju e Itaí
Distância até a capital 293 km
História
Fundação 10 de outubro de 1917 (103 anos)
Aniversário 10 de outubro
Administração
Prefeito(a) Diego Augusto Berti Cinto (MDB, 2021 – 2024)
Características geográficas
Área total [2] 511,621 km²
População total (IBGE/2020[3]) 20 191 hab.
Densidade 39,5 hab./km²
Clima Tropical de altitude (Cfb)
Altitude 737 m
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
Indicadores
IDH (IBGE/2010 [4]) 0,729 alto
PIB (IBGE/2017[5]) R$ 753 006 mil
PIB per capita (IBGE/2018[6]) R$ 30 605,21
Sítio https://www.cerqueiracesar.sp.gov.br (Prefeitura)

Cerqueira César é um município brasileiro do estado de São Paulo. Localiza-se na Microrregião de Avaré e também na Região de Governo de Avaré, estando a uma altitude de 737 metros. Sua população estimada em 2020 era de 20 191 habitantes.

História[editar | editar código-fonte]

O município leva o slogan de "A cidade que faz amigos".

Nas terras doadas por José Joaquim Esteves e Porfírio Dias Batista, a Estrada de Ferro Sorocabana construiu, em 1898, uma estação que constituía, naquela época, o ponto terminal de sua rede. O estacionamento dos trilhos da ferrovia por mais de seis anos nessa localidade, favoreceu a fixação de sertanistas e forasteiros, às margens da estrada, concorrendo para a formação do povoado. Nessa época, Joaquim Esteves construiu a primeira hospedaria, encarregando Juvenal Gomes Coimbra de sua direção. Junto ao Estabelecimento delineou-se acentuada povoação, justificando a criação de um distrito policial. Era um distrito de Avaré com o nome de Três Ranchos e, posteriormente, foi elevado a Distrito de Paz, em 1899, com o nome de Cerqueira César, em homenagem ao Presidente do Estado de São Paulo, na gestão (1891 - 1892), José Alves de Cerqueira César (1835 - 1911). O nome foi mantido quando passou a Município, em 1917.[7]

O município de Cerqueira César, no interior de São Paulo foi um dos primeiros a ser dedicado à Santa Teresinha do Menino Jesus, no mundo. Pois instantes após sua canonização pelo Papa Pio XI, em 1925, o então Arcebispo da Cúria de Botucatu elevou a antiga Paróquia do Sagrada Família à Santa Teresinha do Menino Jesus em devoção à "santinha das rosas".

Em junho de 1988 a antiga Matriz de Santa Teresinha, em Cerqueira César - SP foi implodida pois o templo apresentava rachaduras. O fato ganhou repercussão nacional pois foi a primeira Igreja Católica a ser implodida no mundo. Mais tarde a construção da arrojada Matriz deu lugar ao Santuário de Santa Teresinha do Menino Jesus, pertencente à Arquidiocese de Botucatu. Atualmente o Santuário Arquidiocesano de Santa Teresinha, localizado no município de Cerqueira César, interior paulista, abriga as Relíquias de Santa Teresinha vinda especialmente de Lisieux na França. No ano de 2012 foi inaugurado o momento de Santa Teresinha na rotatória da SP 245, que dá acesso ao município. A estátua da Padroeira de Cerqueira César possui cerca de 9 metros de altura.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Está localizada a 293 km da capital e possui acessos pelas Rodovia Raposo Tavares e Rodovia Castelo Branco. Também conta com um acesso ferroviário vindo da capital, a Linha Tronco da antiga Estrada de Ferro Sorocabana, atualmente voltada ao transporte de cargas da região. [8]

Festa na praça.

Demografia[editar | editar código-fonte]

Dados do Censo - 2020

População Total: 20.191

  • IDH-M Renda: 0,710
  • IDH-M Longevidade: 0,821
  • IDH-M Educação: 0,666

(Fonte: PNUD/IBGE)

Hidrografia[editar | editar código-fonte]

Transporte[editar | editar código-fonte]

  • Empresa Auto Ônibus Manoel Rodrigues
  • Riopardense

Rodovias[editar | editar código-fonte]

Ferrovias[editar | editar código-fonte]

Bairros da zona urbana[editar | editar código-fonte]

  • Centro
  • Chácara Moura Leite I
  • Chácara Moura Leite II
  • Conjunto Habitacional Recanto dos Pássaros
  • Conjunto Habitacional Santos Neves
  • Distrito Industrial
  • Jardim Bela Vista
  • Jardim Três Ranchos
  • Jardim Esmeralda
  • Jardim Primavera I
  • Jardim Primavera II
  • Jardim Primavera III
  • Jardim dos Ipês
  • Jardim Tropical
  • Jardim Santa Inês
  • Jardim São Lucas
  • Jardim São Lucas II
  • Nova Cerqueira
  • Novo Horizonte
  • Parque Nove de Julho
  • Parque Nove de Julho II
  • Vila Almeida
  • Vila Angélica
  • Vila Isabel
  • Vila Manoel Fernandes
  • Vila Nossa Senhora de Fátima
  • Vila Nova

Bairros da zona rural[editar | editar código-fonte]

