Jónatas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados de Jônatas, veja Jônatas (desambiguação).
Jónatas e Davi

Jónatas (português europeu) ou Jônatas (português brasileiro) (em hebraico: יְהוֹנָתָן / יוֹנָתָן) foi um filho do rei Saul e amigo de David. O significado de seu nome é “O que Javé deu” ou “o presente de Deus”. Foi morto em batalha, na qual Saul, seu pai, foi derrotado e se matou.[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Filho mais velho de Saul, sua primeira menção ocorre quando ele tem cerca de trinta anos de idade,[2] no momento da ascensão de Saul ao reinado.[3] Assim como seu pai, ele era um homem de grande força e atividade,[4] e muito hábil com o arco e a funda.[5][6] A amizade entre Jónatas e seu pai foi interrompida pelo crescimento da loucura de Saul,[2] até que, em um acesso de raiva, Jónatas abandona seu pai se une à causa de David.[7] Ele caiu junto de seu pai e dois de seus irmãos, na batalha de Gilboa.[8]

Ele deixou um filho de seis anos de idade, Mefibosete.[7][9] Sua morte foi cantada por Davi, na Canção do Arco.[10] Ele foi enterrado em Jabes-Gileade, porém seus restos foram depois removidos, junto com os de seu pai, para Zela, em Benjamim.[11]

Árvore genealógica[editar | editar código-fonte]

Quis
Obed
Saul
Jessé
Jónatas
Abinadade
Mauquisua
Isbosete
Merabe
Mical
David
Bate-Seba
Mefibosete
Salomão
Mica
Roboão
Pitom
Meleque
Tareá
Acaz
Jeoada
Alemete
Azmavete
Zinri
Moza
Bineá
Rafa
Eleasá
Azael
Eseque
Azricão
Bocru
Ismael
Searias
Obadias
Hanã
Ulão
Jeús
Elifelete

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre a Bíblia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.