Comité central

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde novembro de 2017). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Comité central (português europeu) ou comitê central (português brasileiro) é o corpo administrativo permanente dos partidos comunistas, análogo a um conselho de administração. É a instância deliberativa máxima de um partido político comunista ou socialista. Em outros partidos, o órgão correspondente costuma ser a executiva nacional.

Esteve presente na quase totalidade dos partidos ao longo do século XX, estivessem ou não em funções governativas, e ainda presente nos poucos partidos sobreviventes. Dentro da estrutura do partido, o comité central era tipicamente composto por delegados eleitos num congresso partidário. Nos estados comunistas onde o partido governava, o comité central era responsável pela elaboração de políticas entre congressos, e frequentemente responsável pela eleição do politburo. Noutros países, o comité central é normalmente definido como o órgão máximo de deliberação entre congressos, legitimado pela noção de centralismo democrático.

Alguns partidos não comunistas possuem também comités centrais, como os partidos Democrata e Republicano estadunidenses, ou até mesmo organizações não políticas como os Alcoólicos Anónimos. Nestas organizações, o comité central age como o corpo deliberativo máximo ao nível nacional.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre política ou um cientista político é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.