  • Água da Vareta
  • Água do Virado
  • Água Branca
  • Água das Palmeiras ou Pinhalzinho
  • Água da Fartura
  • Bairro dos Félix
  • Barbosas
  • Barreiro
  • Chumé
  • Jacuba
  • Jacutinga
  • Macuco
  • Macuquinho
  • Macucão
  • Oliveira Coutinho
  • Ponte Preta
  • Pouso Alegre
  • Três Ranchos

Administração[editar | editar código-fonte]


  • "Poder Legislativo"
  • Câmara de Vereadores composta por 11 (onze) vereadores: Celso Bassetto, Emerson Cesar Calixto, Fabio da Silva, Fernando Luiz Bataglini, Jair Godoy, Jean Carlo Bento, Joice Guarino Lopes, Jose Adriani Lopes, Matheus Corrêa Siqueira, William Araújo e Wilmor Ares Ramos Junior.
 *Presidente biênio 2021/2022 : Emerson Cesar Calixto

Educação[editar | editar código-fonte]

Possui 3 escolas municipais sendo, Avelino Pereira, Maria José França Nogueira e Zely Meira Cacciolari e 3 escolas estaduais sendo, José Leite Pinheiro, Mariana Aparecida Todescato (antiga Jardim Primavera), e a Escola Técnica Estadual (ETEC) Prefeito José Esteves, pertencente ao Centro Paula Souza.

Turismo[editar | editar código-fonte]

É um município situado na média Sorocabana, com acesso pelas rodovias Castelo Branco e Raposo Tavares. É um pequeno polo regional englobando os municípios de Águas de Santa Bárbara, Manduri, Óleo e Iaras. Destaca-se pela tranquilidade e suas belezas naturais como a Represa de Jurumirim com suas 12 cascatas como a do Saltinho e cachoeira do Macuco e pela sua excelente água jorrando de fonte natural. Também é muito famosa pelo Santuário Arquidiocesano de Santa Teresinha do Menino Jesus que abriga as Relíquias de Santa Teresinha de Lisieux , vinda da França.

Comunicações[editar | editar código-fonte]

Telefonia[editar | editar código-fonte]

A cidade foi atendida pela Companhia Telefônica Brasileira (CTB) até 1973[10], quando passou a ser atendida pela Telecomunicações de São Paulo (TELESP), que construiu a central telefônica utilizada até os dias atuais. Em 1998 esta empresa foi privatizada e vendida para a Telefônica[11], sendo que em 2012 a empresa adotou a marca Vivo[12] para suas operações de telefonia fixa.

Imprensa[editar | editar código-fonte]

Rádio Estrela FM

Jornal da A Cidade

Jornal Sudoeste Paulista

Estação Ferroviária[editar | editar código-fonte]

A estação de Cerqueira César foi construída e inaugurada em 1896, como ponta da linha tronco, que, na época, completava 421 km. Os relatórios da ferrovia, durante a construção do trecho além de Avaré, citavam o "prolongamento até Três Ranchos", núcleo do futuro município, que recebeu desde a inauguração da estação o seu nome definitivo. Com a situação precária da Sorocabana, que perdurou até cerca de 1905, acabou por ser o ponto final da ferrovia por dez anos, e por isso desenvolveu-se rapidamente. Já em 1918 se tornava município, separando-se de Avaré. Em 1923, foi construído um novo prédio para a estação. Em 15 de janeiro de 1999, passou por ali o último trem de passageiros da antiga linha tronco da Sorocabana, suprimido pela Ferroban, sucessora da Fepasa estatal.{ Em tempos atuais sob administração da Empresa ALL }

Economia[editar | editar código-fonte]

A economia local se baseia na agricultura, suinucultura, pecuária e pequenas/médias indústrias.

Galeria de fotos[editar | editar código-fonte]

Clique na foto para ver o tamanho maior

Referências

  1. a b Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (2017). «Base de dados por municípios das Regiões Geográficas Imediatas e Intermediárias do Brasil». Consultado em 10 de fevereiro de 2018 
  2. «Área Territorial Brasileira - Consulta por Município». Resolução da Presidência do IBGE nº 1 de 15/1/2013. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. 15 de janeiro de 2013. Consultado em 15 de setembro de 2014 
  3. https://cidades.ibge.gov.br/brasil/sp/cerqueira-cesar/panorama. Consultado em 8 de janeiro de 2021  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  4. https://cidades.ibge.gov.br/brasil/sp/cerqueira-cesar/panorama
  5. «Produto Interno Bruto dos Municípios». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Consultado em 8 de janeiro de 2021 
  6. https://cidades.ibge.gov.br/brasil/sp/cerqueira-cesar/panorama
  7. https://cidades.ibge.gov.br/brasil/sp/cerqueira-cesar/historico
  8. «Trens da linha-tronco da Sorocabana -- Trens de passageiros do Brasil». www.estacoesferroviarias.com.br. Consultado em 10 de agosto de 2020 
  9. «Cerqueira César -- Estações Ferroviárias do Estado de São Paulo». www.estacoesferroviarias.com.br. Consultado em 10 de agosto de 2020 
  10. «Relação do patrimônio da CTB incorporado pela Telesp» (PDF). Diário Oficial do Estado de São Paulo 
  11. «Nossa História». Telefônica / VIVO 
  12. GASPARIN, Gabriela (12 de abril de 2012). «Telefônica conclui troca da marca por Vivo». G1 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]